terça-feira, 1 de abril de 2014

CPI DA PETROBRAS AMEAÇADA POR FALTA DE FATO DETERMINADO - SENADORA GLEISI HOFFMANN QUESTIONA ...

... SALADA DE PROPOSTAS DE INVESTIGAÇÃO



01/04/2014 - 17h35 CPIs - Petrobras - Atualizado em 01/04/2014 - 17h54
Pedido da CPI da Petrobras é lido em plenário
Da Redação - Agência Senado

A senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), leu há pouco, a pedido do presidente do Senado, Renan Calheiros, o requerimento de criação da CPI da Petrobras. A partir da leitura, os senadores podem retirar a assinatura até às 23h59 desta terça-feira (1º).

O requerimento, apresentado inicialmente pelo senador Alvaro Dias (PSDB-PR), pede para que a CPI investigue quatro fatos. Em primeiro lugar, a oposição quer investigar a aquisição da refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos, que teria causado prejuízo de mais de US$ 1 bilhão à estatal. Os senadores também pretendem averiguar se funcionários da Petrobras receberam propina de uma empresa holandesa para fechar contratos de aluguel de plataformas do pré-sal; suspeita de superfaturamento de refinarias; e lançamento de plataformas sem todos os equipamentos de segurança.

Neste momento, a senadora Gleisi Hoffman (PT-PR) apresenta uma questão de ordem, criticando a quantidade de fatos "diversos" listados no requerimento. Segundo ela, é preciso que haja fato determinado, como determina o Regimento Interno do Senado.

========================================================

01/04/2014 - 17h55 CPIs - Petrobras - Atualizado em 01/04/2014 - 17h54
Governo questiona abrangência da CPI da Petrobras
Da Redação

Conforme previsto, o governo decidiu questionar a possibilidade de a CPI da Petrobras investigar diferentes denúncias envolvendo a estatal. O presidente Renan Calheiros informou que dará uma resposta à questão de ordem, formulada pela senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), nesta quarta-feira (2).



Logo depois da leitura formal do requerimento de criação da CPI, Gleisi afirmou que o pedido “apresenta um conjunto de fatos determinados e desconexos”, o que, segundo ela, viola os princípios constitucionais e regimentais que tratam da criação de comissões parlamentares de inquérito.

Em seguida, começou um debate sobre a questão de ordem. O líder do PSDB, senador Aloysio Nunes Ferreira (SP), defendeu a investigação política da Petrobras, argumentando que o requerimento apresenta quatro fatos "encadeados" e citando exemplos de outras CPIs que seguiram o mesmo modelo.

Agência Senado
(Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)


Nenhum comentário:

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS