quarta-feira, 28 de setembro de 2016

MARTA É TEMER, E NÃO PODE FINGIR QUE NÃO APOIA SUA AGENDA MALDITA

CHEIRINHO DE DERROTA - O POVO NUNCA PERDOA OS TRAÍRAS


MARTA SUPLICY afunda nas pesquisas eleitorais. Aos poucos, os eleitores de São Paulo que pensavam votar na ex-petista, e agora uma golpista apoiadora do governo de Michel Temer, vão abandonando a candidata do PMDB.

"Estrebuchando" como VACA INDO PARA O BREJO, a candidata que traiu seus ex-companheiros do PT, que traiu sua história, e que pela sede de poder se aliou aos golpistas para em troca de seu VOTO ao impeachment ser a candidata do PMDB ao governo da capital de São Paulo, tenta se descolar da AGENDA MALDITA de Michel Temer.

Impossível, pois MARTA SUPLICY carimbou em sua própria testa, o que é a marca desse governo: TRAIÇÃO e OPORTUNISMO. 

Marta é hoje a candidata do partido que chegou ao poder sem voto, do partido que ameaça o SUS, do partido que acabou com o CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS. Marta representa o projeto político que defende o ARROCHO DO TRABALHADOR e do APOSENTADO, e de uma reforma da PREVIDÊNCIA, PERVERSA e ESCRAVOCRATA.

À MARTA O QUE É DE MARTA, e o que parece ser de MARTA nesse momento, é uma derrota fragorosa, colocando uma Pá de CAL na sua trajetória política.

Deus permita que o povo de São Paulo defenestre a candidatura que é representa TEMER, ROMERO JUCÁ, RENAN CALHEIROS e EDUARDO CUNHA.

FORA TEMER, NADA DE MARTA SUPLICY

Campanha de Marta culpa ‘agenda maldita’ de Temer por queda nas pesquisas.

Reflexos A campanha de Marta Suplicy culpa a “agenda maldita” do Planalto, aliada à exploração da relação da candidata com o presidente Michel Temer, por sua queda nas pesquisas. “É todo dia uma manchete ruim”, diz um general do staff da senadora.
Bateu, levou A recíproca é verdadeira: ministros do PMDB já vislumbram o desgaste para o Planalto caso Marta chegue ao fim do primeiro turno em São Paulo atrás de Fernando Haddad.

Nenhum comentário: