quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

JAIR BOLSONARO - ENTULHO DA DITADURA FAZ APOLOGIA DO CRIME CONTRA MENOR TORTURADO NO FLAMENGO

QUEM FAZ APOLOGIA AO CRIME DEVE SER PROCESSADO, MAS, COM O DEPUTADO JAIR BOLSONARO NADA ACONTECE. SEUS "PARES" DEVEM TER MEDO DELE.


Conforme matérias da grande imprensa - 05/02/2014

A Deputada Benedita da Silva foi ao Plenário discursar e abordou o assunto de um menor de rua que foi agredido, torturado e preso pelo pescoço a um poste no Bairro do Flamengo na Zona Sul do Rio.

- Mais uma vez, como mulher negra, olhei e vi a casa grande e a senzala. Já vimos esse filme no Estado do Rio de Janeiro. Ele é estarrecedor, é triste, é perverso - discursou Benedita.

Minutos depois, o Deputado Jair Bolsonaro se manifestou sobre o mesmo assunto, reagiu com ironia à fala de Benedita, mandou que a Deputada adotasse o garoto, a quem chamou de vagabundo e ladrão.

Seguindo na sua linha violenta, arbitrária e de apologia à ilegalidade e crime, Bolsonaro teria completado: "No meu entender, praticou um ato corajoso quem deu uma surra nesse vagabundo, porque os moradores estão cansados de serem roubados e assaltados por essa gentalha.

Nas REDES SOCIAIS uma porção de pseudos cidadãos, na verdade gente que se acredita no direito de ultrapassar os limites da LEI, se manifestou apoiando o ato COVARDE praticado pelos "BONS BANDIDOS" auto-denominados JUSTICEIROS DO FLAMENGO. Tivéssemos nós uma Polícia e Justiça mais atentas e interessadas, e todos seriam identificados e processados. TORTURA É CRIME, quem apoia comete CRIME.

Já Bolsonaro não precisa ser procurado. Três vezes por semana ele está em Brasília, é conhecido por suas BRAVATAS - VALENTIAS e posições para agradar as VIÚVAS da ditadura. Por discursar no PLENÁRIO fazendo APOLOGIA AO CRIME, Bolsonaro deveria ser objeto de investigação na COMISSÃO DE ÉTICA, mas, não vai acontecer.

Dá até para desconfiar que o Presidente da Câmara, demais deputados e corregedor, tem medo, muito medo de BOLSONARO. Cinquenta anos depois do GOLPE MILITAR, o resto de ENTULHO da DITADURA ainda ROSNA e assusta.

19 comentários:

lucia Ramos Moreira disse...

É duro e triste, mas o poder público é omisso contra esses bandidinhos "di menor", que são potenciais assassinos. É nesse caldo de cultura que surgem os "justiceiros". Se não querem mais ações deste tipo que as autoridades se mexam e façam o que tem que ser feito. Espero que Dona Ivone Bezerra de Mello, que fez o seu marketing com o menor, o tenha entregue à polícia, como ela mesma preconiza.
Já Dona Bené perdeu mais uma chance de ficar calada. O caso nada tem a ver com racismo, o menor era assaltante e colheu os frutos de sua escolha arriscada. Se fosse na baixada estaria morto.

H.P. disse...

Esse cidadão(é de direita) é totalmente, absurdamente irritante. Mas, infelizmente, tem quem vota nele(*).
O IMPÉRIO O ÚNICO IMPÉRIO A SER SEGUIDO NO BRASIL, É O IMPÉRIO DA LEI.
Fica a pergunta: A Lei permite fazer isso, essa barbaridade com esse menor?
Ele pode ter feito dezenas de coisas "fora da Lei". A Lei que determine a pena que ele deverá cumprir ou não cumprir. Nem ser humano nem animal podem ser tratados dessa forma. NINGUEM PODE SER TRATADO ASSIM!
***********
(*) Para quem vota no Irritante Bolsonaro pode concorrer a um iPad:
"'Super Coxinha' de um quilo faz sucesso nas redes sociais
Aproveitando o sucesso, a padaria(em são paulo) lançou campanha: quem conseguir comer o salgado em menos de 10 minutos não precisará pagar e concorrerá a um iPad..".

José Antônio disse...


D. Lucia voltou... em forma.

Pensávamos que estava em Cuba... Guantánamo.

BONDeblog S. O. disse...

Senhora Lucia

Boa noite.

O menor já se apresentou na Delegacia.

A D. Ivone fez o que qualquer cidadão de bem faria. Chamou os Bombeiros e denunciou o crime praticado.

Não cabe a ninguém distribuir "frutos", no caso "espinhos" como punição pelas próprias mãos. Quem fez isso como o menor é pior, muito pior do que ele pode ser que seja.

BONDeblog S. O. disse...

H. Pires

O BOLSONARO vive eleitoralmente desse expediente de jogar para a TURMA DO MATA E ESFOLA.

lucia Ramos Moreira disse...

Sr. José Antônio,
estive acompanhando minha filha no hospital. Foram 15 dias de uma febre misteriosa de 40oC que ninguém descobriu o agente causador.

H.P. disse...

SOBRE O "APAGÃO"/"FALTA DE ENERGIA", NESTE CASO VERDADEIRA, DA GLOBO:

Aconteceu isso, "apagão"/"falta de energia" com 'pacato cidadão' em lua de mel, que perderá as próximas ereções, digo, eleições, apesar de ter importado, a preços super-faturados, vários metros de "fio azul"(o que seria isso? fio azul?):

"Discreto, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso formalizou seu ‘casamento’ com a ex-funcionária do Instituto FHC Patrícia Kundrát na última quarta-feira em São Paulo (29). Aos 82 anos, FHC assina a união estável com a mulher de 36 anos...".

Pronto, tá explicado. Ela ficou no escuro. Pena!

BONDeblog S. O. disse...

H. Pires

Sobre a questão da falha de ereção, digo, de energia, o meio apagão que aconteceu na 3a. feira, é forçoso reconhecer que com esse calorão, o aumento brutal de consumo e a falta de chuva no SUL/SUDESTE, o sistema fica sujeito a apresentar falhas. O fato ocorreria em qualquer país das dimensões do nosso, em que através de linhas de transmissão a energia tem de ser transportada do NORTE para o SUDESTE.

Quanto ao FHC com seus 82 anos, ele que faça uma boa "manutenção" da sua USINA de ENERGIA, e não vá fazer na vida amorosa e sexual, o que fez com a questão energética quando era presidente. Se não, ele não dará conta de "suprir" as necessidades de "aquecimento", "refrigeração" e "iluminação" que certamente uma mulher de 36 lhe exigirá.

Anônimo disse...

Não sou médico, Dona Lucia. Mas talvez eu saiba o que causou a febre em sua filha: Um VERME chamado TUKANOS CORRUPTUS. Brincadeiras à parte, melhoras pra ela.

Anônimo disse...

Não sou médico, Dona Lucia. Mas talvez eu saiba o que causou a febre em sua filha: Um VERME chamado TUKANOS CORRUPTUS. Brincadeiras à parte, melhoras pra ela.

lucia Ramos Moreira disse...

Anônimo,
Vermes não costumam causar febre. Fosse assim o PT ferveria a 50oC.

lucia Ramos Moreira disse...

*Raquel Sheherazade

"O marginalzinho amarrado ao poste era tão inocente que, ao invés de prestar queixa contra seus agressores, preferiu fugir antes que ele mesmo acabasse preso. É que a ficha do sujeito está mais suja do que pau de galinheiro", disse a jornalista.

"No país que ostenta incríveis 26 assassinatos a cada 100 mil habitantes, que arquiva mais de 80% de inquéritos de homicídio e sofre de violência endêmica, a atitude dos vingadores é até compreensível. O Estado é omisso, a polícia é desmoralizada, a Justiça é falha. O que resta ao cidadão de bem que, ainda por cima, foi desarmado? Se defender, é claro", continuou.

"O contra-ataque aos bandidos é o que chamo de legítima defesa coletiva de uma sociedade sem Estado contra um estado de violência sem limite. E, aos defensores dos Direitos Humanos, que se apiedaram do marginalzinho preso ao poste, eu lanço uma campanha: faça um favor ao Brasil, adote um bandido",

José Antônio disse...

Nota de repúdio do Sindicato e da Comissão de Ética contra declarações da jornalista Rachel Sheherazade

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Município do Rio de Janeiro e a Comissão de Ética desta entidade se manifestam radicalmente contra a grave violação de direitos humanos e ao Código de Ética dos Jornalistas Brasileiros representada pelas declarações da âncora Rachel Sheherazade durante o Jornal do SBT.

O desrespeito aos direitos humanos tem sido prática recorrente da jornalista, mas destacamos a violência simbólica dos recentes comentários por ela proferidos no programa de 04/02/2014 (http://www.youtube.com/watch?v=nXraKo7hG9Y).

Sheherazade violou os direitos humanos, o Estatuto da Criança e do Adolescente e fez apologia à violência quando afirmou achar que “num país que sofre de violência endêmica, a atitude dos vingadores é até compreensível” — Ela se referia ao grupo de rapazes que, em 31/01/2014, prendeu um adolescente acusado de furto e, após acorrentá-lo a um poste, espancou-o, filmou-o e divulgou as imagens na internet.

O Sindicato e a Comissão de Ética do Rio de Janeiro solicitam à Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) que investigue e identifique as responsabilidades neste e em outros casos de violação dos direitos humanos e do Código de Ética dos Jornalistas Brasileiros, que ocorrem de forma rotineira em programas de radiodifusão no nosso país. É preciso lembrar que os canais de rádio e TV não são propriedade privada, mas concessões públicas que não podem funcionar à revelia das leis e da Declaração Universal dos Direitos Humanos.

Eis os pontos do Código de Ética referentes aos Direitos Humanos:

Art. 6º É dever do jornalista:

I – opor-se ao arbítrio, ao autoritarismo e à opressão, bem como defender os princípios
expressos na Declaração Universal dos Direitos Humanos;

XI – defender os direitos do cidadão, contribuindo para a promoção das garantias
individuais e coletivas, em especial as das crianças, adolescentes, mulheres, idosos,
negros e minorias;

XIV – combater a prática de perseguição ou discriminação por motivos sociais,
econômicos, políticos, religiosos, de gênero, raciais, de orientação sexual, condição física
ou mental, ou de qualquer outra natureza.

Art. 7º O jornalista não pode:

V – usar o jornalismo para incitar a violência, a intolerância, o arbítrio e o crime;

Também atuando no sentido pedagógico que acreditamos que deva ser uma das principais intervenções do sindicato e da Comissão de Ética, realizaremos um debate sobre o tema em nosso auditório com o objetivo de refletir sobre o papel do jornalista como defensor dos direitos humanos e da democratização da comunicação.

José Antônio disse...


D. Lucia, espero sinceramente que a febre da sua filha já tenha sido debelada e que ela, agora, se encontre bem da saúde.

Espero, também, que a senhora compareça ao debate proposto, acima, pelo Sindicato dos Jornalistas.

O assunto, em pauta, é extremamente importante para definirmos que tipo de sociedade desejamos para o Brasil.

A senhora defende a arbitrariedade, os linchamentos populares, a "justiça" pelas próprias mãos, o uso de coquetéis molotov no Congresso Nacional, sempre que este decidir de forma contrária ao seu pensamento.

Eu, e muitos outros, defendemos o contrário disso.

Espero que a senhora compareça ao debate sem levar seus coquetéis molotov.



Anônimo disse...

Sra. Lucia, com o PT é "pode vir quente que estamos fervendo". Agora, quanto aos verdadeiros vermes e parasitas desta nação, estão todos infritrados no teu partido, em parte do Judiciário e nessa mídia safada. E o que é pior: São como uma praga de gafanhotos. Onde passam não sobra pedra sôbre pedra. ESSA é a mais pura verdade. O resto, é chororô de perdedor que tiveram todas as chances de melhorar a vida do povo e nada fizeram. Ou melhor, fizeram foi agravar a situação do pobre, doaram montanhas de dinheiro aos ricos e conseguiram a "façanha" de quebrar esse País por 3 vezes. Estou mentindo???

Lucia Ramos Moreira disse...

Quando eu era juiz da infância e juventude em Montes Claros, norte de Minas Gerais, em 1993, não havia instituição adequada para acolher menores infratores. Havia uma quadrilha de três adolescentes praticando reiterados assaltos. A polícia prendia, eu tinha de soltá-los. Depois da enésima reincidência, valendo-me de um precedente do Superior Tribunal de Justiça, determinei o recolhimento dos “pequenos” assaltantes à cadeia pública, em cela separada dos presos maiores.

Recebi a visita de uma comitiva de defensores dos direitos humanos (por coincidência, três militantes). Exigiam que eu liberasse os menores. Neguei. Ameaçaram denunciar-me à imprensa nacional, à corregedoria de justiça e até à ONU. Eu retruquei para não irem tão longe, tinha solução. Chamei o escrivão e ordenei a lavratura de três termos de guarda: cada qual levaria um dos menores preso para casa, com toda a responsabilidade delegada pelo juiz.

Pernas para que te quero! Mal se despediram e saíram correndo do fórum. Não me denunciaram a entidade alguma, não ficaram com os menores, não me “honraram” mais com suas visitas e… os menores ficaram presos. É assim que funciona a “esquerda caviar”.

Tenho uma sugestão ao professor Paulo Sérgio Pinheiro, ao jornalista Jânio de Freitas, à Ministra Maria do Rosário e a outros tantos admiráveis defensores dos direitos humanos no Brasil. Criemos o programa social “Adote um Preso”. Cada cidadão aderente levaria para casa um preso carente de direitos humanos. Os benfeitores ficariam de bem com suas consciências e ajudariam, filantropicamente, a solucionar o problema carcerário do país. Sem desconto no Imposto de Renda”.

ROGÉRIO MEDEIROS GARCIA DE LIMA, desembargador (Belo Horizonte, MG)

Lucia Ramos Moreira disse...

Sr. José Antônio,
O debate promovido por um Sindicato, que deveria defender a liberdade de opinião bem como a imprensa livre, não me interessam.
O que a Raquel Sheherazade denunciou é nada mais nada menos do que a falência do estado para coibir a violência, em todos os níveis.
Um Sindicato de Jornalistas deveria, ao menos, saber interpretar as críticas e não impor uma censura que aos próprios sindicalizados já lhes custou muito.
Às favas com esse sindicato.

José Antônio disse...

"Um Sindicato de Jornalistas deveria, ao menos, saber interpretar as críticas e não impor uma censura que aos próprios sindicalizados já lhes custou muito.
Às favas com esse sindicato.


Quem é mesmo que está impondo censura a quem?

José Antônio disse...

"Diante da repercussão negativa das bravatas fascistóides da apresentadora (Sheherazade), a direção do SBT parece que sentiu o baque e decidiu rifar a figura. Em nota oficial divulgada nesta quarta-feira (5), a emissora afirma que “a opinião é de total responsabilidade da jornalista e comentarista do SBT Brasil. A emissora respeita a liberdade de expressão de seus comentaristas, porém ressalta que a opinião é da mesma, e não do SBT”. A resposta, porém, não convence. O SBT é uma concessão pública e deve respeitar a legislação em vigor no país. A apologia à violência é um crime grave e os seus responsáveis, tanto a jornalista como a emissora, devem ser punidas! Será que o Ministério Público será rigoroso no caso? A conferir!"

http://altamiroborges.blogspot.com.br/2014/02/direitista-do-sbt-sera-linchada.html

O negrito é meu.

Várias comentários, aqui neste e em outros blogs, têm feito a apologia do crime.

Seus autores não estão cobertos pela liberdade de expressão, que não é feita para isso, e poderão vir a ter que prestar contas à justiça.

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS