sexta-feira, 25 de outubro de 2013

INSTITUTO ROYAL TEM ALVARÁ DE FUNCIONAMENTO SUSPENSO - DEPUTADOS FIZERAM VISTORIA NO LOCAL


A Prefeitura de São Roque, cidade que fica distante 60 Km de São Paulo, resolveu suspender o ALVARÁ de funcionamento do Instituto Royal. A decisão foi tomada após uma visita de Deputados Federais ao local.

A prefeitura não informou ainda em que se baseou para tomar a decisão, e o Instituto Royal, divulgou nota através de um de seus diretores, declarando que estava surpreso com o fato.

A Polícia de São Paulo investiga a invasão do Instituto por manifestantes / defensores de animais, que acusam o Instituto Royal de maltratar os animais utilizados em pesquisas.

2 comentários:

José Antônio disse...


Bond,

Mais uma fotografia feita clandestinamente da última reunião realizada pelo Instituto Milleniun:

http://graphics8.nytimes.com/images/2013/10/26/science/26pet_span/26pet_span-articleLarge.jpg

É possível reconhecer na foto algumas figuras ilustres de nosso jornalismo pátrio.


H.P. disse...

A LUTA É DURA. ACABEMOS COM O SANGUE, DOS ANIMAIS, DESSA DITADURA.

NÃO SE ENGANEM. NOSSA PACIÊNCIA É FENOMENAL E MUITO MAIS DURA.
...................................

SEXTA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2013
TRIBUNAL DE GENEBRA CONDENA PORTUGAL, ESPANHA E FRANÇA POR MAUS-TRATOS A TOUROS

A notícia é fantástica, tem barbas brancas, mas podemos “cortá-las” e o assunto fica muito actual

O que se fez de então para cá? NADA.

Mas… não é uma VERGONHA?

Só que esta gente não tem nem HONRA nem VERGONHA NA CARA.

Então, comecemos tudo outra vez, agora com outros protagonistas.
..........................

Sampaio e Barroso acusados de maus-tratos a touros
por
ISALTINA PADRÃO, em Genebra, 24 Junho 2008

Genebra. Tribunal dos Direitos dos Animais condena ainda Espanha e França

Pedida realização urgente de um referendo sobre as touradas

Acusados. Este foi o veredicto final dado ontem a Jorge Sampaio e a Durão Barroso (na altura Presidente da República e primeiro-ministro) por terem permitido atentados contra os direitos dos animais, nomeadamente dos touros de touradas. A par destes políticos, o Tribunal Internacional dos Direitos dos Animais, em Genebra (Suíça) - um órgão informal cujas penas são meramente simbólicas mas que têm força de lobby -, 'condenou' também o primeiro-ministro espanhol, José Luis Zapatero, bem como o presidente e o primeiro-ministro franceses, Nicolas Sarkozy e François Fillon.

Ao fim de quatro horas de audiência, o júri, presidido por Franz Weber - dono da fundação com o mesmo nome e promotora desta acção simbólica -, decidiu ainda solicitar ao Parlamento Europeu a organização urgente de um referendo que permita que "a maioria das pessoas anti-corrida possa exprimir-se".

Entre as punições virtuais - os arguidos eram acusados de cometer cerca de 60 crimes contra os animais - o tribunal apelou ainda ao Papa Bento XVI “para dar força à bula De Salute Gregi Diminici du Pape Pie V, ainda em vigor e que condena, sem apelo, a tauromaquia”. Ao Papa foram ainda pedidas directivas claras para os espectáculos "sangrentos e odiosos, que são as corridas, e devem ser condenados".

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS