segunda-feira, 14 de novembro de 2016

MISTURA DE RELIGIÃO E POLÍTICA - BISPO/PREFEITO CRIVELLA DIZ QUE POVO VOTOU NELE POR PRECISAR DE AJUDA

E JOGA NA CARA DOS QUE PROCURAM A IGREJA UNIVERSAL, QUE NUNCA NINGUÉM FOI LÁ PARA OFERECER, SÓ VÃO PARA PEDIR.


DEVE SER POR ISSO QUE DEPOIS AS PESSOAS PAGAM CARO.

CRIVELLA nem bem assumiu, e já se desmente. Passou a campanha dizendo que não mistura política com religião, mas, em uma de suas primeiras aparições públicas, que ele faz após retornar de um "descanso" em ISRAEL, vai a várias IGREJAS da Universal, agradecer aos BISPOS que o apoiaram, e joga na cara do eleitor que nele votou, a afirmação de que votaram nele por que precisam de ajuda.

Graças a DEUS não votei em Crivella, então essa bofetada não levo na minha cara. 

E peço a DEUS que, nos dias em que precise de orientação e ajuda espiritual, eu bata nas portas que sempre bati, onde fui recebido com respeito e amizade, e onde nunca me cobraram nada, nem condicionaram ajuda que poderia receber, do céu e da terra, a nenhum tipo de doação material, dinheiro, ou transferência de bens para pseudos representantes de Deus.



O que disse Crivella, segundo o Jornal Extra.

— Vim pedir a vocês orações. Por quê? Porque o Rio de Janeiro está em crise. Aliás, o povo do Rio de Janeiro, o povo do Brasil, eles lembram da gente quando tem crise. Nessas portas aqui, que eu me lembre, nunca entrou alguém para dizer "ganhei na loteria, vou encostar dez ônibus aqui, vou levar os pastores e os obreiros para comer um churrasco". E tenho certeza que, nesse momento de crise, o povo lembrou desse menor dos irmãos da Universal para ser o prefeito desta cidade.

Nenhum comentário: