segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

O GLOBO ADMITE QUE PUBLICOU NOTÍCIA FALSA SOBRE PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA.

NÃO FOI O "PLANALTO" QUEM ALTEROU VERBETE ATACANDO OS MUÇULMANOS NA WIKIPÉDIA.


EM NOTINHA DE CANTINHO DE PÁGINA, JORNAL ADMITE QUE IP DO COMPUTADOR DE ONDE PARTIRAM ALTERAÇÕES NA WIKIPÉDIA SOBRE O "VERBETE" - "MUÇULMANOS", NÃO É MESMO DO GOVERNO FEDERAL.

PARA ACUSAR FALSAMENTE FAZEM ESTARDALHAÇO, PARA REPARAR O ERRO DISPONIBILIZAM NOTINHA. NA EDIÇÃO ON LINE DO JORNAL, SÓ SE ENCONTRA A VERDADE SE PESQUISAR SOBRE O ASSUNTO. ISSO É O GLOBO.

AOS FATOS

O Palácio do Planalto negou que a alteração de um "verbete" na Wikipédia tenha tido origem em um computador da Presidência da República. Segundo denúncia do perfil / twitter - @BrWikiEdits, um "IP" apontado como sendo do Planalto, teria alterado parte do artigo "Muçulmanos" na enciclopédia, introduzindo críticas aos seguidores da religião. 

A informação foi divulgada ontem na edição ON LINE do GLOBO, publicada na edição de Sábado (14/02) e sustentada na edição de Domingo (15/02), na versão impressa do jornal.

A Secretaria Geral da Presidência da República informa que: "o IP em questão (200.181.15.25) não é da Presidência da República. Este "IP" esteve alocado na Presidência até abril de 2014 quando a Presidência trocou de provedor de acesso à internet. 

Os atuais provedores de acesso à Internet (Telebrás e Serpro) garantem que este "IP" não está entre os "IPs" fornecidos à Presidência e isso pode ser comprovado em visita à página do órgão gestor oficial do range brasileiro de endereçamento, o NICbr, onde consta a operadora Oi (antiga Brasil Telecom) como titular do "IP" em questão. 

Portanto, as informações do jornal O Globo são falsas em função de estarem desatualizadas."

Segundo o jornal em sua edição ON LINE o perfil @brwikiedits reconhece que "pode ter havido um equívoco por parte do @brwikiedits ao apontar como originadas no IP do Planalto, a referida informação".

Lamentável que um Jornal que se diz o maior do país, não tenha o devido cuidado ao publicar matérias, evitando acusações / afirmações falsas, como suposta informação aos seus leitores.

Um comentário:

José Antônio disse...


É Bond.... enganos acontecem.

O diacho é que ocorrem todos os dias do ano (com exceção do dia 30 de fevereiro) e sempre, com tratamento escandaloso, responsabilizando o governo como sendo o responsável por irregularidades.

Quando não tem mais jeito de bancar a notícia falsa, vem a correção, sempre em uma notinha discreta no canto de uma página.

A bandidagem anda solta nas redações dos jornais, Bond.

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS