segunda-feira, 27 de outubro de 2014

DILMA ROUSSEFF "MANDA UM RECADO" PARA A TV GLOBO - TV RECORD FICOU COM A PRIMEIRA ENTREVISTA EXCLUSIVA !

SINTOMÁTICO !


A presidente Dilma Rousseff concedeu agora a pouco a sua primeira entrevista exclusiva para um veículo de comunicação, após ser reeleita. De forma inédita, não foi a TV Globo quem teve a primazia desse momento, e sim a TV RECORD. A entrevista foi realizada no Palácio da ALVORADA. Dilma Rousseff reafirmou sua disposição para o diálogo com todos os segmentos econômicos e sociais do país. Disse que pretende trabalhar firme pela REFORMA POLÍTICA, e que será a principal interessada e empenhada em esclarecer as denúncias de corrupção na PETROBRAS _"DOA A QUEM DOER".

Dilma foi enfática em relembrar que não esquecerá os acontecimentos dos últimos dias antes do DOMINGO da eleição. Ou seja, dessa vez a campanha que a revista VEJA promove sempre dias antes das eleições, imputando um pseudo escândalo ao PT, e particularmente agora a ela Dilma, não vai cair no esquecimento.

Dilma riu ainda, quando o nome do presidente do BRADESCO (Trabuco) foi citado como cotado para assumir o Ministério da Fazenda. A presidente fez questão de frisar ainda, que a CRISE DA ÁGUA em São Paulo FOI ESCONDIDA PELA IMPRENSA ATÉ O DIA DA VOTAÇÃO DO PRIMEIRO TURNO.

Por volta das 20:45 horas, teve início a entrevista para o JN. Bonner e Poeta ficaram no estúdio do Jornal, e Dilma bem distante lá em Brasília. Para quem não se lembra, na eleição passada, Dilma esteve no estúdio do Jornal Nacional. 

Os tempos mudaram, Dilma não é de levar desaforo para casa. De diferente do que foi dito na entrevista para a RECORD, vale destacar que Dilma condenou as denuncias parciais e seletivamente de escândalos.

Para bom entendedor, meia palavra basta.


3 comentários:

José Antônio disse...


Para variar, o tiozinho, aquele que tem um rei na barriga, lança campanha de ódio contra Minas Gerais.

Segundo ele, Minas "faltou ao encontro".

Seus sobrinhos, bem amestrados, já ameaçam boicotar o pão de queijo; muitos se dizem envergonhados com Minas Gerais; outros afirmam que Minas é, historicamente, a terra dos traidores.

Já fizeram o mesmo com o Nordeste. Agora é a vez de Minas Gerais.

Esse tiozinho é um dos que acusam o PT de dividir o Brasil, com o "nós contra eles".

Ao final da campanha de 2010, ao perceber que o discurso da oposição permanecia o mesmo, previ que se continuasse assim, a campanha de 2014 teria mais baixaria que a de 2010 e que essa oposição sairia, mais uma vez, derrotadas nas urnas.

O clima parece se repetir. O discurso de ódio, ao invés de propostas, permanece. Projeto que em 2018, se não mudarem de métodos, a campanha presidencial será mais barra pesada do que esta aqui.

Prevejo, assim como previ em 2010 que o DEM se tornaria um partido nanico, o mesmo para o PSDB.

Certamente irão escolher um dos 4 caciques para disputar a presidência. Digo 4 por que incluí FHC entre seus caciques. Três dentre eles já perderam para Lula e Dilma. FHC ainda não.

É a grande chance do PSDB surpreender em 2018 "se renovando" e escolhendo o cacique mór para disputar as eleições; talvez contra Lula.

Seria a campanha do século: FHC x Lula.

O final dessa campanha poderia ser a morte honrosa para um partido nunca teve grandeza enquanto (sobre)viveu.



José Antônio disse...


Outros blogs da oposição, tal como o daquele que se diz "Coronel", também responsabilizam Minas pela derrota.

Acham-se os únicos brasileiros, pois dizem que o Brasil perdeu. Esquecem que quem votou em Dilma ou Aécio, assim o fez por que assim o quis. Todos são brasileiros; inclusive os mineiros.

Os que não admitem que brasileiros pensem diferentemente da maneira como eles pensam possuem um conceito muito particular de "democracia":

São os que sempre acharam que o Brasil deveria servi-los;

são os que sempre ignoraram a parcela majoritária dos brasileiros, os trabalhadores e os autênticos criadores das riquezas;

são os que sempre se apropriaram dessas riquezas, pois jamais enxergaram em seu compatriota, igualmente brasileiro, um igual;

são os que sempre acharam que seus privilégios eram hereditários e de origem divina;

são os que jamais estenderam a mão aos milhões de brasileiros que, por motivos aleatórios, nasceram em famílias sem recursos, muitas vezes sem o mínimo necessário para mitigar a fome de seus filhos;

são os que sempre tinham muito e ainda achavam pouco;

são os que sempre foram autoritários e defendiam no grito o aumento dos seus privilégios;

são os que ainda se comportam autoritariamente pela manutenção desses privilégios;

são os que querem falar em nome de todos os brasileiros sem que esses lhes tenham dado procuração para isso;

são os que dividem a nação e acusam os outros de fazê-lo.


BONDeblog S. O. disse...

É A TURMA DOS DERROTADOS, QUE AOS POUCOS VAI TENDO SUA FACE EXPOSTA AÍ NA LATERAL DO BLOG.

Um abraço

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS