sexta-feira, 22 de agosto de 2014

MANCHETÔMETRO COMPROVA QUE JORNAL NACIONAL QUER DERROTAR DILMA ROUSSEFF


JORNAL É UMA VERGONHA NACIONAL EM HORÁRIO NOBRE ! 
TV GLOBO É UMA TRIBUNA DA OPOSIÇÃO !

Jornal Nacional: 82 minutos negativos para Dilma e só 4 positivos

Manchetômetro da Uerj mostra 7 minutos a favor de Aécio e 6 contra, este ano

Rio - A presidenta Dilma Rousseff (PT) está mal no vídeo. O ‘Manchetômetro’, estudo do Instituto de Estudos Sociais e Políticos (Iesp) da Uerj para avaliar a cobertura da mídia sobre as eleições, mostra que a candidata à reeleição aparece mais em matérias negativas do que positivas no ‘Jornal Nacional’, noticiário televisivo mais assistido do país. Do primeiro dia do ano até o dia 20 deste mês, foram ao ar três horas de matérias sobre Dilma. Desse total, 82 minutos (1 hora e 22 minutos) foram de matérias contrárias à presidenta e apenas quatro minutos foram de notícias favoráveis. Outros 96 minutos (1 hora e 36 minutos) foram dedicados a matérias neutras. 


De acordo com o site, o presidenciável Aécio Neves (PSDB) apareceu menos durante o período, mas sua imagem foi exibida positivamente durante mais tempo. Foram 51 minutos, sendo 7 minutos favoráveis, 6 minutos contrários e 38 minutos neutros. Morto no último dia 13, Eduardo Campos apareceu em 20 minutos favoráveis e 1 hora e 10 minutos de notícias neutras. 

O portal é atualizado por uma equipe de 12 pessoas, coordenadas pelo cientista político João Feres Júnior. Para avaliar cada notícia, eles utilizam o conceito de valência, definido como efeito potencial para cada candidato da notícia veiculada. “Conteúdo desfavorável é o que foi publicado sobre o envolvimento do Aécio com o aeroporto em Cláudio (MG) e da Dilma sobre a refinaria comprada em Pasadena (EUA)”, explica João.

Segundo ele, o estudo é uma “interface entre a academia e a cidadania”. “Num ano eleitoral, as pessoas se interessam mais por política porque precisam tomar uma decisão. O ‘Manchetômetro’ mostra que a mídia tem suas inclinações, mas não avalia qual é a recepção do público”, diz.

Viés do JN contra Dilma

A desproporção da presença na mídia ocorre porque Dilma é a atual presidenta, diz o professor. “Mas a cobertura mostra um viés contra o PT e a Dilma. Fizemos um estudo em 2010, e notamos um padrão parecido de desproporção”, disse João. 

Ainda neste ano, o 'Manchetômetro' divulgará estudos sobre as eleições de 2010 e 1998, e também promete intensificar a análise sobre o ‘Jornal Nacional. “Vamos ver como foi quando o PSDB disputava a reeleição.”

‘MARINÔMETRO’

As especulações sobre o futuro do PSB após a morte de Eduardo Campos viraram um estudo de caso do projeto. Chamado 'Marinômetro', em referência a Marina Silva, ex-vice de Campos e atual candidata à Presidência, o site avalia a presença da candidata no ‘Jornal Nacional’ em cinco categorias. Em 1 hora 15 minutos de matérias veiculadas desde o dia 13 até o dia 20 deste mês, 13 minutos foram de notícias a favor do nome de Marina em substituição a Campos.

Pouco mais de 6 minutos entraram na categoria “Candidato do PSB”. Nesta, ficaram as matérias que especularam as diferentes alternativas para o lugar de Eduardo Campos que não fossem Marina.

Quatro minutos foram dedicados às notícias que avaliavam prós e contras do nome de Marina ser indicado à Presidência. As maiores fatias do tempo ficaram com as matérias descritivas, que não tomaram posição quanto à candidatura (30 minutos), e 22 minutos para elogios a Eduardo Campos.

LEIA + SOBRE O ASSUNTO


3 comentários:

H.P. disse...

SOBRE MANCHETÔMETROS, MARINÔMETROS, GLOBOS BONNOMETRÔS, POETÔMETROS E ASSECLAS, PROPAGANDAS NEGATIVAS ETC E ETC., COM A PALAVRA O MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL.

COMO FICA TUDO ISSO SR. DR. JANOT?
O MINISTÉRIO PÚBLICO IRÁ INVESTIGAR? ESTÁ TUDO ESCANCARADO OU NÃO? O QUE PRECISA MAIS? OU SERÁ: "LEI ORA A LEI". ACHAMOS QUE NÃO.

Da Prevaricação no Direito Penal
PREVARICAÇÃO

Art. 319 - Retardar ou deixar de praticar, indevidamente, ato de ofício, ou praticá-lo contra disposição expressa de lei, para satisfazer interesse ou sentimento pessoal:

Pena - detenção, de três meses a um ano, e multa.

É importante explicar, de início, que prevaricação é a infidelidade ao dever de ofício, ou seja, a função que lhe é exercida. Neste caso, é o não cumprimento do dever de ofício, pelo interesse ou sentimento próprio.

Neste tipo penal, diferentemente do crime tipificado na corrupção passiva (artigo 317), o funcionário público deixa de praticar ato que lhe é próprio, por puro interesse próprio ou sentimento pessoal.

No crime de corrupção passiva, o funcionário público deixa de praticar ou pratica o ato funcional, movido por vantagem econômica, patrimonial, moral, sexual, etc. Já aqui não. Ele deixa de praticar o ato funcional que lhe é devido, por puro interesse ou sentimento pessoal. Veja bem essa diferença, porque se tiver interesses outros, o crime passa a ser de corrupção passiva. Aqui não há qualquer intervenção alheia. O funcionário comete o crime sozinho, por sentimento pessoal.

Elementares objetivas:
São os núcleos dos verbos retardar, que é atrasar, adiar, deixar de praticar ato de ofício dentro do prazo estabelecido (crime omissivo). Já a outra elementar que é deixar de praticar o ato de ofício.

O objeto material é o ato de ofício.

Deve ser observado, neste tipo penal, que se o funcionário público não tiver atribuição legal, ou seja, o dever de ofício de praticar tal ato, o crime se torna atípico, pois o elemento normativo exige que o servidor tenha o dever funcional de praticar tal ato. Preste atenção nisso.

Assim considerando, estamos diante mais uma vez de crime próprio, que só pode ser cometido por funcionário público que tiver o dever funcional de praticar tal ato de ofício e retarda ou deixa de praticar.

Vincent van Blogh disse...


A lei? Ora, a lei...

Anos de chumbo: comandante impõe silêncio ao Exército

http://oglobo.globo.com/brasil/anos-de-chumbo-comandante-impoe-silencio-ao-exercito-13690198

Uso de jato que matou Eduardo Campos violava lei eleitoral

Avião está em nome de grupo de usineiros; legislação veda esse tipo de ajuda a candidatos


http://oglobo.globo.com/brasil/uso-de-jato-que-matou-eduardo-campos-violava-lei-eleitoral-13689974

Por que a lei abate-se apenas contra o PT? E por que, quando isso ocorre, passa-se até por cima da lei para aumentar as penas dos réus, quando não são incriminados por crimes não cometidos?

José Antônio disse...


Da seção "Painel" da Folha de S. Paulo, hoje:

"Aécio pede calma O presidenciável Aécio Neves (PSDB) pediu a aliados que mantenham a “serenidade” diante do fenômeno Marina Silva (PSB). Sondagens encomendadas pelos tucanos indicam que a rival já o ultrapassou e se isolou em segundo lugar. A ordem é aguentar firme e apostar numa reação no último mês de campanha. “Pesquisa agora só vale depois do Sete de Setembro”, repete Aécio, em conversas reservadas. Nos intervalos das viagens, o candidato dispara ligações para animar aliados."

http://painel.blogfolha.uol.com.br/2014/08/22/aecio-pede-calma-a-aliados-que-ja-veem-marina-na-frente/

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS