quarta-feira, 6 de julho de 2016

CANDIDATO DE EDUARDO PAES - PEDRO PAULO CONTINUA INVESTIGADO NO STF POR AGREDIR EX-MULHER



MINISTRO LUIZ FUX DETERMINOU QUE O PERITO QUE EMITIU O LAUDO E FEZ O EXAME DE CORPO DE DELITO EM 2010, (ÉPOCA DA DENÚNCIA NA DELEGACIA DE QUE O DEPUTADO LICENCIADO PEDRO PAULO - PMDB/RJ, AGREDIU SUA ENTÃO ESPOSA, ALEXANDRA), SEJA OUVIDO


Curioso, muito curioso, é que segundo a imprensa, a POLÍCIA FEDERAL se baseou no depoimento e laudo do PERITO ERRADO. A Polícia Federal considerou como fator para pedir o arquivamento do caso, o que disse o PERITO Roger Vinicius Ancilloti, contratado pela defesa, e não o que assinou o exame de corpo de delito.

O Procurado Geral da República quer que seja tomado o depoimento do PERITO CERTO, aquele que assinou o EXAME DE CORPO DE DELITO.

Isso foi o que determinou o STF e isso é o que acontecerá na próxima terça-feira na Justiça Federal do Rio de Janeiro.

O presente caso se reveste de uma importância muito grande, e não é absolutamente um caso de interesse particular. Passou a ser de interesse público, no momento em que surgiram suspeitas de que estava sendo ABAFADO, guardado numa gaveta de DELEGACIA. Até hoje ninguém explicou como uma agressão ocorrida em 2010 só teve como efetivo prosseguimento do inquérito instaurado, o ano de 2015, depois de noticiado pela imprensa.

Continua sendo de interesse público por ter relação com a LEI MARIA DA PENHA, que não pode sair DESMORALIZADA. A LEI não permite retirada de queixas, depois de constatada a agressão à mulher e de formalizada a queixa, portanto...

É de interesse público por ser o senhor PEDRO PAULO, pré-candidato a prefeito do Rio de Janeiro. O cidadão tem direito de saber se ele é ou não é um agressor da ex-esposa, se ele bateu ou não bateu (mais de uma vez) na ex-esposa.

Não pode a senhora Alexandra agora, simplesmente dizer que não tem mais interesse no caso. Não se dá queixa, não se comunica um crime, não se vai a corpo de delito, não se reitera depoimento de que foi agredida, não se arola testemunha que confirma a agressão, para depois querer que tudo caia no esquecimento.

Alguém tem que sair dessa história punido pela JUSTIÇA, para que a LEI, em especial a LEI MARIDA PENHA não seja ridicularizada e desmoralizada.

Se o senhor Pedro Paulo agrediu a esposa, ele que pague por isso, como pagam por isso vários homens que tem por MAU HÁBITO a conduta covarde de agredir suas mulheres ou ex-mulheres.

Se ele não bateu, se foi tudo MENTIRA, ARMAÇÃO, FALSO TESTEMUNHO por parte da senhora Alexandra e de sua empregada (testemunha), elas que sejam punidas pela JUSTIÇA.

NÃO FAÇAM O CIDADÃO DE OTÁRIO.

Nenhum comentário:

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

PSDB - UM PARTIDO DE COVARDES E CONIVENTES COM A PREVARICAÇÃO

NÃO SÓ DE CORRUPTOS E ACUSADOS DE CORRUPÇÃO, MUITO MAIS DO QUE ISSO, O PSDB É UM PARTIDO DE POLÍTICOS COVARDES, OPORTUNISTAS (MURISTAS...