sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

ARRASTÃO NA AVENIDA BRASIL - ASSIM SE MORRE NO RIO DE JANEIRO

Depois de uma noite inteira acordado, trabalhando, o vigilante José Carlos B. Santos, de 51 anos, voltava para casa, na condição de passageiro do ônibus da linha 483 (Penha / Copacabana).

Na AVENIDA BRASIL - Uma das mais importantes VIAS da Cidade do Rio de Janeiro - acontecia um ARRASTÃO. 

Houve uma troca de tiros, e não foi com a POLÍCIA, pois esta não estava presente no local. Traficantes da "VILA DO JOÃO" fizeram os disparos em direção à VIA, provavelmente para tentar atingir os criminosos que seriam de uma FACÇÃO RIVAL, mas... o atingido foi JOSÉ CARLOS, que morreu na hora.

Mais um cidadão brasileiro que entra para as estatísticas de violência na CIDADE, ainda DOMINADA pela criminalidade.

A família, compreensivelmente descrente das autoridades, diz que nem vai se preocupar em acompanhar as investigações, pois, de nada adiantará.

Nós estamos perto das OLIMPÍADAS, e nem assim se vê o resultado dos esquemas de segurança. Dá para imaginar o que vai acontecer depois do EVENTO.

3 comentários:

José Antônio disse...


Posso não estar comentando, mas estou seguindo sempre.

Faz tempo o blog não é atualizado.

Está tudo bem por aí, Bond?

BONDeblog S. O. disse...

JOSÉ

BOA TARDE

MAI OU MENOS. O CALOR...A SAÚDE...A PREGUIÇA DA VIRADA DO ANO...

Meio de "férias", e esperando por uma definição do GOOGLE ADSENSE que diz estar revisando punição aplicada ao meu blog, e que deve ser suspensa, corrigindo injustiça cometida.

Em breve eu volto ao meu "normal"

Um abraço

José Antônio disse...

Bom saber que a "punição" deverá ser suspensa e que está tudo correndo bem, exceto por um pouco de preguiça com o calor.

Sobre a saúde, espero que não seja aquelas pedras e que não seja nada grave.

Abs.

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS