terça-feira, 29 de março de 2016

JUIZ SÉRGIO MORO CONFESSA PARTE DA CULPA POR VAZAMENTO CRIMINOSO DE ÁUDIO !


Moro pede desculpas ao STF por divulgação de áudio e diz não ver ação de Dilma a favor de Lula.

Em ofício ao Supremo Tribunal Federal (STF), o juiz Sérgio Moro, que conduz a Lava Jato na 13ª Vara Federal de Curitiba, pediu “escusas” à Corte e disse que a divulgação de áudios do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não teve intuito “político-partidário”.

OPINIÃO DO BLOG

O JUIZ ACABOU COMETENDO UM ATO FALHO, ao dizer que não teve
intuito “político-partidário”, visto que, não consta que o Ministro Teori Zavascki tenha lhe feito esse tipo de questionamento. Essa "acusação" foi feita pelos partidários do governo, e até mesmo por observadores neutros, não tendo ele, porém, que dar a estes qualquer tipo de "satisfação".

Na verdade, e essa é a minha opinião, o JUIZ quis tocar fogo no CIRCO, criando em CONLUIO com a TV GLOBO um ambiente de revolta, que chegou a ser esboçado naquela tarde-noite. Pensavam que teria desdobramentos maiores e que não seria objeto de nenhuma reação contrária. A motivação PARTIDÁRIA e POLÍTICA ficou CLARA, na INTENÇÃO DISSIMULADA, de fornecer GASOLINA para o GOLPE DO IMPEACHMENT, para as manifestações de 13 de março, assim como foi o ato de condução COERCITIVA PARA DEPOR, a que o ex-presidente LULA foi submetido.

Obrigado a se explicar, surge um JUIZ MORO, que para os fanáticos da direita GOLPISTA pode ser HERÓI, mas que, na verdade, não passa de alguém que, com o poder nas mãos que lhe faculta a posição que ocupa, se excede, abusa, violenta o direito alheio, e depois pede, PARCIAIS e POUCO CONVINCENTES DESCULPAS.
29/03/16 21:34
Fuso horário de Brasília

4 comentários:

Anônimo disse...

Isso só mostra a integridade desse excelente Juiz. Quem dera o exemplo fosse seguido por certos ministros do STF....

Anônimo disse...

Mas a opinião do blogueiro é um surto de mal senso. O que gerou revolta foi a nomeação, intempestiva e temerária, do Lula na Casa Civil. Uma pressa que nunca se viu para alguém que, supostamente, não poderia assumir o cargo pela doença de dona Marisa ou outra causa fortuita, mostrando que o mais importante era mesmo o termo de posse. O povo não é bobo.

Trezentos de Esparta disse...

Surtos de mal senso (sic) parecem acometer alguns comentaristas sem nome.

Acreditar que uma ação cometida de má fé é prova de integridade de quem a comete apenas por que quem a cometeu se viu obrigado a pedir desculpas, mostra que o bom senso anda passando longe da cabeça de alguns.

Sergio Moro cometeu um crime. Crime grave.

Tendo em vista que o crime beneficiou grupos políticos específicos assim como a mídia, é de se perguntar se não seria também o caso de formação de quadrilha. Tudo para tomar de assalto o poder, que por lei e por direito pertence aos 54 milhões de eleitores que exerceram seu direito de escolha de seu representante mor.

Acresce-se ao crime cometido acima o recebimento de honrarias (propina?) de um dos grupos de mídia beneficiados por suas medidas.

Ninguém está acima das leis. Sergio Moro também não.

A resposta à sucessão de crimes que vêm sendo cometidos por setores da mídia, setores políticos e setores do judiciário será dada amanhã nas ruas.

BONDeblog S. O. disse...

BOA TARDE

O QUE GEROU A REVOLTA...

Um juiz tem de ter RESPONSABILIDADE antes de tudo. TEM DE SER IMPARCIAL. Da forma como a GRAVAÇÃO FOI VAZADA (CRIMINOSAMENTE VAZADA), com a imediata CONOTAÇÃO de que DILMA tinha LIGADO para LULA para lhe oferecer uma CARTA DE TERMO DE POSSE para impedir que ele fosse preso a qualquer momento, serviu de estopim para ânimos exaltados em fanáticos descerebrados. O JUIZ não admitiu ter perdido com a nomeação de LULA o poder de lhe justiçar. Ao ver que seria do STF a futura MISSÃO de talvez JULGAR, condenar ou absolver LULA, SERGIO MORO resolveu afrontar todas as NORMAS D ELEGALIDADE, PRIVACIDADE, SEGURANÇA E IMPARCIALIDADE. Agiu como MILITANTE POLÍTICO.

É isso seu anônimo, nada além disso. O JUIZ ERROU, ERROU FEIO, COMETEU NO MÍNIO UMA INFRAÇÃO GRAVÍSSIMA QUE PRECISA SER OBJETO DE APRECIAÇÃO SEM CORPORATIVISMO E SEM COVARDIA.

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

PSDB - UM PARTIDO DE COVARDES E CONIVENTES COM A PREVARICAÇÃO

NÃO SÓ DE CORRUPTOS E ACUSADOS DE CORRUPÇÃO, MUITO MAIS DO QUE ISSO, O PSDB É UM PARTIDO DE POLÍTICOS COVARDES, OPORTUNISTAS (MURISTAS...