quinta-feira, 6 de agosto de 2015

FERNANDO COLLOR CHAMA JANOT DE VAZADOR GERAL DA REPÚBLICA E O CHAMA DE "FILHO D@ PUT@' - EM VÍDEO

06/08/15 16:24 - Fuso horário de Brasília - Atualizado - 20:15

O ex-presidente da República Fernando Collor de Mello fez ontem um DURO DISCURSO atacando o Procurador Geral da República Rodrigo Janot, a quem acusou de ser líder de um GRUPELHO que VAZA INFORMAÇÕES de forma criminosa, buscando DESTAQUE na Mídia, com quem o Procurador estaria associado numa campanha IMORAL para "esterilizar" a verdade.


SÓRDIDA MANOBRA MIDIÁTICA - Collor entre os dentes soltou um "filho da put@" para qualificar Janot.

2 comentários:

Trezentos de Esparta disse...


Fernando Collor de Mello tem um histórico que não o ajuda.

Chegou à Presidência da República Graças à manobras e apoio que obteve da mídia.

Como político deixa muito a desejar.

Pelo que me lembre, Collor é dono (ou sócio, sei lá) de uma repetidora da Globo em Maceió. E pelo que me consta, parlamentares não podem ser proprietários de meios de comunicação. Mas essa é uma das leis que "não pegaram" no Brasil. São vários os congressistas que infringem a lei.

Portanto, não tenho razão nenhuma para vir aqui defender Collor de Mello.

Entretanto não posse deixar de observar e salientar a baixeza da imprensa ao reportar este episódio. Fernando Collor de Mello faz um discurso de cerca de 18 minutos de duração. Seu discurso é de defesa por estar sendo acusado, segundo ele, injustamente, pelo Procurador Geral da República, Rodrigo Janot. Color é um bom ator e nunca se sabe quando está sendo sincero ou apenas atuando para a plateia. Mas, no caso, seu discurso parecia de indignação contra a manobra midiática da qual foi vítima e que todos nós assistimos, que consistiu na apreensão de seus carros. Sua justificativa parecia correta e as ações da procuradoria, sabemos faz tempo, são feitas, lamentavelmente, para repercutirem com estardalhaço nos meios de comunicação.

Denúncia grave, portanto, e bastante pertinente.

Dos 18 minutos de duração do discurso do ex-presidente, a imprensa não conseguiu extrair nada de mais importante do que um quase inaudível sussurro, o qual, se não fôssemos alertados que ocorria aos 5'04" passaria despercebido pela maioria dos ouvintes?

Ora, sei que Fernando Collor já se beneficiou de um debate editado com "seus melhores momentos". Nem por causa disso posso concordar com esse enxovalhamento por causa de "seu pior momento" no qual se traiu pensando alto.

Mais grave do que o suposto xingamento proferido pelo Senador, é esse comportamento de linchamento promovido pelos meios de comunicação. Mesmo que a vítima desse linchamento seja um Fernando Collor de Mello isso não pode ser aceito.

BONDeblog S. O. disse...

Boa noite

Bem observado.

Ainda bem que eu aqui destaquei o CENTRO do discurso de Collor, não fiquei só na citação do palavrão.

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS