segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

EXECUÇÃO DE CLÉRIGO NA ARÁBIA SAUDITA - TENSÃO NO ORIENTE MÉDIO FAZ PREÇO DO PETRÓLEO SUBIR

ARÁBIA SAUDITA ROMPEU RELAÇÃO COM O IRÃ - TROCA DE NOTAS DURAS E AMEÇAS GERAM TEMOR NA REGIÃO - BARRIL DO PETRÓLEO TEM ALTA EXPRESSIVA.

Os preços do petróleo subiram hoje (4) na Ásia, depois de a Arábia Saudita ter cortado relações diplomáticas com o Irã após a execução de um líder religioso xiita.

O ministro dos Negócios Estrangeiros saudita, Adel Al Jubeir, disse que os diplomatas iranianos tinham 48 horas para deixar o país. O líder supremo do Irã afirmou que a Arábia Saudita enfrentaria “rápidas consequências” pela execução do clérigo.

O índice do barril de referência dos Estados Unidos (West Texas Intermediate - WTI), para entrega em fevereiro, subiu 1,30%, para US$ 37,52, e o barril de Brent, também para fevereiro, aumentou 1,64%, para US$ 37,89.

“O petróleo começou o ano em recuperação, com os mercados asiáticos reagindo a receios de que as tensões geopolíticas no Oriente Médio possam ameaçar o fornecimento de petróleo”, disse Bernard Aw, da IG Markets de Cingapura.

Um comentário:

Trezentos de Esparta disse...

Pedimos ao nosso campeão da defesa dos Direitos Humanos, o Exmo. senador da República Aécio Neves, que dirija-se imediatamente para Riad, na Arábia Saudita, e exija das autoridades o cumprimento dos preceitos básicos de democracia e de respeito aos DH.
Temos a certeza de poder contar, mais uma vez, com os valorosos préstimos do Senador que já demonstrou sua profunda coragem deslocando-se até a sanguinária Venezuela.

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS