segunda-feira, 9 de maio de 2016

RENAN CALHEIROS DESCONHECE ATO DE WALDIR MARANHÃO E DÁ SEGUIMENTO AO GOLPE DO IMPEACHMENT

VAI FATALMENTE ACABAR NO SUPREMO !

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), decidiu e anunciou em plenário que vai desconhecer (ignorar) o ato do presidente da Câmara dos Deputados, Waldir Maranhão (PP-MA), de anular o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff.

RENAN não conseguiu, porém, apresentar nenhum argumento técnico / legal para a sua decisão. 

Contestar a decisão de MARANHÃO no campo político das conveniências em andamento, serve para um CONGRESSO dominado pelas forças GOLPISTAS, que hoje são maioria, mas, é possível que não surta o mesmo efeito no campo jurídico, sob a ótica da legalidade.

O presidente da Câmara, Waldir Maranhão (PP-MA), em pronunciamento na Câmara dos Deputados no início da noite de hoje, respondeu de forma dura ao presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e disse que não está "brincando de fazer democracia". 

"Tenho consciência o quanto este momento é delicado, momento que nós temos o dever de salvarmos a democracia pelo debate. Nós não estamos nem estaremos em momento algum brincando de fazer democracia", declarou.

O deputado disse que sua decisão seguiu o regimento ao aceitar o recurso da Advocacia-Geral da União, anulando as sessões da Câmara, incluindo a da votação da admissibilidade do pedido de impeachment da presidente Dilma.

É grande a possibilidade de que Waldir Maranhão (PP-MA), e o governo entrem com AÇÕES no STF (Supremo Tribunal Federal) para BARRAR o PROSSEGUIMENTO do impeachment no SENADO.

Nenhum comentário:

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS