domingo, 4 de junho de 2017

PARTIDO DOS TRABALHADORES NÃO FAZ AUTOCRÍTICA - PÉSSIMA POSTURA

O PT deveria fazer sim uma profunda autocrítica, e isso não iria dar força aos ataques de partidos adversários, todos eles sem qualquer moral para isso. A autocrítica poderia é abrir caminho para que ele (PT) retomasse a posição de ser diferente, como um dia foi, nesse cenário político contaminado por corrupção e perversão.

Erra, ou insiste no erro o PT, ao eleger como presidente do Partido a Senadora Gleise Hoffmann, do Paraná. Ela e seu marido, o ex-deputado e ex-ministro Paulo Bernardo, aparecem como DELATADOS no caso ODEBRECHT, e são alvo de investigação. 

Dê-se a eles o direito de defesa e benefício da presunção da inocência, esperando sem pré-julgamentos pela decisão da JUSTIÇA. É entretanto, forçoso reconhecer que o Partido deveria eleger alguém que não estivesse sob nenhum tipo de investigação.

Quanto ao resto, o PT precisa reconhecer que fez uma ALIANÇA DANOSA com o PMDB, que buscou apoio num parceiro eivado de corrupção, que se contaminou dela ou abriu brecha para que o que existia de corrupção dentro do PARTIDO crescesse, e praticamente o engolisse.

Ainda que não se confirmem muitas das acusações contra os expoentes partidários - LULA - DILMA - MERCADANTE - MANTEGA - não é inteligente nem honesto, querer fingir que não houve no mínimo uma proximidade irresponsável e uma frouxidão inaceitável em relação a padrões e condutas éticas. O que se vê hoje, de forma clara, é essa dura realidade.

Um PARTIDO que chega ao poder, e aceita compor, cedendo MINISTÉRIOS para serem ocupados por MOREIRA FRANCO, ELISEU PADILHA, GILBERTO KASSAB, EDSON LOBÃO... nem é preciso citar outros, não pode reclamar de estar hoje no meio desse CHIQUEIRO. Quem aceita MICHEL TEMER como VICE, não pode reclamar, nem se surpreender com FACADA NAS COSTAS.

Quem com PORCOS SE MISTURA, FARELO COME. 

O PT fez muito pelo Brasil e pelos brasileiros nos anos em que foi governo federal. Mostrou que é possível melhorar salário, gerar riqueza, emprego, oportunidades, e criar ambiente para educação e atenção aos mais pobres. Infelizmente, suas conquistas não se sustentam hoje, pois, o parceiro escolhido para dar suporte ao PROJETO, era na verdade contrário ao que o PT pretendia.

Deram o golpe, e hoje, desmontam tudo o que o PT construiu. Preço muito ALTO o pago, para no fim, restar um país de terra arrasada no campo social, econômico, político e moral.

BEM COMPARANDO, o que o PT queria se aliando com o PMDB, seria o mesmo que alguém buscasse junto a uma facção criminosa, construir um projeto de segurança pública, sem tráfico de drogas e armas, homicídios e roubo de carga.

Impossível. Deu no que deu.

Reconhecer esse erro é passo imprescindível.

LEIA
‘Não nos açoitamos’

Em discurso, Gleisi falou sobre as críticas, feitas durante a convenção, à decisão do PT de destacar os êxitos sem reconhecer os erros. “Nós não somos uma organização religiosa, não fazemos profissão de culpa nem tampouco nos açoitamos”, declarou.

“Não vamos ficar apontando nossos erros para que a burguesia e a direita se aproveitem disso. Nós reconhecemos nossos erros na prática”, disse a nova presidente do PT. “Mas não teve, na história de 500 anos de país, governos melhores que os do PT”.

3 comentários:

Jorge Neto disse...

Exatamente isso, o que eu sempre pensei! Temos que dar os nomes aos bois.
Toda essa desgraceira (e isso quase ninguém fala ou escreve) tem um grande culpado: PT.
Alianças espúrias e teimosia em prosseguir, agindo (quando conspirações e calunias mil aconteciam) como se nada estivesse acontecendo.
Dando milho e presença à grande mídia como se estivesse tudo normalíssimo na ocasião.
Militantes e blogueiros eram esquecidos. Vivia-se um estado paralelo, um mundo de Alice.
Agora, como sinalou o artigo, continua nesse mundo de Alice, só que convivendo numa boa com o pesadelo desse mundo.
Não aprendeu nada.
Pode levar outra traulitada:

Anna disse...

Num cenário histórico do brasil já é muito otimismo relembrar que a elite, os donos do poder, aceitaram num passado (últimos 12 anos) uma aliança com algum partido de esquerda. Fato é que nenhum partido de esquerda ganharia eleições no Brasil sem uma aliança. Fato é que a Direita no Brasil ainda compra muitos votos como no tempo dos coronéis. Acho, como brasileira, educadora, que sim, o Partido dos Trabalhadores fez muito pelo Brasil enquanto o deixaram pensar que estava no poder. Por que não se engane os donos do poder, do capital não vão ser derrotado, oposto disso PT fez a aliança que permitisse ao menos parar as mortes por fome. Foi pouco? Não, numa terra de ninguém que é nosso Brasil fez muito. E se autocrítica ajudasse, então o melhor é que todos nós de esquerda devemos parar de achar que sozinhos faremos algo, ou de que é NOS contra ELES(direita). Longe disso somos um Único Brasil o que deve mudar é o sistema de longa data de COMPRAR E VENDER TUDO e somente alguns ganharem.

Trezentos de Esparta disse...

Quando diante de uma arma apontando para sua cabeça, o cidadão deve avaliar com serenidade como proceder.

Reagir pode significar a morte certa.

Só deve reagir quem tem a certeza absoluta de desarmar o oponente. Mesmo quando o resultado pode ser favorável, mas não certo, a reação envolve um grande risco. Melhor concordar com o bandido e aguardar por melhor ocasião.

O PT quando ganhou as eleições em 2002 teve imediatamente uma coleção de armas apontadas para a sua cabeça.

Armas de diversos setores; de diversos bandidos.

Semelhante ao o power-point do delagnol.

Só não dispararam imediatamente por que o PT concordou com as exigências de alguns entre os bandidos mais poderosos.

Era isso ou nada.

Estamos ainda muito próximos aos acontecimentos para uma visão histórica capaz de avaliar os anos em que o PT, mesmo sob a mira e a chantagem de bandidos, pode fazer algo que nunca pode ser feito antes no Brasil.

Com o PT fora do governo, os bandidos, agora, fazem a festa.

Só não se locupletam integralmente por que as quadrilhas estão em disputa mútua. Briga de cachorro grande.

Se o PT conseguir voltar ao governo (e como diz a Anna, acima, deixarem-no acreditar que "voltou" ao poder), talvez novamente terá sua cabeça sob a mira das armas.

Só deverá reagir se tiver certeza de puder desarmar os bandidos.

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

PSDB - UM PARTIDO DE COVARDES E CONIVENTES COM A PREVARICAÇÃO

NÃO SÓ DE CORRUPTOS E ACUSADOS DE CORRUPÇÃO, MUITO MAIS DO QUE ISSO, O PSDB É UM PARTIDO DE POLÍTICOS COVARDES, OPORTUNISTAS (MURISTAS...