domingo, 17 de abril de 2016

PROCONSULT II - GOLPE DA CONTAGEM DE VOTOS PARA O IMPEACHMENT REPETE A MANOBRA PARA DERROTAR BRIZOLA


SIMPLES MEUS CAROS LEITORES...O PIG arma um PAINEL de VOTAÇÃO e sai "CONTANDO" como VOTOS favoráveis ao IMPEACHMENT quantos eles querem, buscando ASSIM INDUZIR o tal "EFEITO MANADA" e gerar um FATO CONSUMADO.

DITO POR ELES (OS PIGUENTOS) que a eleição está decidida, os contrários ao IMPEACHMENT se desmobilizam e os indecisos aderem ao VOTO que pensam ser MAJORITÁRIOS. 


REPETE-SE AGORA, de forma SEMELHANTE, o GOLPE DA ELEIÇÃO NA DISPUTA ENTRE BRIZOLA E MOREIRA FRANCO, o mesmo MOREIRA FRANCO que hoje é um dos BRAÇOS FORTES DO GOLPE ao lado do TRAIDOR E OPORTUNISTA MICHEL TEMER, e com a sempre PRESENTE GOLPISTA ORGANIZAÇÕES GLOBO.


A DIFERENÇA, PARA O GOLPE DO PROCONSULT DE 1982, é que ali tratava-se de dar a ELEIÇÃO como GANHA PARA MOREIRA FRANCO, manipulando votos brancos e nulos que eram computados para ele. 

HOJE DÃO A VOTAÇÃO COMO GANHA PARA O SIM AO IMPEACHMENT, MAS...NÃO PASSARÁ.

Para desmontar a CREDIBILIDADE do PLACAR de FOLHA, ESTADÃO E GLOBO, basta verificar as diferenças entre eles. A demora em contabilizar quem diz que vota NÃO, e até erros grosseiros de MATEMÁTICA. 

É LAMENTÁVEL CONSTATAR QUE UMA VEZ GOLPISTAS, SEMPRE GOLPISTAS.


Caso Proconsult

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Caso Proconsult foi uma tentativa de fraude nas eleições de 1982 para impossibilitar a vitória de Leonel Brizola, candidato do Partido Democrático Trabalhista (PDT), ao governo do Rio de Janeiro. Consistia em um sistema informatizado de apuração dos votos, feito pela empresa Proconsult, associada a antigos colaboradores do regime militar. A mecânica da fraude consistia em transferir votos nulos ou em branco para que fossem contabilizados para Moreira Franco, candidato do PDS (antigo ARENA). As regras da eleição de 1982, quando se votou para governador, senador, deputado federal, deputado estadual, prefeito e vereador impunham que todos os votos fossem em um mesmo partido. Portanto, estimava-se um alto índice de votos nulos. Os indícios de que os resultados seriam fraudados surgiram da apuração paralela contratada pelo PDT à empresa Sysin Sistemas e Serviços de Informática que divergiam completamente do resultado oficial. Outra fonte que obtinha resultados diferentes dos oficiais foi a Rádio Jornal do BrasilRoberto Marinho foi acusado de participar no caso.
A fraude foi extensamente denunciada pelo Jornal do Brasil (principal concorrente de O Globo da família Marinho no Rio) e relatada posteriormente por Paulo Henrique Amorim,Maria Helena Passos[1] [2] . e Eliakim Araújo. Devido à participação de Marinho no caso, a tentativa de fraude é analisada no documentário britânico Beyond Citizen Kane de1993. A Rede Globo por sua vez, defende-se que nunca havia contratado a Proconsult e que se baseava a totalização do votos daquela eleição na totalização própria que o Jornal O Globo estava fazendo.[3]
16/04/16 17:59
Fuso horário de Brasília

Nenhum comentário:

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS