sexta-feira, 19 de setembro de 2014

PESQUISA DATA FOLHA 19/09/2014 - DILMA SOBE, MARINA DESPENCA ENQUANTO AÉCIO AINDA SONHA

IMAGENS / ARTE - SITE FOLHA DE SÃO PAULO

Segundo o DataFolha, ficou mais difícil a vida para Marina Silva. Aos poucos ela perde o "VÉU", e vai surgindo como é, incoerente e inconsistente em suas posições. Para Aécio a pesquisa é "alentadora", embora a realidade mostre que o seu crescimento apontado na pesquisa IBOPE foi "mais um ponto (no caso quatro pontos) fora da curva do Instituto de Montenegro"). 

Se Dilma ligasse para pesquisas, estaria rindo de orelha a orelha. Os números, em todos os sentidos, lhe são favoráveis. Mas Dilma está certíssima ao não dar ao MITO PESQUISA ELEITORAL, mais importância do que "um retrato do momento". Quem quer ganhar eleição tem de ter firmeza, propostas, regularidade, tem de ter passado, presente e sinalização de futuro. Dilma Rousseff e sua candidatura tem esses atributos.

007BONDEBLOG


Do G1, em São Paulo

Pesquisa Datafolha divulgada nesta sexta-feira (19) pelo jornal "Folha de S.Paulo" aponta os seguintes percentuais de intenção de voto na corrida para a Presidência da República:

Clique na imagem para ampliar



- Dilma Rousseff (PT): 37%

- Marina Silva (PSB): 30%

- Aécio Neves (PSDB): 17%

- Pastor Everaldo (PSC): 1%
- Luciana Genro (PSOL): 1%
- Eduardo Jorge (PV): 1%

- Zé Maria (PSTU): 0%*
- Rui Costa Pimenta (PCO): 0%*
- Eymael (PSDC): 0%*
- Levy Fidelix (PRTB): 0%*
- Mauro Iasi (PCB): 0%*

- Branco/nulo/nenhum: 6%
- Não sabe: 7%

No levantamento anterior do instituto, divulgado no dia 10, Dilma tinha 36%, Marina, 33%, e Aécio, 15%.

Segundo o Datafolha, "é a segunda vez que Marina tem oscilação negativa em suas intenções de voto desde que entrou oficialmente na disputa".

Segundo turno

O levantamento divulgado nesta sexta indica que, em um eventual segundo turno entre Dilma e Marina, as candidatas aparecem empatadas tecnicamente. A candidata do PSB tem 46% e a do PT, 44%. Na semana passada, Marina, com 47%, e Dilma, com 43%, também estavam tecnicamente empatadas.

Na simulação de segundo turno entre Dilma e Aécio, a petista vence por 49% a 39% (49% a 38% na semana anterior).

Pela terceira vez, o instituto também fez uma simulação entre Marina e Aécio. O resultado foi 49% a 35% para a candidata do PSB (ante os 54% a 30% do último levantamento).

A pesquisa foi encomendada pelo jornal “Folha de S.Paulo” em parceria com a TV Globo.

O Datafolha ouviu 5.340 eleitores em 265 municípios nos dias 17 e 18 de setembro. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. Isso significa que, se forem realizados 100 levantamentos, em 95 deles os resultados estariam dentro da margem de erro de dois pontos prevista.

19 de setembro de 2014 - 04:00

Colaboração referente aos números da pesquisa - Leitor H. Pires - Que acrescenta o seguinte comentário: 
GLOBO (ACUSADA DE SONEGAÇÃO) SE DESCABELA. SE DESESPERA. NÃO SABE MAIS O QUE FAZER OU MENTIR PARA ALCANÇAR SEUS PROPÓSITOS INCONFESSÁVEIS.

MERVAL E SARDEMBERG A BEIRA DE UM ATAQUE DE NERVOS, ESPUMAM DE ÓDIO.

3 comentários:

José Antônio disse...


Merval, oh Merval....

Hoje, em um ato falho, Merval escreve coluna que denomina: "A Vaca e o Brejo".

Merval tenta tirar leite de pedra da última PNAD.

Merval ainda tem esperanças de que a vaca que vai para o brejo não é a do Aécio.

Torce desesperadamente.

Receio que, quando a ficha cair, e vier a constatar a realidade, tenha um ataque cardíaco.

Anônimo disse...

BOA TARDE,

Pegando carona no comentário anterior feito por Sr. José.

Fico assim surpreso com o comportamento da imprensa, ao menos da maior parte, em particular dos grandes grupos como Folha, Estadão, Globo.

A PESQUISA PNAD/IBGE mostra um Brasil que está no caminho certo. Mostra o quanto se avançou. Mostra que algumas políticas públicas e a consciência dos brasileiros nos move na direção de melhor educação e até mesmo saúde. Mostra que o trabalhador está sendo valorizado, e que os nossos indicadores mais vergonhosos estão sendo deixados para à conta do tempo e da HISTÓRIA.

Lamentável que queiram reduzir essa pesquisa a um mero instrumento de destaque do que possa ser utilizado contra o atual governo e ao governo anterior.

Não é essa a contribuição que se espera da imprensa, atuando como, ela sim, linha auxiliar de quaisquer candidaturas que possam surgir e derrotar a reeleição da atual presidente.

Gratíssimo pela oportunidade de me expressar.

BOZZANO


H.P. disse...

GLOBO, E AGORA?
SarDEMberg/Mirian Leitão e adjacências, VOCÊS IRÃO PEDIR DESCULPAS? Depois de um dia inteiro falando mal do governo pelo erro do IBGE? Uma vez mais. E AGORA GLOBO?

Folha de são paulo.

"IBGE afirma que errou e corrige dados sobre desigualdade no país
Um dia após divulgação dos dados da Pnad, instituto afirma que indicador que mede desigualdade passou de 0,496 em 2012 para 0,495 em 2013, e não 0,498 como foi divulgado. (Ou seja, A DESIGUALDADE CAIU - nosso)...".

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS