quarta-feira, 6 de novembro de 2013

AÉCIO NEVES E A FARSA DA CANDIDATURA DE BERNARDINHO AO GOVERNO DO RIO PELO PSDB

Fernanda Venturini (esposa de Bernardinho) desmente Aécio, e diz que Bernardinho nunca aceitou ser candidato.


Sem quadro de políticos confiáveis e com chances de disputar uma eleição, o PSDB partiu para procurar nomes que tenham a simpatia da população. Já recebeu duas negativas: Luciano Huck e agora Bernardinho.
Candidatura de Bernardinho 'é invenção de Aécio’, diz mulher do técnico

A ex-jogadora de vôlei, Fernanda Venturini, mulher do técnico da seleção brasileira masculina de vôlei, Bernardinho, afirmou nesta quarta-feira que o marido não será candidato ao governo do Rio, desmentindo o senador e pré-candidato à Presidência, Aécio Neves (PSDB).


"Bernardo não vai se candidatar a nada. O PSDB queria, mas ele não aceitou. Isso é uma invenção do Aécio, que vai fazer pressão até o dia da eleição. Ser governador nunca passou pela cabeça dele", afirmou Fernanda ao site do Terra.

Na segunda-feira (4), Aécio afirmou que Bernardinho seria o nome do PSDB para a disputa no estado. Em reunião com senadores ontem, o senador teria afirmado que a disputa estava apertada no Rio e que "com Bernardinho podemos ter pelo menos 9% dos 13 milhões de votos do terceiro maior colégio eleitoral".

Fernanda Venturini acrescentou ao site Terra que "Aécio sabe que o Bernardo é uma pessoa idônea, que tem total confiança do povo brasileiro, exatamente o contrário da política de hoje, que só tem gente corrupta e com processos mil atrás."

Um comentário:

José Antônio disse...

Bond, estamos assistindo um grande teatrinho.

(Quase) Todos os atores políticos estão desempenhando muito bem os seus respectivos papéis. tão bem que quase esquecemos que tudo não passa de um teatro. parece até real.

Enquanto pensamos que os movimentos de peças no xadrez político tem o objetivo próximo de 2014. A maioria, entre os atores políticos, está mirando mesmo é em 2018.

O resultado de 2014 está decidido. Mas é preciso manter as aparências de que não está de qualquer jeito.

Aécio: tem mandato, como senador até 2018. Não precisa se queimar nessas eleições e, tal como fez em 2010, com o Serra fungando na sua nuca, pode se retirar das mesmas e aguardar o tucanic afundar. Aécio só tem que aguardar um partido político salva-vidas que venha resgatá-lo. Mas isso não necessita de urgência.

Eduardo Campos: não tem chance e ele sabe disso. Suas chances diminuíram com o casamento de oportunidade no qual contraiu matrimônio com Marina da Silva com a qual não tem a menor afinidade e só pensa na possível herança a ser deixada pelo marido após o divórcio. Seu casamento, entretanto, lhe abre uma pequena porta para sair como candidato ao Senado (por 8 anos) sem parecer que fugiu do combate.

Marina da Silva: também sabe que não tem chance. Ainda que tivesse e fosse eleita não teria como governar esse imenso país com "o melhor de cada um". As contradições que ela demonstrou em seu casamento de oportunidade com o Eduardo Campos abriu muitas feridas entre seus próprios correligionários. Quanto mais entre todos "os outros" que ela hipoteticamente pretende reunir em volta de um projeto comum de governo. Precisa desesperadamente ficar na mídia até 2018. Talvez seja candidata, sim. Contra tudo e contra todo. Inclusive de seu novo par, Eduardo Campos. Precisa disso para aumentar seu recall para 2018.

A imprensa: Naturalmente necessita deixar seus leitores acreditando em um possível embate em 2014. Admitir que o jogo já está perdido significaria, também, perder grande parte de seus leitores.

José Serra: talvez seja o mais sincero de todos. Ele precisa ser candidato e sair vencedor para encerrar com feixe de ouro sua carreira política. Ele não se deu conta de que o resto do mundo é muito diferente do que ele pensa e que é bastante rejeitado, inclusive entre os próprios correligionários. Sabe que, pela idade, em 2018 não tem vez. É o tudo ou nada.

Dilma: não pode usar salto alto. embora tenha a convicção de que já ganhou, tem que jogar seriamente. Perder por soberba é muito ruim. Portanto, tanto ela quanto Lula, estão jogando com todas as forças para 2014.

Portanto, Bond, ainda veremos grandes atuações teatrais até 2014. Este ato do Aécio, apenas faz parte da peça.


EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS