quinta-feira, 21 de agosto de 2014

MARINA SILVA DERRUBA MÁRCIO FRANÇA E ABRE GUERRA COM PSB/PSDB DE SÃO PAULO


A candidata (agora oficial) Marina Silva REDE/PSB - à presidência da República - conseguiu uma VITÓRIA sobre o seu grande desafeto dentro da coligação entre os dois partidos, o deputado Márcio França, que é candidato a vice-governador por São Paulo na chapa de Geraldo Alckmin - PSDB.

Com Eduardo Campos, Márcio era o tesoureiro da campanha presidencial do PSB, mas, foi destituído ontem por Marina Silva. Agora o tesoureiro é um nome de confiança da candidata, que já reafirmou que não fará campanha ao lado dos tucanos em São Paulo para reeleger Geraldo Alckmin.

Resta saber se Márcio França vai apoiar Marina, ou fará campanha para Aécio Neves. 

O PSDB está em pânico com os primeiros movimentos de Marina Silva. Pesquisas internas do Partido e também do REDE SOLIDARIEDADE indicam que Marina já está cinco pontos à frente de Aécio Neves, cuja candidatura derrete numa velocidade impressionante.

5 comentários:

Vincent van Blogh disse...


Desde o casamento entre Marina (Rede) e o PSB, que eu fiquei muito curioso como iria terminar essa salada.

Azeite e vinagre podem combinar na salada, mas não se misturam.

A morte de Eduardo Campos parece ter levado seu partido (que estava em fase de crescimento, muito embora, artificial) a óbito.

Aguardemos o desenrolar dos acontecimentos.

Tenho a impressão que as "vitórias" de Marina Silva não vão lhe custar barato.

José Antônio disse...

Caro Bond:

Polícia Federal intima Serra a depor sobre cartel de trens em São Paulo

FLÁVIO FERREIRA
MARIO CESAR CARVALHO
DE SÃO PAULO
21/08/2014 02h00

"A Polícia Federal intimou o ex-governador paulista e candidato ao Senado José Serra (PSDB) para depor sobre os contatos que manteve com empresas do cartel de trens que atuou no Estado entre 1998 e 2008, de acordo com documento obtido pela Folha.

A polícia quer saber se o tucano, quando era governador, atuou a favor das multinacionais CAF e Alstom numa disputa com outra empresa do cartel, a Siemens, como sugerem e-mails e o depoimento de um executivo à PF.

Além de Serra, outras 44 pessoas serão ouvidas pela polícia, que investiga suspeitas de fraude em licitações em sucessivos governos do PSDB. O depoimento de Serra foi marcado para 7 de outubro, dois dias após o primeiro turno das eleições deste ano.

Também foram convocados o ex-secretário dos Transportes Metropolitanos José Luiz Portella, o atual presidente da estatal CPTM Mário Bandeira e o ex-presidente do Metrô Sérgio Avelleda. No inquérito conduzido pelo delegado Milton Fornazari Júnior, três das sete concorrências sob investigação foram realizadas durante o governo José Serra (2007-2010).
"

O resto da notícia, inclusive a versão "do outro lado" que no caso dos tucanos, a Folha nunca esquece de apresentar, pode ser lida, em:

http://www1.folha.uol.com.br/poder/2014/08/1503560-pf-intima-serra-a-depor-sobre-cartel-de-trens.shtml

José Antônio disse...

Caro Bond,

Tucanos convidam a "juventude do PSDB" para tentar apagar o incêndio que ameaça o ninho de virar cinzas.

A notícia abaixo saiu no Ilimar de hoje. Surpreende a quantidade de nomes "novos" no ninho tucano, até então "desconhecidos" da política nacional:

O PSDB no divã
Ilimar Franco 21.08.2014 09h00m

"Marina Silva (PSB) está arrebatando os votos da juventude e dos setores médios, que antes estavam com Aécio Neves. O desempenho do governo Dilma melhora a cada pesquisa. Para enfrentar essas dores de cabeça, o PSDB convocou reunião de emergência para ontem à noite em São Paulo. O temor é com o risco de Aécio deixar de ser o veículo do voto de oposição nas cidades grandes e médias.

A estratégia para deter a sangria

Foram convocados para a reunião reservada o ex-presidente Fernando Henrique, o governador Geraldo Alckmin, o prefeito ACM Neto, o vice Aloysio Nunes Ferreira, o ex-governador José Serra e o presidente do DEM, José Agripino. Os tucanos tentam manter a tranquilidade, mas admitem que vivem momentos difíceis. Torcem para que a largada de Marina e a melhora de Dilma não sejam consistentes. E já temem o efeito da diferença “brutal” do tempo na TV em favor da presidente. Há um risco de Aécio desidratar nos grandes centros. Em 2010, Marina venceu em Belo Horizonte e Brasília. E chegou em segundo no Rio de Janeiro, em Salvador, Recife e Fortaleza.
"

Marquei em negrito, os nomes "novos" chamados pela "túcula cupana" para tentar debelar o incêndio.

Esses nomes podem ser ma indicação que a partir de 2015, o PSDB/Demo venha a ser dirigido por gente mais jovem, pouco afeita aos métodos tucanos empregados nos últimos anos.

Como se sabe, os grandes pensadores tucanos procuram, há 12 anos, fazer valer a nova máxima: "Em time que está perdendo não se mexe".

A coluna, de hoje, do Ilimar está em:

http://oglobo.globo.com/blogs/ilimar/posts/2014/08/21/o-psdb-no-diva-546417.asp

José Antônio disse...


Corrigindo:

Esses nomes podem ser uma indicação que a partir de 2015, o PSDB/Demo venha a ser dirigido por gente mais jovem, pouco afeita aos métodos tucanos empregados nos últimos anos.

José Antônio disse...


E o Imerval Pereira faz, hoje, rara coluna, onde, surpreendentemente, consegue ser um analista mais racional do que torcedor.

O Imerval aponta o estilo voluntarioso de Marina como um grande empecilho para o caso, já duvidoso, de vir a ser eleita.

Diz o Imerval que, brigando com o PSDB e com o PT, após Eduardo Campos já ter excluído o PMDB, com quem poderá contar Marina para governar?

O Imerval só falha na memória, ao resgatar, apenas, as alianças que FHC fez com o PFL, usando como exemplo de que no Brasil, se estas não forem feitas, torna-se inútil o furacão de votos em uma eleição, tal como foi comprovado no governo efêmero de Fernando Collor.

O Imerval deveria lembrar, também que este foi, igualmente, o caso de Lula. Mas isso o Imerval não pode escrever, pois o pasquim, no qual trabalha, vive criticando os Governo Lula/Dilma pelas alianças que tiveram que ser feitas com setores políticos de uma velha prática brasileira.

Igualzinho com teve que fazer FHC, apenas com resultados muitas vezes inferiores aos obtidos por Lula/Dilma.

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS