segunda-feira, 5 de maio de 2014

IMPRENSA QUE AJUDOU A MATAR, OCULTA "CADÁVER" DO DONO DA ESCOLA BASE EM SÃO PAULO


Eu li a matéria na Folha no dia 01 de maio - quinta feira passada - salvei, e resolvi esperar a repercussão. Somente ontem alguns blogs/sites independentes abordaram o assunto. A grande imprensa em sua quase totalidade ignorou o fato, quem noticiou, como a Folha, o fez de forma envergonhada, lá no final da página rolada da edição na INTERNET, as 22:17 de um feriado.

Nossa imprensa é especialista em assassinar reputações, especialista em não garantir o direito de resposta, especialista em transformar certas denúncias que são apenas possibilidade de ilícito, em fato consumado como grande "assalto". No caso da escola de BASE, episódio, divulgado em 1994, que ficou conhecido como um dos mais marcantes erros cometidos pela imprensa, além da reputação, contribuiu essa imprensa sensacionalista, oportunista e cruel, além de partidarizada e mentirosa, PARA A MORTE dos injustamente acusados.

Icushiro Shimada e sua mulher Maria Aparecida (que morreu de câncer em 2007) nunca mais foram os mesmos depois do caso em que foram vítima. Jamais se recuperaram, e nunca tiveram, nem de forma espontânea ou via justiça, a devida reparação por tudo que sofreram e perderam.

A parte da imprensa que ajudou a matar os dois, ocultou agora como pode, o "cadáver de ICUSHIRO", coloca-se assim uma pedra de esquecimento sobre o caso e vamos aguardar quem será a PRÓXIMA VÍTIMA.

Redação BONDEBLOG
===================================================================

Ex-dono da Escola Base morre após sofrer infarto em São Paulo
DE SÃO PAULO
01/05/2014 22h17

Icushiro Shimada, um dos antigos proprietários da Escola Base, morreu em sua casa no último dia 16, em São Paulo, aos 70 anos, depois de sofrer um infarto.

A informação foi confirmada ontem pelo advogado dele, Kalil Rocha Abdalla.

Shimada foi uma das pessoas acusadas erroneamente no caso da Escola Base -que consistiu na divulgação de denúncias de abuso sexual contra crianças da instituição no bairro da Aclimação.

O episódio, divulgado em 1994, ficou conhecido como um dos mais marcantes erros cometidos pela imprensa.

A partir de acusações precipitadas, feitas por um delegado e reproduzidas pela imprensa, a escola foi depredada e depois fechou.

A história veio à tona quando duas mães foram a uma delegacia para denunciar que seus filhos de 4 anos haviam sido vítimas de abuso na instituição. Elas acusaram os proprietários da Base -Ichushiro Shimada e Maria Aparecida Shimada- de serem os responsáveis pelos crimes.

Ao final das investigações, o inquérito foi arquivado por falta de provas e todos os suspeitos foram inocentados.

Os donos ajuizaram ações de indenização contra o Estado e empresas de comunicação. A Justiça deu ganho de causa em alguns, e outros estão em análise de recursos.

Shimada já havia sofrido um infarto do miocárdio em 1994. A mulher dele, Maria Aparecida, morreu de câncer em 2007. Ele deixa um filho.

Segundo o advogado, a família não queria se manifestar.

Fonte: Folha de São Paulo

Nenhum comentário:

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS