segunda-feira, 10 de março de 2014

EDUARDO CAMPOS - A CARA DA TRAIÇÃO E DO OPORTUNISMO

O BRASIL NÃO AGUENTA É UM MINUTO DE QUEM SE COMPORTA ASSIM


O governador de Pernambuco, Eduardo Campos - PSB - mal nas pesquisas de intenção de voto, e segundo a coluna de Elio Gaspari, desconhecido até por grande parte da população de nordestinos radicada na região SUDESTE, parou de se fingir de bom moço, deixou de lado as facadas pelas costas e assumiu a conduta de quem, mal agradecido e falso, comeu durante sete anos no prato do governo Lula e Dilma, para agora nele cuspir.

Caiu a máscara e atacou pela primeira vez de forma direta a presidente Dilma. Bom que isso tenha acontecido, pois agora vai receber de forma também direta a resposta que já fez por merecer faz tempo.

Campos diz que Brasil "não aguenta" mais quatro anos de Dilma
DANIEL CARVALHO

Virtual candidato à Presidência da República, o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), fez neste final de semana os ataques mais duros a Dilma Rousseff desde que apresentou sua intenção de disputar o governo federal.

Se antes as críticas eram genéricas e impessoais, desta vez, o presidenciável citou nominalmente a presidente, dizendo que o Brasil "não aguenta" mais quatro anos com a petista à frente do Palácio do Planalto e que Dilma "não sabe de nada".

As declarações foram dadas durante maratona de viagens pelo interior de Pernambuco para apresentar seus candidatos em Pernambuco.

8 comentários:

LRM disse...

Eduardo Campos realmente não vale um tostão furado, mesmo assim não disse nenhuma mentira. O Brasil não aguenta nem 4 meses com Dilma, o que dirá nos 4 anos.

José Antônio disse...

Notícia publicada pelo 'O Globo':

No ano dos protestos, número de filiações a partidos despencou

Eta, Bond, que notícia ruim, não?

Só que não!!!!

Lá dentro, escondido, bem escondidinho, vem os detalhes:

"Entre os cinco maiores partidos, PMDB e PSDB foram os que tiveram o pior desempenho no ano passado. Ambos não registraram novos militantes. Pelo contrário, perderam filiados. O exército tucano registrou cerca de 4 mil baixas, e o do PMDB, 1,3 mil."

Ah... a cereja do bolo ficou mais escondida ainda... tem que procurar bastante até achar...

Um picolé de maracujá para quem descobrir...

O que será que está faltando?

Alguém tem alguma ideia?

Desfazendo o mistério... se procurarem com cuidado vão encontrar:

"O PT foi o único nesse grupo a ter incremento de filiados acima da média nacional nos últimos anos, com 37 mil novos militantes."

Para concluir vem a pérola:

"Para o professor Rennó, isso tem uma explicação:

— Os partidos que estão no governo sempre acabam atraindo mais filiados e simpatizantes do que as legendas de oposição.
"

kkkkkkkkkkkkkkkkkk

Ora, o PT desde a sua fundação, portanto, desde que era oposição, sempre teve maior taxa de adesão de filiados do que os demais partidos.

Se, quando estão na oposição, eles não atraem eleitores, este, decididamente, nunca foi o caso do PT.

http://oglobo.globo.com/pais/no-ano-dos-protestos-numero-de-filiacoes-partidos-despencou-11828231

José Antônio disse...


Bond, o PP (Partido Popular da Espanha), de direita, atualmente no governo, conseguiu uma de suas maiores vitórias.

Segundo editorial do jornal espanhol. 'El País', "crises orçamentárias ameaçam a qualidade da educação e a produtividade espanholas".

Vejam o editorial:

Crisis en la Universidad

http://elpais.com/elpais/2014/03/09/opinion/1394392710_718563.html

Sem dúvida, para um partido de direita, destruir o sistema de ensino superior de um país é considerado uma grande vitória de princípios.

Veja, por exemplo, como os tucanos se orgulham de quase terem posto a pique nossas Universidades Federais.

Já, quem pensa de maneira diferente, procura dar o seu voto aos partidos que valorizam a educação, em particular a educação superior.

Por isso, inúmeras Universidades Federais foram criadas nos governos Lula/Dilma e nenhum nos governos de FHC. Nesses últimos a crise das Universidades Federais era bastante semelhante à atual nas Universidades espanholas. Sequer havia dinheiro para pagar s contas de energia elétrica e telefone. Isso, na maior Universidade Federal do Brasil, a do Rio de Janeiro.

Imagine o que deveria estar ocorrendo nas outras...



José Antônio disse...

Bond,

A fuga de cérebros é um problema que está ficando bastante grave.

Veja só, a quantidade de diplomados que partiram para o exterior em 2010:

(Em ordem decrescente, conforme o país de origem)

Do Reino Unido: 4,69 milhões
Da Alemanha: 4,28 milhões
Da Itália: 3,62 milhões
Da França: 1,84 milhões.

http://www.lemonde.fr/economie/article/2014/03/10/de-plus-en-plus-de-jeunes-quittent-la-france_4380276_3234.html

Evidentemente todos estes jovens diplomados que abandonaram seus países de origem tornam a recuperação econômica desses países cada vez mais difícil.

Na época de FHC, nós também exportávamos nossa juventude. Lembra? Nem todos eram tinham curso superior. Mas mesmo assim, era o que de melhor nós tínhamos e nós os perdíamos.

Felizmente, não o fazemos mais. Melhor, ainda, a maioria dos que partiram já voltaram. Melhor ainda, estamos recebendo "cérebros' do exterior que não nos custaram nada para formá-los.

Um país de futuro é um país que zela pelos seus jovens.

leonardo-pe disse...

quem é mais traira:o povo de Recife-Pernambuco ou a imprensa local? eu estou mais para a segunda opção embora o povo deste estado esteja se comportando como o Dudu!

Anônimo disse...

O Cavalheiro José Antônio parece não ser capaz de lembrar que a Espanha, junto com Portugal e Grécia, tiveram governos socialistas antes de explodir a crise.

São os que mais estão sofrendo.

José Antônio disse...

Curioso... o anônimo, Professor Altair, parece não ter percebido que na lista dos países que estão perdendo os seus "cérebros" não aparecem nem a Espanha nem a Grécia.

O Professor Altair, apesar de estar em um país que, pela primeira vez, começa a valorizar os seus jovens e já não sofre mais dessa doença que é a perda de "cérebros", parece estar perdendo o seu.

Muito cuidado Professor Altair. Isso mata.

Tome uns chazinhos, faça uns exercícios físicos, faça palavras cruzadas, leia um bom livro, estude bastante... Tudo isso ajuda a estimular a atividade cerebral e o ajuda a encontrar melhores argumentos para debater.

LRM disse...

Quando o Brasil voltar a ganhar seus "cérebros" o PT sai do poder. Por enquanto somos uma maioria de acéfalos que vota pelo bolsa-esmola.

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS