sábado, 6 de maio de 2017

EX-PRESIDENTE DA FUNAI ATACA GOVERNO TEMER E SEU MINISTRO ? DA JUSTIÇA ?





Antônio Costa critica Osmar Serraglio 
"Não está sendo ministro da Justiça, está sendo ministro de uma causa própria"


Antônio Fernandes Toninho Costa, exonerado da presidência da Fundação Nacional do Índio (Funai), fez críticas ao ministro da Justiça do governo Temer, Osmar Serraglio. "Não está sendo ministro da Justiça, porque ele está sendo ministro de uma causa própria", disse. 


"Isso é muito ruim para as políticas brasileiras, principalmente para as minorias. Os povos indígenas precisam de um ministro que faça justiça, e não de um ministro que venha pender para um lado, isso não é papel de ministro", ressaltou Antônio Costa.

Osmar Serraglio foi membro da bancada ruralista no Congresso e relator de uma proposta de emenda à Constituição que retira a autonomia do Executivo para demarcar terras indígenas.

“O povo brasileiro precisa acordar, o povo brasileiro está anestesiado. Nós estamos prestes a se instalar nesse país uma ditadura que a Funai já está vivendo. Uma ditadura que não permite ao presidente da Funai executar as políticas institucionais. Isso é muito grave. O povo brasileiro precisa acordar”, disse o ex-presidente da Funai."Tenho um passado limpo e hoje é o dia mais feliz da minha vida", diz o ex-presidente da Funai

A exoneração de Antônio Costa foi publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira (5), em meio a conflitos entre índios da etnia Gamela e fazendeiros, no Maranhão. Ele assumiu o cargo em setembro do ano passado. 

"Tenho um passado limpo e hoje é o dia mais feliz da minha vida. Saio porque sou honesto, não me curvei e não me curvarei para fazer o mal feito", ressaltou Antônio Costa em entrevista à imprensa. 

Antônio Costa disse que foi pressionado para contratar pessoas sem a devida qualificação técnica, por indicação do líder do governo, André Moura, mas que não aceitou as indicações. "A Funai é composta por cargos técnicos, por servidores concursados.”

“A Funai está fragilizada. Ela foi esquecida pelo Estado brasileiro, não só pelo atual governo, mas também pelos anteriores, que deixaram a instituição em uma situação caótica”, ressaltou Costa, que estava no cargo desde janeiro. Formado em odontologia, ele é especialista em saúde indígena. Entre 2010 e 2012, foi coordenador-geral de Monitoramento e Avaliação da Saúde Indígena na Secretaria Especial de Saúde Indígena do Ministério da Saúde.

O órgão indigenista foi criticado recentemente pelo ministro da Justiça, Osmar Serraglio, por uma lentidão na condução de processos de demarcação de terras indígenas. Na oportunidade, o ministro foi questionado sobre uma intenção de demitir o então presidente da Funai. “Nós vivemos em uma coalizão. 

Nela, se identifica eventuais pessoas de confiança. Nós construímos essa coalizão por meio de uma partilha com os diversos partidos. Assim também ocorre com a Funai. Então não é o ministro da Justiça quem vai decidir em relação ao presidente da Funai. Claro que vai ser o ministro quem vai identificar a proficiência e a qualificação possível. Isso se houver troca de presidente.”

Com Agência Brasil

LEIA + LEIA + LEIA +

4 comentários:

Emílio disse...

Petistas são como São Tomé, com a diferença de que o Santo, quando via, acreditava. Petistas nem vendo acreditam.

Anônimo disse...

E idiotas como você não são como nenhum santo. Cultuam agiotas e golpistas, como o São Temer.

Emilio disse...

Anônimo, vendo a estupidez de militantes petistas como vc, dá pra entender como Hitler dominou toda a sociedade alemã.

Anônimo disse...

Eu falei no Temer Você lembrou do Hitler ? Perfeito. Vendo a idiotice da sua posição em relação ao PT, dá para entender muita coisa mais.

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

PSDB - UM PARTIDO DE COVARDES E CONIVENTES COM A PREVARICAÇÃO

NÃO SÓ DE CORRUPTOS E ACUSADOS DE CORRUPÇÃO, MUITO MAIS DO QUE ISSO, O PSDB É UM PARTIDO DE POLÍTICOS COVARDES, OPORTUNISTAS (MURISTAS...

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS