segunda-feira, 7 de outubro de 2013

LULA E FHC ENTRAM NA DISPUTA CONTRA MARINA SILVA QUE PODE TER ENTERRADO A CANDIDATURA DE EDUARDO CAMPOS - TEMPORADA DE ESPECULAÇÕES

ACREDITE SE QUISER E ENTENDA SE FOR POSSÍVEL


Está aberta a temporada de especulações quanto ao quadro decisório de quem serão os candidatos nas próximas eleições presidenciais. A filiação de Marina Silva ao PSB de Eduardo Campos, EMBOLOU A DISPUTA e já abriu até uma campanha na INTERNET/Redes Sociais, onde pelo Twitter e Facebook, os militantes do REDE pedem que Eduardo Campos seja vice de Marina Silva. 

Campos pode ter um problema pela frente: As pesquisas de opinião são favoráveis à candidata Marina e não a ele. Ou seja, Campos pode ter dado um tiro no próprio pé, ou, na própria cabeça. Talvez Campos não tenha se dado conta de que, eleitoralmente seria engolido pela popularidade de Marina. No Brasil, a tese de que VICE não manda nada é muito forte. Achar que tendo Marina como vice isso vai lhe atrair muitos votos é uma aposta temerária, a pressão para que ele ceda o lugar para Marina vai ser muito forte. Dentro do PSB já surge quem afirme que MARINA deu um GOLPE DE MESTRE, e o PSB/Eduardo Campos, caíram na REDE.

Já a movimentação de Lula e FHC parece pouco provável. Dilma está bem na FOTO, Lula trabalha de forma coordenada com ela. FHC sabe de seu imenso telhado de vidro, sabe que teria poucas possibilidades. Uma coisa é o FHC das páginas de jornal, outra é o ex-presidente que chamou aposentados de vagabundo, arrochou salários, gerou desemprego e rasgou a Constituição. De tudo isso, o mais provável é que José Serra venha candidato pelo PSDB. Aécio Neves sairia do cenário por agora, evitando se queimar numa derrota fragorosa, e se resguardando para 2018. 

Ele é jovem, pode esperar, Serra não tem mais tempo.

Marina pode ser surpreendida com Lula e Fernando Henrique
Decisão da ex-senadora acendeu sinal de alerta
Jornal do Brasil


Após a surpresa de todo o país com a união de Marina Silva e Eduardo Campos, começam agora as contas das perdas e ganhos dos novos coligados e seus adversários com a formação dessa chapa para 2014. Enquanto PSB e Rede ainda comemoram, a apreensão tomou conta da cúpula do PT e do candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves. A decisão de Marina pode ainda ter desencadeado outros processos que estava hibernado à espera dos acontecimentos, como a candidatura de Lula e Fernando Henrique Cardoso.

No tabuleiro do xadrez político, a situação de Aécio Neves é sem sombra de dúvida a mais delicada. Em terceiro nas pesquisas e sem conseguir superar a casa dos 12% das intenções de voto, o candidato tucano está assistindo à união de seus possíveis aliados num segundo turno e com grande possibilidade de um encolhimento já nas próximas pesquisas. Como alternativa de sobrevivência, Aécio poderia ceder o lugar para outro tucano, talvez o da mais alta plumagem do partido: Fernando Henrique Cardoso que teria o próprio Aécio como vice.

Indagado sobre essa possibilidade, Fernando Henrique desconversa, mas não assume uma posição frontalmente contrária a essa hipótese. Ao se tornar imortal, assumindo a cadeira 36 da Academia Brasileira de Letras (ABL), disse que já havia dado sua contribuição para o país quando esteve na presidência, argumento um tanto vago para quem não quer concorrer. No PSDB a possibilidade de Fernando Henrique e Aécio concorrerem em 2014 vem sendo vista como a chapa dos sonhos do partido.

Já na outra ponta, a decisão de Marina também assanhou os que defendem a volta de Lula para concorrer no próximo ano no lugar de Dilma. Essa ala do PT acha que a possibilidade da presidente ter que encarar um segundo turno, com Marina e Campos, seria um risco muito grande. Lula, ainda com altos índices de popularidade em todo o país, poderia matar a fatura logo no primeiro turno. A percepção do eleitorado com relação a Dilma é de que a presidente é honesta e trabalhadora, mas não consegue fazer com que a economia do país reaja. Caso os indicadores continuem patinando até o início do, as chances do retorno de Lula aumentarão consideravelmente.

3 comentários:

H.P. disse...

Como já foi apontado, o Premio Nobel de INVOLUÇÃO DAS ESPÉCIES vai para a "REDE" Globo:
Conseguiram, por ódio e desespero, transformar uma outrora "Borboleta", da espécie Marina's Girls, numa TATURANA COM PEÇONHA.

Considerações finais:

a) Dona "REDE" GLOBO, como ninguem mais acredita em vocês, acreditem vocês mesmos nos teus ROLA BOSTAS Mervais/Kennedy Alencares/Wacks/Cristianas Obesas Lobo e as iguais Obesas(péssimo exemplo para as crianças-adolescentes) da Globo News-CBN e da Globo, realmente a Marina's Peçonhas(ela jogou fora seu passado) vai ganhar as "eleições", como todos eles dizem. Acreditem!

b) Dona "REDE" globo, o que VOCES ESTÃO APRONTANDO?
Tal qual na DITADURA MILITAR, vocês estão TACANDO FOGO EM VOCÊS MESMOS?
Irão colocar, "ou não", a "CULPA" em quem?

c) ex-FHC continuamos aqui a defender o Sr.. Faça um acordo, pode ser por debaixo dos panos, com Marina's Girls e SUBA NO PALANQUE DELA. É OBRIGAÇÃO. A "REDE" globo EXIGE ISSO. A "REDE" globo sabe o que diz. NÃO PERMITA QUE NINGUEM MAIS O ESCONDA. Esse "escondimento" de V.exa., por parte de seus amigos, é um ABSURDO. Campanha "FHC PALANQUE JÁ"!

H.P. disse...

Dona Marina's REDE Globo Silva, olha o que essa Sras.(?) aprontaram. Elas são suas AMIGAS?
A "POPOZUDA" esta com ordem de prisão, por ESTELIONATO, lá nos USA(é amiga da globo). E veja esta:

A socialite Narcisa Tamborindeguy(proprietária de um jornalista e UM POÇO DE SABEDORIA como todo DIREITA - nosso) também mudou de partido, em apenas meia hora.

Filiou-se ao PSD na manhã de sábado, mas logo vieram avisá-la de que tinha se confundido, pensando que estava se filiando ao PSDB.

Esqueceu o “B”.

Narcisa, como se sabe, é uma das ex-musas do “reality show” Mulheres Ricas, da Band e rival de Merval Pereira em produção literária: escreveu dois livros: “Ai, que Loucura” e “Ai, que absurdo!”

Ela também posou para fotos de colunas “sociais”, de cara pintada, nas manifestações de junho.

E foi parar na revista francesa Paris Match como agitadora dos protestos, como você vê na imagem ao lado(esta lá - nosso).

O Brasil é uma maravilha. Pode tudo aqui, E AINDA DIZEM QUE AQUI É "CHAVISMO". (Fernando Brito)

José Antônio disse...

O movimento de peças de Marina e de Eduardo Campos foi tão inesperado que tem deixado muita gente especulando muita besteira.

Para mim, a coisa é muito mais simples:

Esse movimento deu um tiro no pé de ambos: Marina e Eduardo Campos. Ambos terão que conviver em um casamento de fachada. Terão que dar sorrisos amarelos para os amigos respectivos e dizer que vivem uma tórrida paixão irresistível. Acredite quem quiser.

Além disso, esse movimento deve acirrar as já não tão disfarçáveis divergências no ninho tucano. Em casa onde falta pão, todo o mundo briga e ninguém tem razão. Prevê-se temporada de penas de tucanos sendo arrancadas a bicadas cada vez mais duras e, provavelmente, letais.

Para quem gostava de brigas de galos, vai poder se divertir com briga de tucanos.

Irrealistas as conjecturas de que FHC e Lula venham a ser chamados por seus "liderados" para, liderá-los mais uma vez.

Minhas previsões:

1. A certeza de que Dilma ganha no primeiro turno;

2. Embora sem tanta certeza, acredito que os tucanos perderão em S. Paulo, Minas, Paraná e Goiás. Pelo menos, a grande maioria desses estados serão perdidos.

3. Também sem tantas certezas, o PT tem muitas chances de levar no Rio Grande do Sul, no Paraná, em S. Paulo, no Rio de Janeiro, em Minas Gerais, na Bahia, no Acre e no DF.

4. É quase certo, como 2 e 2 são 4, que esta será a última eleição dos tucanos antes de se juntarem aos DEMOs como partidos nanicos.

Quem sabe esse movimento acelere uma verdadeira reforma política com novas regras e novos partidos mais homogêneos e mais identificados com programas do que com o "o que eu levo com isso?".

Embora a Marina tenha deixado o rabo de fora de seu caráter autoritário, ao falar em "Chavismo" para justificar sua derrota diante da incapacidade de reunir as assinaturas para a legalização de seu partido, que não é partido, considero que foi uma pena essa legalização não ter ocorrido.

Teremos que esperar mais algum tempo para que o partido da Marina saia da casca do ovo.

Por enquanto nosso quadro partidário pode ser resumido assim:

1. Partido do FHC e da Mídia;
2. Partido do Eduardo Campos/Marina, embora, na realidade sejam um partido partido em dois;
3. Partido do Kassab que não é de Esquerda, não é de Direita e não é de Centro;
4. Partido do "quero o meu".
5. Partido do Lula/Dilma/Haddad/Tarso Genro/dos Trabalhadores.

Como dá para ver, a não ser os partidos dos Trabalhadores, dos Tucanos e da Marina, os demais têm pouca representatividade. São partidos que pertencem a um dono, embora, alguns deles consigam ganhar muitos votos por estratagemas diversos.

Mas, desses, três, o Partido dos Tucanos está com os dias contados.

A freada de arrumação que surgirá, a partir de 2014, deverá (ou ao menos deveria) empurrar cada macaco para o seu respectivo galho.

A aguardar.


EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS