quarta-feira, 9 de outubro de 2013

IPCA EM QUEDA - INFLAÇÃO SÓ DE PESSIMISTAS

ESPECIALISTAS E ECONOMISTAS DE AQUÁRIO PERTO DE MAIS UM ERRO CLAMOROSO


Eles passaram o ano todo dizendo que a INFLAÇÃO ia EXPLODIR, que o TETO da META seria estourado, que o governo havia perdido o controle sobre os preços. Pelo visto, erraram mais uma vez. O IPCA de setembro veio na faixa de 0,35, superior ao de agosto, mas, bem inferior ao de setembro do ano passado.

No acumulado do ano o IPCA está em 3,79% e faltando apenas três meses, mesmo que os próximos índices mensais oscilem na faixa de 0,60, o que é pouco provável, a inflação de 2013 deve na casa dos 5, 6%, algo em torno de apenas 1 p/p acima do centro da meta que é de 4,5%.

Das duas uma ? Não ! Das duas, as duas. Nossos "especialistas", os analistas de mercado, os jornalistas / economistas de aquário são, além de muito incompetentes, verdadeiros serviçais da BANCA DE AGIOTAGEM, que fomenta um suposto caos da economia, para FORÇAR aumento de juros e tentar impor as políticas recessivas que tanto lhes agrada.

AGIOTAS vivem de JUROS ESCORCHANTES e boa parte de nossa MÍDIA, vive de MENTIRAS E MANIPULAÇÃO DA INFORMAÇÃO.

IPCA fecha setembro em 0,35%
09/10/2013 - Economia - Vinícius Lisboa - Repórter da Agência Brasil

Rio de Janeiro - O Índice de Preços ao Consumidor Amplo fechou o mês de setembro em 0,35%, divulgou hoje (9) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O valor é maior do que o de agosto em 0,11 ponto percentual. Em setembro do ano passado, o IPCA chegou a 0,57%. 

O resultado de setembro de 2013 contribui para o acúmulo de 3,79% nos nove primeiros meses do ano. Em doze meses, a inflação acumulada é 5,86%, dentro da meta do governo. O acumulado nos doze meses encerrados em setembro ficou abaixo do período encerrado em agosto, quando foi somado um IPCA de 6,09%. 

O grupo transporte, de agosto para setembro, teve a alta mais expressiva, passando de -0,06% para 0,44%, com destaque para as passagens aéreas que registraram aumento de 16,09%. 

O grupo alimentação e bebidas também teve variação positiva de 0,01% para 0,14%. Os alimentos de consumo em domicílio contribuíram para alta com uma desaceleração da queda que apresentaram em agosto, passando de -0,34% para -0,03%. O pão francês se destacou pela alta de 3,37%, e o feijão carioca, pela queda de 13,95%. 

Brasília foi a região metropolitana com maior inflação em setembro (0,70%), e Salvador, com 0,03%, teve a menor. Em São Paulo, a inflação de setembro acelerou 0,1 ponto percentual, de 0,26% para 0,36%, e, no Rio de Janeiro, passou de 0,19% para 0,40%. 

Edição: Talita Cavalcante 
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir a matéria, é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil

3 comentários:

H.Pires disse...

O VERDADEIRO CUSTO BRASIL!

É o quanto nos custa a manutenção DESSES PARASITAS três Marinhos e empregados capachos(NÓS PAGAMOS OS SALÁRIOS DESSES CRETINOS), MENTINDO, SONEGANDO E SUGANDO(parasitas vampiros) os recursos que são, por DIREITO, de toda sociedade.

Esse CUSTO PARASITÁRIO MIDIÁTICO DO BRASIL, já foi muito além da conta. Suas mentiras deslavadas, nos levaram a verdadeiras hecatombes sociais de misérias, desalentos, suicídios, fome e desemprego. As "famosas" lojinhas de quinquilharias de 1,99, do ex-FHC.
Dona Claudia Costim afirmando, na Globo(sempre ela), que o emprego "formal" e duradouro no Brasil, havia acabado.
Dona Globo e toda direita: TUDO O QUE VOCES FIZERAM E FAZEM JAMAIS SERÁ ESQUECIDO. AMANHÃ HÁ DE SER OUTRO DIA. A CONTA IRÁ CHEGAR!

P.S.: SENHORES DEPUTADOS - CADÊ A REGULAMENTAÇÃO DO DIREITO DE RESPOSTA?
É CLAUSULA PÉTREA DA CONSTITUIÇÃO, Art. 5o.

H.P. disse...

MANIPULAÇÃO DA VIOLÊNCIA(das massas despolitizadas) EM PROVEITO PRÓPRIO.

Filme: QUEIMADA

"...Existem filmes que ficam famosos muito mais por terem sido proibidos do que propriamente por suas qualidades artísticas. É o caso de Queimada, de Gillo Pintecorvo, produção ítalo-francesa de 1969. Por causa de sua temática política para a esquerda, o filme ficou vários anos proibido no Brasil, graças aos desmandos – com o perdão do pleonasmo – de uma ditadura burra. Se é que alguma ditadura pode não ser burra.

A ação acontece numa das ilhas do Caribe, no século 19, onde Sir William Walker (Marlon Brando, num de seus últimos papéis “magros” da sua carreira”) é uma espécie de “agente provocador” contratado pelos britânicos para desestabilizar o governo português do lugar. Ele se torna o principal responsável pelos conflitos entre os agricultores. Dando ao título do filme um duplo sentido.

Não interessava ao governo militar brasileiro da época mostrar ao público como funcionava este tipo de manipulação política internacional, de forma que Queimada foi banido do nosso circuito...".(Celso Sabadin)

José Antônio disse...

Caro Bond,

A inflação não é apenas de pessimistas.

É também uma inflação de sangue-sugas acostumados a extrair o sangue dos brasileiros, até a última gota, desde que Cabral, o navegador português, aportou por aqui.

Boa lembrança, no comentário, acima, do filme "Queimada". Um dos dois filmes do Gillo Pontecorvo que constituem verdadeiras aulas de história.

O outro filme importante do diretor foi "A Batalha de Argel", sobre a guerra de libertação da Argélia, então colônia francesa.


EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS