sexta-feira, 3 de outubro de 2014

QUEM GANHOU O DEBATE NA GLOBO ? VEJA AQUI COMO FOI !



CLIQUE AQUI NOS LINKS


POR BLOCOS



5 comentários:

José Antônio disse...

Formatos de "debates", como este, servem para esclarecer muito pouca coisa do ponto de vista político.

A não ser que alguém dê uma grande derrapada, tal como o Ciro Gomes em 2002, nada muda após um debate-boca como este.

É o "padrão Globo de qualidade".

No fundo é mais um dos múltiplos "reality shows" que as redes de televisão descobriram: BBB, "A fazenda", "Debate eleitoral", etc...

Junta-se um monte de pessoas em um ambiente, estipulam-se alguma regras, e deixam-nos expostos ao "voyeurismo" do telespectador.

Ninguém decide por um candidato após um "debate" desses.

Quem já tinha candidato apenas torceu para o seu bater mais do que apanhou.

Quem não tinha candidato e esperava tomar sua decisão após o debate, vai tomar uma decisão apenas baseada em factoides levantados pelos participantes.

O único ponto positivo desse "Reality Show" é a presença dos nanicos que não têm nada a perder. Cada um fala o que quer e o que pensa sobre os assuntos que, efetivamente, são importantes, mas viraram tabus em nossa sociedade.

Torna-se um dos raros momentos para os telespectadores refletirem sobre esses assuntos. Mas isso, até as novelas da Globo chegam a fazer com notáveis índices de efetividade.

Vai ter beijo gay? Vai ter empresário fraudando o sócio? Vai ter mulher (homem) traindo marido (mulher)?

Os últimos debates, patrocinados pelos nanicos, valeram pela exposição dos temas homofobia, combate às drogas, aborto, laicismo do estado... temas que, por covardia, não estão na pauta de nenhum dos G(3).

Acho que poderão servir também para uma maior reflexão sobre os próprios "debates".

No frigir dos ovos, trocaram tapas e cada um bateu e apanhou como se fizessem parte daqueles antigos programas de tele-catch.

Os que apanharam saíram depois de seus camarins, sem nenhuma sequela, prontos para jantar em algum restaurante.

Os que bateram também.

Como todo mundo bateu e levou... deu empate.

Com isso o processo político vai se empobrecendo e caindo (propositalmente?) dentro dos baixos padrões impostos pela televisão e pela mídia.

(continua...)

José Antônio disse...

(Continuação...)

Assuntos como o futuro da sociedade brasileira, como será a relação capital-trabalho; como fazer para elevar o nível educacional de nossa população; como fazer para dar maior acesso à saúde; como diminuir os gargalos logísticos de transporte; como integrar mais as populações das periferias aos centros de poder, cultural e econômico; como fazer para aumentar a competitividade do Brasil diante do mundo; como fazer para que o Brasil possa exercer internacionalmente uma influência que possa ser positiva.... nada disso teve espaço para ser debatido.

Felizmente, é na Internet que esses temas conseguem ser discutidos e debatidos com mais profundidade.

E, à medida que a população brasileira vai ficando mais educada, com mais acesso à Internet, mais e mais pessoas acabam refletindo, através das redes sociais, sobre todos esses temas, mais do que através desses "Reality shows".

O lado negativo é que muita gente se sente livre, pela rede, a "excretar" qualquer porcaria que lhes vêm à mente.

Também é muito desagradável, mas nada que um bom filtro não possa ajudar a separar o joio do trigo e isolar os trolls. É um processo de aprendizagem muito lento, como até mesmo este blog teve a oportunidade de aprender... na carne.

Resumindo o "debate" de ontem: ninguém ganhou, ninguém perdeu. O processo de definição do eleitorado prossegue seu caminho já em curso e que deve manter o suspense até o domingo: haverá segundo turno? Se sim, quem vai disputar com Dilma?

Do meu ponto de vista, o melhor dos mundos seria a vitória de Dilma, já no primeiro turno, com Aécio em terceiro.

Se isso ocorrer, além de garantirmos mais 4 anos para as mudanças necessárias e que começaram em 2003, há uma grande chance da oposição se renovar e sair desse clima de briga de boteco em final de jogo de campeonato.

Claro, isso se a imprensa deixar de fazer o papel daqueles moleques que incentivam a briga dos colegas à saída da escola: "fulano disse que viu sua mãe na zona. Você não vai reagir?"

BONDeblog S. O. disse...

José

Boa tarde

A TV não tem interesse em fazer um trabalho verdadeiramente jornalístico e informativo / esclarecedor com os candidatos. Poderiam ter apresentado vários programas com duplas / trios de candidatos se alternando, poderiam fazer um debate, começando 21:00 horas, em rede nacional, poderiam muito mas...

A INTERNET também poderia fazer mais e melhor. Infelizmente, também nela há muito de vale tudo.

BONDeblog S. O. disse...

Eu vi pouco do debate, nem mesmo os vídeos que publiquei os links consegui assistir.

Do pouco que vi e do pouco que ouvi sendo comentado, Marina se saiu muito mal. Aécio e Dilma ficaram no zero a zero. Luciana Genro como franca atiradora se destacou. Levy Fidélix enfiou a língua...e foi defenestrado.

Pastor Everaldo será muito feliz com sua terceira esposa fazendo pregação pela indissolubilidade da do casamento, e Eduardo Jorge não teve nada com isso.

Jbmartins-Contra o Golpe disse...

Tem a globo aldulterando o debate o RIO, A Globo continuar a Proconsult
https://www.facebook.com/video.php?v=707686222654796
Urariano Mota: O debate depois do último na Globo
http://www.vermelho.org.br/radio/noticia/250660-333

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS