quinta-feira, 24 de julho de 2014

ISRAEL BOMBARDEIA ESCOLA DA ONU EM GAZA E MOSTRA O "GIGANTISMO DE SUA DIPLOMACIA"

15 MORTOS E DEZENAS DE CRIANÇAS FERIDAS

Com a conivência de outros "GIGANTES" da diplomacia, o principal deles os Estados Unidos, Israel continua ASSASSINANDO CRIANÇAS, MULHERES, IDOSOS, HOMENS INOCENTES, na região de GAZA.

Não há nada nem ninguém que consiga fazer ISRAEL parar com sua 
LOUCURA TERRORISTA DE ESTADO. 

Não é a primeira vez que ISRAEL MATA PALESTINOS como quem esmaga formiguinhas, usando como pretexto atingir o HAMAS. A ONU é impotente para fazer ISRAEL parar. Os EUA se omitem, visto que o VOTO e o DINHEIRO DOS JUDEUS AMERICANOS são fatores decisivos nas ELEIÇÕES dos Estados Unidos. Assim, OBAMA se acovarda, e assiste a tudo com o falso discurso de que ISRAEL tem o direito de se defender.

SIM ! Israel tem o direito de se defender, mas isso não significa que tem o direito de ASSASSINAR 5 CENTENAS DE INOCENTES, de BOMBARDEAR HOSPITAIS e ESCOLAS, de não respeitar nem mesmo o espaço INVIOLÁVEL da ONU em GAZA.

UMA VERGONHA, ISRAEL É UMA VERGONHA !

Lamento, tenho amigos, sempre respeitei e continuarei respeitando o povo israelense, os judeus de qualquer parte do mundo, mas, não posso deixar de sair da minha tranquilidade e paz nesse momento de descanso, para registrar a minha indignação. BOMBARDEAR UMA ESCOLA ? Sob a alegação RIDÍCULA de que ali é uma BASE do HAMAS ? Ainda que fosse.

Parabéns ao governo brasileiro que se posicionou, não contra ISRAEL se defender, mas contra ISRAEL ATACAR, e MATAR, ASSASSINAR CRIANÇAS PALESTINAS.

LEIA AQUI - 





20 comentários:

José Antônio disse...


A política do governo de extrema-direita de Israel, pode não ser apenas assassina, pode ser também suicida, a medida que forem perdendo apoios sólidos pelo mundo.

O vídeo do post acima mostra que o ódio se espalha por várias partes.

O povo judeu é um povo milenar que soube cultivar, ao longo dos séculos, um avançado grau de sabedoria. No entanto, o governo de Israel mostra-se, além de não ter sido capaz de assimilar esta sabedoria, não estar à altura do povo que pretende representar.

Como todo governo de extrema-direita, se comporta com prepotência e arrogância, acreditando poder resolver todos os conflitos na base da força.

H.P. disse...

Ao Sr. porta-voz do Ministério de Relações de Israel Yigal Palmor, que chamou o Brasil, MINHA PÁTRIA, de "ANÃO".
Anão é o Sr. SEU IMBECIL. O Sr. NÃO TEM SOLDADOS em suas forças armadas, o Sr. tem muitos CARNICEIROS isso sim.
O Sr. é UMA BESTA ESTÚPIDA QUADRADA. O Sr. e seus "soldados" SÃO ASSASSINOS!
IMPERIALISTAS SAFADOS, DEIXEM AS CRIANÇAS, OS IDOSOS E AS MULHERES EM PAZ. Eles só querem vida, tal qual vocês seus vermes.

LRM disse...

A tal "escola da ONU", que não tinha um quadro negro, nem giz nem professor, mas que escondia diversos armamentos e foguetes do HAMAS.

A ONU ainda devolveu tudo aos "docinhos de coco" do HAMAS.

Vejam essa aula do professor que explica o ódio das esquerdas por Israel. Já é um viral nas redes sociais. Em apenas 8 minutos as esquerdas do mundo todo são desmascaradas:

https://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=fI0esAVfw3U

LRM disse...

Sobre o anão diplomático que é o Brasil, com toda a justiça, diga-se de passagem, a Confederação Israelita do Brasil emitiu uma nota, que segue:

"A Confederação Israelita do Brasil vem a público manifestar sua indignação com a nota divulgada nesta quarta-feira pelo nosso Ministério das Relações Exteriores, na qual se evidencia a abordagem unilateral do conflito na Faixa de Gaza, ao criticar Israel e ignorar as ações do grupo terrorista Hamas.
Representante da comunidade judaica brasileira, a Conib compartilha da preocupação do povo brasileiro e expressa profunda dor pelas mortes nos dois lados do conflito. Assim como o Itamaraty, esperamos um cessar-fogo imediato.
No entanto, a lamentável nota divulgada pela chancelaria exime o grupo terrorista Hamas de responsabilidade no cenário atual. Não há uma palavra sequer sobre os milhares de foguetes lançados contra solo israelense ou as seguidas negativas do Hamas em aceitar um cessar-fogo.
Ignorar a responsabilidade do Hamas pode ser entendido como um endosso à política de escudos humanos, claramente implementada pelo grupo terrorista e que constitui num flagrante crime de guerra, previsto em leis internacionais.
Fatos inquestionáveis demonstram os inúmeros crimes cometidos pelo Hamas, como utilização de escolas da ONU para armazenar foguetes, colocação de base de lançamentos de foguetes em áreas densamente povoadas e ao lado de hospitais e mesquitas.
Também exortamos o governo brasileiro a pressionar o Hamas para que se desarme e permita a normalização do cenário político palestino. Lamentamos ainda o silêncio do Itamaraty em relação à política do Hamas de construir túneis clandestinos, em vez de canalizar recursos para investir em educação, saúde e bem-estar da população na Faixa de Gaza.
A Conib também lamenta que, com uma abordagem que poupa de críticas um grupo que oprime a população de Gaza e persegue diversas minorias, o Brasil mine sua legítima aspiração de se credenciar como mediador no complexo conflito do Oriente Médio".

Uma nota como a divulgada nesta quarta-feira só faz aumentar a desconfiança com que importantes setores da sociedade israelense, de diversos campos políticos e ideológicos, enxergam a política externa brasileira."

LRM disse...

Queria ver o Sr. Bond criticar também a crucificação de cristãos nos países muçulmanos, a lapidação genital de mulheres jovens, o apedrejamento de mulheres, os massacres na Síria, no Egito e no Sudão, os enforcamentos em julgamentos sumários no Irã e tantas atrocidades cometidas todos os dias pelas milícias islâmicas.
Mas ele nunca o fará, isso não dá IBOPE, ou VOX POPULI, como convém a um bom petista.

Assistam o vídeo do professor mostrando um terrorista palestino soltando um foguete, tendo ao lado um grupo de crianças presas para morrerem como escudos humanos.

A nota da Confederação israelita, e a aula daquele professor, dão o verdadeiro tom do problema, e não a opinião de esquerdistas pseudo-pacifistas.

BONDeblog S. O. disse...

LRM

O BLOG mantém a opinião / posição de que a ação militar desenvolvida por ISRAEL em GAZA é uma VERGONHA. Que bombardear ESCOLAS e HOSPITAIS é inaceitável, e que a morte de aproximadamente 600 Palestinos inocentes, um quarto deles crianças, caracteriza crime de GUERRA.

O BLOG mantém ainda total apoio a posição do Brasil, que já havia se manifestado sim, contra os foguetes do HAMAS, e que agora, na última NOTA foi bem claro ao condenar o USO DESPROPORCIONAL DA FORÇA.

O Blog considera que a nota da Confederação Israelita não prima por respeitar a verdade dos fatos, e que dizer que deseja PAZ sem condenar o que ISRAEL está fazendo é puro exercício de retórica.

O Blog lembra ainda aos esquecidos (as), ou comentaristas de má-fé, que sempre se posicionou contra todo tipo de violência e barbárie cometidas no MUNDO. Ache entre os quase 6.000 posts publicados nesse BLOG, UM que defenda violências, arbitrariedades e autoritarismos de quem quer que seja.

O responsável pelo BLOG pede ainda que se frise.

TEMOS LADO, e o nosso lado é o de respeitar a VIDA e a dignidade do ser HUMANO, seja ele ÁRABE ou JUDEU, BRANCO ou NEGRO, tenha ele a religião que tiver, ou não tenha religião, seja HOMEM ou MULHER, torça pelo FLAMENGO ou torça contra o FLAMENGO.

TEMOS LADO, e o nosso lado é o da PAZ, sem a HIPOCRISIA dos que defendem LINCHAMENTOS e EXECUÇÕES SUMÁRIAS, ou dos que acreditam que suas BOMBAS nos telhados dos outros significam um ato justo e santo.

LRM disse...

" Ache entre os quase 6.000 posts publicados nesse BLOG, UM que defenda violências, arbitrariedades e autoritarismos de quem quer que seja."
*****************
Não encontrei nenhum que condenasse a violência dos amigos da esquerda, se é que o Blog entende o que isso significa.

Desproporcional é dar a 600 mortes um peso maior do que 500 mil. Essa matemática não emplaca. A violência dos amigos da esquerda sempre foi ignorada, por motivos óbvios.

Posicionar-se pela PAZ significa enxergar todas as mazelas sem distinção ideológica ou de partido.

Um país como o Brasil, que produz uma guerra do Vietnan em mortos, todos os anos, não tem moral para criticar ninguém. No Brasil se mata mais por ano do que em 60 anos de guerra entre árabes e israelenses. Vai ignorar?

LRM disse...

Para finalizar: Israel conta a sua história em proezas tecnológicas, científicas e desenvolvimento. Quem conta a sua história em cadáveres é a esquerda.

LRM disse...

Taí uma boa oportunidade para o blog exercer seu humanismo imparcial, sem o costumeiro nanismo ideológico:

EXTREMISTAS ISLÂMICOS NO IRAQUE DÃO ORDEM PARA MUTILAÇÃO GENITAL EM MASSA

http://www1.folha.uol.com.br/mundo/2014/07/1490830-extremistas-no-iraque-ordem-mutilacao-genital-em-massa.shtml?cmpid=%22facefolha%22

LRM disse...

Isso serve para o Blog e para todos os que são anti-Israel:

- O líder do Hamas, vai a TV e fala q usa de escudos humanos... e vc não acredita nem nele. Vc sabe mais.
- A Liga Árabe que sempre é contra Israel, se coloca a favor de Israel contra o Hamas. Mas vc manja muito mais que todos eles e ignora esse fato.
- A midia usa fotos da Síria e coloca como sendo de Gaza. Mas pra vc ainda são crianças de Gaza.
- Desde 1948, quando ISrael foi fundado, 11 milhões de muçulmanos foram mortos em guerras e conflitos. Desses, 35 mil em confrontos com Israel. O resto em confrontos entre eles mesmos. Mas isso não te interessa. Só te interessa qdo Israel está envolvido.
- O filho do fundador do Hamas, vive nos EUA refugiado. E diz q a organização criada pelo seu pai eh terrorista e visa somente q destruição de Israel. Mas vc continua achando q manja do tema mais do q o cara q está lá desde o começo.
- Vc ignora o fato q se Israel quisesse acabar com Gaza faria isso em questão de minutos. E vc ainda usa a palavra genocídio.
- Vc se diz anti Israel, anti sionista. Fala em boicotar oq vem de ISrael. Mas o seu PC que foi criado em Israel vc não vai abrir mão. Só dos doces e iogurtes feitos lá.
- 170 mil pessoas foram massacradas na Síria. E vc nao reclamou, nao se manifestou, não fez passeata. Nem um postizinho no seu face. E se diz a favor da vida e da humanidade.
- Vc só abre seu google pra ver algo sobre Oriente Médio quando Israel se cansa de levar mais de 1000 foguetes por mes durante anos e resolve acabar com a brincadeira. Nesse momento vc se torna o maior entendido do Oriente Médio.
- Vc vai contra o unico país democratico de uma região 100% ditatorial. E vive num país democrático e nunca sairia de um.
- Vc acha lindo o Brasil aceitar a diversidade e fazer parada gay etc. É contra a homofobia, mas só em ISrael se aceita gays. Nos outros lugares a maioria são mortos ou expulsos
- Vc viveria como vc é em Israel. Mas seria obrigado a viver nos moldes deles se cruzasse a fronteira. Mas vc ignora isso, afinal vc nao vai pra la mesmo.
- Vc defende um grupo q amarra bombas no seu corpo e se explode por um ideal e por virgens no céu.
- Vc defende um grupo q te mataria só pelo fato de vc não ser como eles.
- Vc ignorou os padres crucificados no Iraque e a expulsão de todos cristãos de lá. Afinal vc está aqui tranquilo.
- Vc diz q sabe sobre a historia do Oriente Médio, mas a única coisa q fez até hoje foi ler uma manchete aqui, um textinho ali, Wikipedia, e acha q é pós graduado sobre a região.

H.P. disse...

Impressionante como esses ANÕES DA DIREITA PODRE, IMUNDA E ASSASSINA, enchem o saco.
Peguem as notas, os manifestos e qualquer raio que os parta, sempre em defesa dos ASSASSINATOS DAS CRIANÇAS E OS ENFIE NAS "CALENDAS GREGAS"!

José Antônio disse...


Gilles Lapouge é um escritor e jornalista francês que não pode ser considerado um homem-bomba muçulmano, menos ainda, um antissemita ou radical de esquerda.

Já morou no Brasil entre 1950 e 1953 onde chegou a escrever artigos para o Estadão.

Retornando à Paris, continuou escrevendo periodicamente para o mesmo jornal até hoje.

O artigo de, hoje, no Estadão, Antissemitismo na Europa deveria fazer muita gente, com ideias preconcebidas, parar um pouco para refletir.

http://internacional.estadao.com.br/noticias/geral,antissemitismo-na-europa-imp-,1533673

No mesmo estadão há um artigo que também pode servir para baixar a bola de todos os que acreditam nas soluções de força.

Cinco formas de salvar a Faixa de Gaza

http://internacional.estadao.com.br/noticias/geral,cinco-formas-de-salvar-a-faixa-de-gaza-imp-,1533730

Quanto à questão levantado por D. Lucia de não ver outras manifestações "dos esquerdinhas" contra outros massacres aqui ou acolá, nada posso fazer em relação à sua crônica miopia, a não ser recomendar-lhe um bom oftalmologista.

De qualquer forma, nossas fontes de informações já chegam filtradas pelas agências internacionais. Nem sempre tomamos ciência do que ocorre nos mais diversos lugares do mundo.

Recentemente soubemos de um grupo armado, violento, que tenta estabelecer um "Califado Islâmico" em territórios iraquianos e sírios.

Expus a minha crítica, procurando compreender como este grupo pode nascer e crescer. Ficou claro que ele se beneficiou do atual estado de caos que impera no Iraque, desde que este foi "libertado" pelas forcas norte-americanas ao derrubar Sadam Hussein.

D. Lucia me acusou. por isso, de ser favorável à didadura de Sadam Hussein. Na mesma moeda, poderei então acusá-la de ser favorável a este "Califado Islâmico".

Até o tiozinho, aquele que tem um rei na barriga, que é o guru de D. Lucia, já se manifestou contrário às desastradas intervenções na Líbia e na Síria por parte dos EUA.

As razões do tiozinho não são as mesmas que as minhas. Suas razões não são humanitárias. Ele é apenas anti-Obama de carteirinha, desde a primeira campanha eleitoral.

D. Lucia distorce quando, tanto eu, quanto seu guru, demonstramos que a emenda foi pior que o soneto. A violência nesses lugares, estimulada por agressões militares externas, ao invés de ajudar a trazer a paz, trouxe mais violência.

D. Lucia, lê o que quer e interpreta como quer. Ela não tem nenhum compromisso com a verdade e interesse nenhum em buscar caminhos para diminuir a violência. Sua única cruzada é contra "os esquerdinhas" ou "esquerdopatas".

José Antônio disse...


Até Eliane Cantanhede, Comentarista anti-governo da Folha, em seu artigo de hoje, faz malabarismos para chegar com sua conclusão ao final do seu artigo:

"confirma que Israel perdeu a guerra da opinião pública internacional e está cada vez mais isolado."

Ora, mas para isso, precisou de usar 99% de seu artigo com uma violenta catilinária contra o governo Dilma e a diplomacia do Brasil.

Sua conclusão final surpreende qualquer roteirista de cinema consagrado por seus filmes terminarem de forma totalmente inesperada.

"Anão diplomático"

http://www1.folha.uol.com.br/colunas/elianecantanhede/2014/07/1490921-anao-diplomatico.shtml

José Antônio disse...

O grupo jihadista que D. Lucia defende, pois acha melhor que "a ditadura de Sadam Hussein, em boa hora derrubada pelos EUA", continua provocando a morte, o caos e a destruição:

Estado Islâmico explode santuários de profetas no Iraque

"Mesquitas abrigavam túmulos de Jonas e Daniel. Grupo jihadista já destruiu cerca de 45 templos sagrados na região de Mossul, no Norte do país"

http://oglobo.globo.com/mundo/estado-islamico-explode-santuarios-de-profetas-no-iraque-13376446

LRM disse...

Um bom artigo:
http://internacional.estadao.com.br/noticias/geral,cinco-formas-de-salvar-a-faixa-de-gaza-imp-,1533730

Finalmente o Sr. José Antônio deu um tiro certeiro.

Só um parêntesis: o HAMAS precisa ser aniquilado, se não pelas armas por uma outra força.

José Antônio disse...


Sinto dizer, D. Lucia,

Esta não é a maneira de aniquilar o Hamas.

Essas ações só o fortalecem.

Israel pode, durante muito tempo, evitar que a guerra se prolongasse por tantos anos.

A recusa em conversar com a OLP de Yasser Arafat por que ele era "terrorista" levou a uma situação muita mais difícil agora.

As chances de "conversas" diminuíram muito. Mas podem, ainda ficar pior.

É só continuar com a mesma receita.

Quem sempre age da mesma forma esperando obter resultados diferentes não é muito inteligente. Já dizia, talvez com outras palavras, um célebre cientista judeu: Albert Einstein.

Que tal aprender alguma coisa com ele, enquanto há tempo?

P.S. Esta é a razão pela qual a oposição, provavelmente, perderá as eleições de outubro, mais uma vez. Continuam agindo como em 2002, 2006 e 2010.

José Antônio disse...


Que susto, D. Lucia.

A senhora dizer que um artigo que eu recomendei é um artigo bom, me fez ir correndo relê-lo para ver onde foi que eu errei.

Mas acho que não fui eu quem errou. Encontre, inclusive no artigo uma frase que diz exatamente o que eu disse acima:

"Por enquanto, quase ninguém em Israel, exceto a extrema direita, acredita que a força acabará com o Hamas ou lhe ensinará uma lição duradoura"

Foi exatamente o que eu disse e exatamente o contrário do que a senhora disse. Na realidade, a frase acerta ao fazer exceção à extrema direita. Essa exceção apenas vem comprovar seus comentários como sendo de extrema-direita.


José Antônio disse...


Corrigindo:

Encontrei, inclusive no artigo uma frase que diz exatamente o que eu disse acima:

LRM disse...

Eliane Catanhêde, Folha de S. Paulo - 25/07:
- "O Brasil se fingiu de desentendido na guerra civil síria, assistiu de camarote o desastre político no Egito e, pior, lavou as mãos quando os vorazes russos passaram a devorar nacos da Ucrânia. Mas o país se sentiu à vontade para condenar Israel."
‪#‎fato‬

José Antônio disse...

Pois foi o que eu diss, D. Lucia.

Eliane Cantanhede passou 99% de sua coluna atacando o Brasil e seu governo, para no final, já ao apagar das luzes, soltar a frase que, na prática, contradiz todo o resto de seu artigo:

"confirma que Israel perdeu a guerra da opinião pública internacional e está cada vez mais isolado."

Observe, D. Lucia, que até O Globo, em editorial, procura fazer o papel de bombeiro e não atiçar, ainda mais, a violência que a senhora tanto preza:

http://oglobo.globo.com/opiniao/e-necessario-romper-circulo-vicioso-da-barbarie-13369830

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS