domingo, 16 de novembro de 2014

GOVERNO REAGE AO GOLPE DE TERCEIRO TURNO VIA OPERAÇÃO LAVA-JATO

CARDOZO ACORDA E ATACA OPORTUNISMO DE AÉCIO NEVES E SUA TURMA


O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, durante entrevista coletiva convocada no dia de hoje, fez dura critica aos que estão tentando a “politização” da atual etapa da operação Lava-Jato, desencadeada a partir de ontem pela Polícia Federal. O ministro, até de forma surpreendente, acusou de forma direta a oposição de tentar promover um “terceiro turno eleitoral”.

Segundo 
José Eduardo Cardozo, 
as prisões realizadas não comprometem o governo Dilma Rousseff, que "
não mudará um milímetro de sua conduta, na perspectiva de conduzir sua investigação, de apurar, doa a quem doer, e quem for que estiver envolvido. 

É uma postura antidemocrática essa da oposição, que parece querer desestabilizar o governo, apostando na "eleitorização" da investigação.

Ainda segundo o Ministro da Justiça, isso não contribui para o avanço das investigações e traz o risco da mesma ser colocada sob suspeita. 

O ministro afirmou que tanto forças do governo quanto da oposição são investigadas no âmbito da operação Lava-Jato. 

Já no final de suia declaração, Cardozo foi para cima de Aécio Neves, derrotado na disputa à presidência da República, ainda que não tenha citado seu nome. "A 
tentativa de desestabilização do governo ocorre por parte "daqueles que talvez não tenham digerido o resultado eleitoral, talvez porque tenham comemorado antes da hora uma vitória que não houve. 
Mantém o clima eleitoral quem tem uma questão mal resolvida. Talvez Freud explique. 

PRESIDENTE DILMA INFORMADA 

Por volta de 06:00 hs de hoje, o Ministro da Justiça fez contato telefônico com a Presidente Dilma Rousseff, que esta em reunião do G-20. Após receber informações sobre a operação, a presidente transmitiu a seguinte orientação: Que a 
Polícia Federal prossiga com firmeza na apuração das irregularidades e que proceda com absoluta lisura e imparcialidade nas investigações. 

Não há crise nenhuma no governo. 

Nota do Blog: Faltando 45 dias para deixar o cargo de Ministro da Justiça, parece que José Eduardo Cardozo resolveu assumir plenamente suas obrigações. Falta agora exigir que Delegados da Polícia Federal que não atuam com imparcialidade e ferem regras administrativas de conduta, sejam punidos em conformidade com a Lei.

Nenhum comentário:

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS