domingo, 14 de dezembro de 2014

REAGE DILMA - UM FACTÓIDE (SEM VALOR) CHAMADO VENINA VELOSA

QUEREM DERRUBAR GRAÇA FOSTER PARA FRAGILIZAR DILMA ROUSSEFF
QUEREM AFUNDAR A PETROBRAS PARA COLOCAR A MÃO NO PRÉ-SAL

Não há nada, absolutamente nada nos E-MAILS da ex-diretora da PETROBRAS, Venina Velosa, que possa justificar a renúncia ou demissão de Graça Foster do cargo de presidente da empresa.

Uma leitura atenta da reportagem do jornal "Valor", só comprova que as denúncias ou supostas denúncias apresentadas, foram todas, todas, apuradas, inclusive com demissão do diretor que comprovadamente, após Auditoria, foi considerado CULPADO por contratos irregulares na área de comunicação. As demais colocações são todas genéricas, e não consta que a referida diretora, que era  pessoa de confiança do hoje delator PAULO ROBERTO COSTA, o tenha acusado de alguma coisa até agora. Aliás, das duas uma, ou a senhora Venina não sabia de nada sobre os atos de corrupção em que o então diretor de abastecimento participava, ou sabia e se calou, como parece ser o caso, no que diz respeito especificamente a isso.

Quanto ao aumento de preço da Refinaria Abreu e Lima, e dos aditivos aos contratos, é risível querer plantar a VERSÃO de que foi Venina quem fez denúncias sobre isso. Os preços da Abreu e Lima subiram, e subiram com o conhecimento de todos, e isso está muito mais ligado a um projeto contendo erros e uma execução mal feita, do que pura e simplesmente à corrupção. A REFINARIA ABREU E LIMA é uma OBRA GIGANTESCA, até mesmo a PETROBRAS estava operacionalmente despreparada para um projeto desse porte.

Vejo sempre com muitas reservas essas pessoas que tem crises de HONESTIDADE quando são demitidas de cargos. É o mesmo comportamento de maridos e de esposas que separam e passam a falar mal do (a) EX. Essa ex-diretora da Petrobras pode ter o que falar, e deve ser ouvida, mas com a devida cautela o que ela disser deve ser analisado e investigado. A Presidente Dilma não pode fazer o jogo da oposição e do PIG VIGARISTA. 

Não é de hoje que tentam tirar Graça Foster do comando da Petrobras, e os e-mails de dona Venina, ao menos até aqui, não podem macular seu nome.

A PETROBRAS é responsável por grande parte dos maiores interesses e riquezas nacionais. Tudo isso é objeto de cobiça interna e externamente. É preciso resistir HOJE para quando essa onda que se abate contra a empresa passar, amanhã, ela continuar sendo o ORGULHO que sempre foi.


ESCLARECIMENTO DA PETROBRAS




Leia novo esclarecimento que divulgamos na noite desta sexta-feira (12/12):

Com referência às matérias publicadas na imprensa a respeito de denúncias feitas pela empregada Venina Velosa, a Petrobras reitera que tomou todas as providências para elucidar os fatos citados nas reportagens. Não procede a afirmação de que não houve apuração por parte da Companhia em nenhum dos três casos citados por ela: RNEST, Compra e Venda de BUNKER e Irregularidades da Gerência de Comunicação do Abastecimento.

A Petrobras instaurou comissões internas de apuração, entre as quais uma referente aos procedimentos de contratação nas obras da RNEST, em 2014. A empregada foi ouvida nesta comissão, momento em que teve a oportunidade mas não revelou os fatos que está trazendo agora ao conhecimento da imprensa. A empregada guardou estranhamente por cerca de 5 anos o material e hoje possivelmente o traz a público pelo fato de ter sido responsabilizada pela comissão.

A empregada foi citada no relatório desta Comissão com referência a responsabilidades por não conformidades consideradas relevantes. O resultado foi enviado às Autoridades Competentes (MPF, PF, CVM, CGU e CPMI) para as medidas pertinentes. A empregada foi destituída da função de diretora presidente da empresa Petrobras Singapore Private Limited em 19/11/2014, após o que ameaçou seus superiores de divulgar supostas irregularidades caso não fosse mantida na função gerencial.

A Petrobras instaurou comissões internas em 2008 e 2009 para averiguar indícios de irregularidades em contratos e pagamentos efetuados pela gerência de Comunicação do Abastecimento. O ex-gerente da área foi demitido por justa causa em 3 de abril de 2009, por desrespeito aos procedimentos de contratação da Companhia. A demissão não foi efetivada naquela ocasião porque seu contrato de trabalho estava suspenso, em virtude de afastamento por licença médica. A demissão foi efetivada em 2013. O resultado das análises foi encaminhado para a CGU e MP/RJ e há uma ação judicial em andamento visando ao ressarcimento dos prejuízos causados à companhia pelo ex-empregado.

Após resultado do Grupo de Trabalho constituído em 2012, a Petrobras aprimorou os procedimentos de compra e venda de bunker, com a implementação de controles e registros adicionais. Com base no relatório final, a Companhia adotou as providências administrativas e negociais cabíveis. A Petrobras possui uma área corporativa responsável pelo controle de movimentações e auditoria de perdas de óleo combustível, que não constatou nenhuma não conformidade no período de 2012 a 2014.

Postado em: [Esclarecimentos]

Nenhum comentário:

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS