quarta-feira, 6 de maio de 2015

GOVERNO BETO RICHA SANGRA MAIS QUE PROFESSORES ESPANCADOS !

PRIMEIRO ESCALÃO DE GOVERNO DE QUINTA CATEGORIA É UM FUDÚNCIO GENERALIZADO 


SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO PAGA O PATO DA SURRA NOS PROFESSORES E ACABA DEMITIDO. FERNANDO FRANCISCHINI RESPONSABILIZA A POLÍCIA MILITAR PELA "TERRÍVEL OPERAÇÃO". COMANDANTE DA PM E SEUS OFICIAIS REAGEM, E AFIRMAM QUE FOI FRANCISCHINI QUEM COMANDOU PESSOALMENTE O MASSACRE, E MESMO ADVERTIDO SOBRE O QUE ESTAVA ACONTECENDO ORDENOU A CONTINUIDADE DO "BOMBARDEIO".

E O AÉCIO NEVES DIZ QUE O BETO RICHA É O MAIS PREPARADO !!!

RESUMO DE MATÉRIA DA FOLHA.COM

Comandante da PM ataca secretário e amplia crise no governo Richa

Passada uma semana após a ação policial que deixou quase 200 feridos durante uma manifestação contra o governo do Paraná, a gestão de Beto Richa (PSDB) enfrenta uma crise aberta no primeiro escalão.

Na manhã desta quarta-feira (6), caiu o secretário da Educação, Fernando Xavier Ferreira, que lidava diretamente com os professores em greve, líderes da manifestação da semana passada.

Horas depois, veio a público uma carta do comandante-geral da PM, coronel Cesar Vinicius Kogut, em que repudia as declarações do secretário de Segurança, Fernando Francischini, a quem é subordinado –e que atribuiu a responsabilidade pela "terrível" operação à PM. A carta é endossada por outros oficiais da PM do Paraná e foi enviada ao governador na terça-feira (5).

Kogut era dado como nome certo a cair, especialmente após as declarações de Francischini. A cabeça do secretário, no entanto, também é cobrada por manifestantes e parte dos aliados de Richa. O governador ainda não se posicionou a respeito.

"Não se pode admitir que seja atribuída a tão nobre corporação a pecha de irresponsável ou leviana", escreveu Kogut, na carta, divulgada nesta quarta (6). O coronel disse que Francischini "foi alertado inúmeras vezes" sobre a possibilidade de pessoas se ferirem na ação policial, e atribuiu a ele o comando da operação.

"Todas as ações foram tomadas segundo o plano de operações [...] aprovado pelo escalão superior da Secretaria de Segurança Pública, tendo inclusive o senhor secretário participado de diversas fases do planejamento", afirmou o coronel.

Em uma nota divulgada internamente aos oficiais na terça (5), à qual a Folhateve acesso, Kogut diz que Francischini chegou a dar "ordens diretas quanto ao desdobramento e à aplicação de tropa" na operação.

Nenhum comentário:

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

PSDB - UM PARTIDO DE COVARDES E CONIVENTES COM A PREVARICAÇÃO

NÃO SÓ DE CORRUPTOS E ACUSADOS DE CORRUPÇÃO, MUITO MAIS DO QUE ISSO, O PSDB É UM PARTIDO DE POLÍTICOS COVARDES, OPORTUNISTAS (MURISTAS...