quarta-feira, 29 de outubro de 2014

SEMEANDO INTRIGAS - A IMPRENSA NÃO FALA PELO PT, LULA OU DILMA


O BLOG aproveita para dar os parabéns ao ex-eterno-presidente do Brasil, pela passagem de seu aniversário, lembrando que ganhou de presente a reeleição de Dilma Rousseff. Nordestino PORRETA esse LULA !

Matéria da Folha/UOL investe na versão de que Lula tentará influir de forma pesada no futuro governo de Dilma Rousseff, já pensando no ano de 2018, quando ele, LULA, pretende(ria) se candidatar pelo PT outra vez, ao cargo de presidente.

O próprio ex-presidente já se declarou disposto apenas a "estar vivo" e com saúde daqui há quatro anos.

A imprensa sempre apostou e pelo visto continua apostando NA INTRIGA entre Lula e Dilma. Não obstante não ter logrado êxito em seu intento, dá mostras de que pretende seguir batendo nessa tecla, mudando do VOLTA LULA em 2014 para 2018, passando por fictícias desavença na sólida amizade entre os dois maiores nomes do PT atualmente.

Peca ainda mais a imprensa, quando desinforma e continua trilhando a linha jornalística da especulação sem amparo nos fatos. 

O PT nunca defendeu CENSURA de imprensa. Pelo contrário, lutou contra isso, e tem uma posição de DEFENDER a DEMOCRATIZAÇÃO da INFORMAÇÃO. Impedir que os MEIOS DE COMUNICAÇÃO sejam MONOPÓLIOS / OLIGOPÓLIOS de algumas poucas famílias, é muito diferente de controlar conteúdo.

Na MATÉRIA - O QUE O PT QUER - grifamos em vermelho uma afirmação inverídica.

As bandeiras que o partido defenderá no novo mandato de Dilma 

1 Ser mais ouvido na definição do novo mandato de Dilma Rousseff e, principalmente, na escolha do novo ministro da Fazenda

2 Decidir sobre pontos essenciais da reforma política – como o financiamento público de campanhas, uma das bandeiras do partido

3 Sigla defende que o governo amplie o diálogo com os movimentos sociais e o setor privado, dos quais teria se afastado

4 Convencer seu maior aliado, o PMDB, a aceitar o revezamento nos comandos da Câmara dos Deputados e do Senado

5 Uma regulação econômica e de conteúdo da mídia. Dilma já sinalizou que é favorável à primeira medida, sem dar detalhes, mas se opõe à proposta de regulação de conteúdo.

*******
Por último, cabe lembrar que, é AZAR da oposição e da imprensa que lhe apoia, que LULA seja "petista", e seja desde já, ainda que não declarado ou mesmo decidido, o candidato do partido à presidência em 2018. Vai ser uma pedreira para Geraldo Alckmin.

Um comentário:

José Antônio disse...

É só comparar como Lula e Dilma se abraçaram afetuosamente, no discurso da Presidenta ao se dirigir à nação após a vitória, com o "abraço" frio e rancoroso que Aécio e José Serra se deram.

Logo após a vitória, a Folha já vinha com esse papo de que Dilma e Lula guardavam distância.

Houve, até quem escreveu, (não me lembro quem) que Lula não teria perdoado Dilma por esta ter "se decidido" a disputar um segundo mandato "sem consultá-lo".

Sandices.

Vão continuar tentando criar intrigas entre Dilma e Lula sem olhar para o que ocorre entre os 4 cardeais tucanos. Cada um querendo comer o fígado do outro.

Alckmin e Serra agora vão se pegar e ambos estão contentíssimos com a derrota de Aécio por terem o caminho livre para disputar a vaga de candidato tucano em 2018.

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS