sábado, 25 de fevereiro de 2017

MERVAL PEREIRA E A DESFAÇATEZ DE UM COLUNISTA



Osmar Serraglio não foi uma má escolha para o ministério da Justiça. O presidente Temer teve que se render ao PMDB e escolheu uma pessoa que não é marcada pela cumplicidade e por isso mesmo não agradou a uma ala do partido. Acho que é uma boa escolha no sentido de que não criará problemas para a Polícia Federal e para a operação Lava-Jato. Já a saída do ministro Eliseu Padilha resolve um problema político dentro do governo. Ele acabou sendo envolvido numa ação de corrupção com o doleiro Lucio Funaro e foi denunciado pelo melhor amigo do presidente Temer. Vai ter que responder pela acusação de ter feito Jose Yunes de “mula”.

POR MERVAL PEREIRA24/02/2017 15:23

NÃO SENHOR MERVAL, a saída de Padilha não resolve o problema do governo, pois o problema desse governo é ser ilegítimo, é ser marcado pela corrupção de FIO a PAVIO, com denúncias gravíssimas de todos os seus integrantes do CHAMADO NÚCLEO DURO, ou cúpula.

O problema do governo se chama MICHEL TEMER, ou o senhor acha que TEMER citado na mesma delação em que PADILHA está enrolado, não tem nada a ver com isso ?

O problema desse governo se chama MARCO MOURA, ROMERO JUCÁ, RENAN CALHEIROS, RODRIGO MAIA, e se chama também sim, OSMAR SERRAGLIO, da tropa de choque de EDUARDO CUNHA, e que tentou sim, obstruir o andamento da LAVA JATO.

Envergonha ver como o senhor é BENEVOLENTE, CONDESCENDENTE com os fatos de "indícios", acusações, delações, relacionados com esse governo GOLPISTA. 

CORRUPÇÃO NO GOVERNO TEMER E PMDB - OPERADORES JORGE E BRUNO LUZ SAEM DAS SOMBRAS E JÁ ESTÃO PRESOS


Interpol prende em Miami Jorge Luz e Bruno Luz, operadores do PMDB
A Interpol prendeu nesta sexta-feira (24), em Miami, na Flórida, os operadores do PMDB Jorge Luz e Bruno Luz. Nesta quinta-feira (23), Jorge e o filho foram incluídos na Difusão Vermelha da Interpol, logo após terem prisão preventiva decretada na 38ª fase da Operação Lava Jato.

Jorge Luz e Bruno Luz são investigados por corrupção, lavagem de dinheiro e evasão de divisas, suspeitos de intermediar propina de forma profissional e reiterada na diretoria Internacional da Petrobras, com atuação também nas diretorias de Serviço e Abastecimento da estatal.

De acordo com a Polícia Federal, senadores do PMDB ainda em exercício são alguns dos beneficiados por propinas que chegam a US$ 40 milhões. De acordo com o procurador da República e integrante da força-tarefa do MPF/PR, Diogo Castor de Mattos, "são pessoas que ainda estão no cargo gozando de foro privilegiado. Senadores, principalmente".

Ainda segundo o procurador Diogo Castor de Mattos, "as prisões foram decretadas para garantia de ordem pública e para assegurar a aplicação da lei penal, tendo em conta a notícia que os investigados se evadiram recentemente para o exterior, possuindo inclusive dupla nacionalidade".

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

CORRUPÇÃO NO GOVERNO TEMER - ELISEU PADILHA - POR ANTONIO CARLOS MAGALHÃES

ELISEU QUADRILHA

ERA ASSIM QUE O FALECIDO SENADOR BAIANO SE REFERIA AO AINDA CHEFE DA CASA CIVIL DO GOVERNO TEMER.

TALVEZ ESSA CIRURGIA DE PRÓSTATA SEJA PROVIDENCIAL. COM TANTOS ESCÂNDALOS, E AGORA POR ÚLTIMO, ACUSADO DE TER TRANSFORMADO EM MULA UM DOS MAIORES AMIGOS DE MICHEL TEMER, PADILHA NÃO TEM MAIS CONDIÇÃO DE CONTINUAR MINISTRO.

VEJA NESSA MATÉRIA DO SITE UOL, EM QUANTAS SITUAÇÕES "DELICADAS" O ELISEU PADILHA ESTÁ ENVOLVIDO.

Da Lava Jato à grilagem: veja as principais polêmicas envolvendo Eliseu Padilha


domingo, 19 de fevereiro de 2017

CITADO EM DELAÇÃO DA ODEBRECHT - MARCOS PEREIRA É O SEXTO MINISTRO DE TEMER NESSA SITUAÇÃO


Marcos Pereira, da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, é o sexto ministro do governo Temer a ser citado nas delações da empreteira

A MATÉRIA É DO PORTAL METRÓPOLES

Depoimentos que integram a delação da Odebrecht na Lava Jato dizem que o ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Pereira, negociou um repasse de R$ 7 milhões do caixa 2 da empreiteira para o PRB na campanha de 2014.

Segundo publicou o Estadão, os recursos teriam sido entregues em dinheiro vivo em troca de apoio do PRB (presidido por Pereira à época) à campanha de reeleição de Dilma Rousseff, que tinha o hoje presidente Michel Temer como vice.

Marcos Pereira é o sexto ministro do governo Temer citado nas delações da Odebrecht. Presidente licenciado do PRB, ele tem participação-chave no partido. O PRB foi fundado por integrantes da Igreja Universal do Reino de Deus após o escândalo do mensalão.

DIREITO DE DEFESA

Em nota oficial, o PRB nega que Marcos Pereira, “ou outra pessoa em seu nome”, tenha recebido da Odebrecht a quantia citada nas delações.

sábado, 18 de fevereiro de 2017

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

ROMERO JUCÁ E MAIS UMA AÇÃO PARA DESTRUIR A OPERAÇÃO LAVA JATO

FALOU EM DESTRUIR INVESTIGAÇÃO CONTRA CORRUPÇÃO, PODE CONTAR COM O APOIO DE RENAN CALHEIROS


SENADOR DO PMDB E LÍDER DO GOVERNO GOLPISTA DE MICHEL TEMER, ROMERO JUCÁ, CONTINUA NA LINHA DE FRENTE DOS QUE TRAMAM O FIM DAS INVESTIGAÇÕES DO ESQUEMA MONSTRUOSO DE DESVIO DE RECURSOS PÚBLICOS NO BRASIL.

ROMERO JUCÁ, QUERIA EMPLACAR EM CARÁTER DE URGÊNCIA UMA EMENDA CONSTITUCIONAL QUE BLINDASSE, POR ORA, OS PRESIDENTES DA CÂMARA DOS DEPUTADOS RODRIGO MAIA/DEM-RJ = O BOTAFOGO - E O SENADOR EUNÍCIO OLIVEIRA/PMDB-CE. 

AMBOS SÃO CITADOS POR DELATORES NA LAVA JATO E TEM O NOME GARANTIDO NO MEIO DOS ESCÂNDALOS DA ROUBALHEIRA, QUANDO O SIGILO DA DELAÇÃO DA ODEBRECHT FOR SUSPENSO.

OU SEJA, NÃO PRENDERAM O SENADOR ROMERO JUCÁ QUANDO ELE DESCARADAMENTE PROPÔS "ESTANCAR ESSA SANGRIA", QUE SIGNIFICA ACABAR COM A LAVA JATO, E ELE CONTINUA SOLTO E TRAMANDO OBSTRUIR À JUSTIÇA.

VERGONHA !

QUEM APOIOU A PROPOSTA DE JUCÁ

Romero Jucá (PMDB-RR)

Eduardo Braga (PMDB-AM)

Aloysio Nunes (PSDB-SP)

Renan Calheiros (PMDB-AL)

Antonio Carlos Valadares (PSB-BA)

Benedito de Lira (PP-AL)

Aécio Neves (PSDB-MG)

Sérgio Petecão (PSD-AC)

Eduardo Amorim (PSDB-SE)

Hélio José (PMDB-DF)

Eduardo Lopes (PRB-RJ)

Garibaldi Alves (PMDB-RN)

Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE)

Cássio Cunha Lima (PSDB-PB)

Flexa Ribeiro (PSDB-PB)

Davi Alcolumbre (DEM-AP)

Maria do Carmo Alves (DEM-SE)

Marta Suplicy (PMDB-SP)

Edison Lobão (PMDB-MA)

Lasier Martins (PSD-RS)

Roberto Rocha (PSB-MA)

Valdir Raupp (PMDB-RO)

Zezé Perrella (PMDB-MG)

Roberto Muniz (PP-BA)

Pedro Chaves (PSC-MS)

Otto Alencar (PSD-BA)

José Aníbal (PSDB-SP)

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

MOREIRA FRANCO E A "FARRA DAS PASSAGENS" - AGU PASSOU A PERNA NO DECANO ANCIÃO DO STF

    O GATO ANGORÁ MINISTRO    

ADVOCACIA GERAL DA UNIÃO OMITIU INFORMAÇÃO QUE MOREIRA FRANCO É SIM INVESTIGADO NO PRÓPRIO STF, PELO CHAMADO "ESCÂNDALO DAS PASSAGENS"


O QUE BEM DEFINE A PRESENTE SITUAÇÃO É O SEGUINTE TRECHO DE MATÉRIA DO SITE UOL QUE O BLOG INDICA

"Moreira Franco, citado 34 vezes na delação de um executivo da Odebrecht, não tinha status de ministro e poderia ser julgado por Sergio Moro, juiz que cuida da operação na primeira instância, considerado mais duro e mais rápido do que o Supremo.

Com a nomeação, julgada legal por Celso de Mello na última terça (14), Moreira Franco só poderá ser investigado pelo Supremo".

A Advocacia-Geral da União omitiu das informações enviadas ao Supremo Tribunal Federal que o ministro Moreira Franco (Secretaria Geral da Presidência) foi denunciado pelo uso indevido de dinheiro público na compra de passagens aéreas quando era deputado.

A acusação sobre as passagens foi apresentada em outubro do ano passado para o próprio Supremo. A corte ainda não decidiu se aceita ou não a denúncia, que acusa Moreira de peculato.

Ele foi um dos 440 deputados acusados pelo caso que ficou conhecido como "a farra das passagens" –entre 2007 e 2009, parlamentares teriam usado irregularmente passagens pagas pela Câmara. Moreira Franco nega as acusações.

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

O RÉU E O CHEFE DE POLÍCIA - RENAN RECEBE ALEXANDRE DE MORAES

VERGONHA É UMA QUALIDADE CADA VEZ MAIS ESCASSA EM BRASÍLIA


ALEXANDRE DE MORAES PROVAVELMENTE VAI VOTAR NO JULGAMENTO DE RENAN CALHEIROS.

Nós já dissemos aqui. Um país que tem Michel Temer como presidente, Renan Calheiros como Senador, pode sim ter Alexandre de Moraes como Ministro do STF. 

Difícil é dizer qual das três citações é a maior das tragédias para a moralidade pública.

Chamado de 'chefete de polícia', Moraes se reúne com Renan por apoio



CELSO DE MELLO LIBERA GATO ANGORÁ PARA FAZER PARTE DO MINISTÉRIO DO GOVERNO DAS RAPOSAS

ALGUÉM AÍ TINHA ALGUMA ESPERANÇA QUE ELE IRIA IMPEDIR ESSA IMORALIDADE ?


CONSEGUIU O FORO PRIVILEGIADO - TÃO CEDO NÃO CORRE O RISCO DE SER PRESO.

Celso de Mello indefere pedidos e mantém Moreira Franco como ministro.


sábado, 11 de fevereiro de 2017

ALEXANDRE DE MORAES E A SABATINA NA CHALANA FLUTUANTE - É PARA A MÁFIA TIRAR O CHAPEU


A IMPRENSA DESCOBRIU E DENUNCIOU UM ENCONTRO DO FUTURO MINISTRO DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL - ALEXANDRE DE MORAES - COM SENADORES QUE VÃO EM BREVE PARTICIPAR DE UMA SEGUNDA E OFICIAL SABATINA NO SENADO, PARA APROVAR SUA INDICAÇÃO.

ESSA PRIMEIRA SABATINA, FORTUITA E ÀS ESCONDIDAS, FOI COMBINADA POR UM ASSESSOR ESPECIAL E INFORMAL DO PRESIDENTE MICHEL TEMER - SANDRO MABEL - E ACONTECEU NA CASA FLUTUANTE - UM BARCO - ANCORADO NO LAGO PARANOÁ DE BRASÍLIA.

COMO SE VÊ NÃO HÁ LIMITES PARA ESSE PESSOAL. ELES COMBINARAM O QUE VÃO PERGUNTAR E O QUE ELE VAI RESPONDER. 

A CRIATIVIDADE DELES PARA TRAMAS, É DE DEIXAR O PESSOAL DA MÁFIA EMBASBACADO.

LEIA AQUI

Alexandre de Moraes passa por sabatina "informal" em barco de senador

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Ministro do STF abre inquérito para investigar Sarney, Jucá e Renan

EMBARAÇO ÀS INVESTIGAÇÕES DA LAVA JATO - É PRECISO BARRAR ESSA...


O ministro Edson Fachin, novo relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, determinou abertura de inquérito para investigar os senadores Romero Jucá (PMDB-RR) e Renan Calheiros (PMDB-AL) e o ex-presidente da República José Sarney (PMDB-AP).

Na segunda-feira (6), o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, havia pedido a abertura de inquérito ao ministro do STF.

Os investigadores apuram se os políticos cometeram crime de embaraço às investigações da Operação Lava Jato.

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

O DEPOIMENTO DE EDUARDO CUNHA AO JUIZ SÉRGIO MORO - EM VÍDEO - AQUI !


EDUARDO CUNHA DISSE QUE TEM UM ANEURISMA CEREBRAL, QUE ESTÁ PRESO NUMA CADEIA ONDE PESSOAS GRITAM POR SOCORRO DURANTE À NOITE SEM QUE SEJAM ATENDIDAS, QUE CORRE RISCO DE VIDA E QUE MICHEL TEMER MENTIU SOBRE QUESTÕES REFERENTES AO ESCÂNDALO DA PETROBRAS.



FONTE: YOUTUBE

Pesquisar este blog