domingo, 5 de outubro de 2014

RESULTADO ELEIÇÃO PRESIDENTE - DILMA ROUSSEFF 41,55% X AÉCIO NEVES 33,6% - REPETECO NO SEGUNDO TURNO !

MARINA SILVA FICA EM TERCEIRO COM 21,28%


PERCENTUAIS COM 99% DAS URNAS APURADAS

Terminada praticamente a apuração dos votos do primeiro turno das eleições 2014 para presidente, o resultado deixa o candidato Aécio Neves bastante animado pela reação obtida.  Para quem chegou a ser pressionado pelo ex-presidente FHC a desistir da campanha, chegar em segundo e com um percentual de votos (tirados de Marina) acima do esperado, é sem dúvida para deixar a direita e a imprensa que lhe apoia alvoraçada. 

Dilma Rousseff confirma sua liderança, com uma folga menor do que esperado, e a certeza de que nesse momento, Aécio será mais difícil de bater do que seria Marina Silva.

Os números finais são mesmo muito ruins é para Marina Silva. A ex-senadora meteu os pés pelas mãos, traçou um estratégia de campanha cheia de equívocos e incertezas. Preferiu atacar Dilma e esqueceu do TELHADO DE VIDRO de Aécio, em quem deveria bater, e não só apanhar. Marina perdeu perdendo, e pior, perdendo para si mesma.

Agora é esperar o reinício da campanha, as primeiras pesquisas e as definições dos apoios que cada candidato terá.


4 comentários:

José Antônio disse...

Bem... após esse primeiro turno onde os resultados desmoralizaram completamente os institutos de pesquisa, é hora de voltarmos nossa atenção para o segundo, que, como todos sabem, oporá a Presidenta Dilma ao candidato Aécio Neves.

Observa-se dos resultados do primeiro turno, uma diferença de votos bastante importante entre Dilma e Aécio. Esta diferença é de aproximadamente de 8 milhões e quatrocentos mil votos.

Para Aécio empatar com Dilma ele é obrigado a ir ao banco e sacar a quantia de 8 milhões e quatrocentos mil votos.

Ora, não há muitos bancos onde Aécio possa sacar esses votos. O único com fundos suficientes para isso é o banco de Marina Silva e Neca Setubal.

Assim, para empatar o jogo, Aécio necessita de dar garantias bancárias para sacar a quantia necessária.

Ocorre que o Banco de Marina e Neca também não é um banco com muitos recursos. No total ele conta com pouco mais de 22 milhões de votos.

Ocorre, também que Marina Silva, ainda que queira ajudar o candidato Aécio, não é o Brizola, o único até hoje, capaz de transferir todo o seu capital eleitoral para outro candidato. Isso exigiu bastante empenho de Brizola e não sabemos se Marina Silva está em condições de empreender esse esforço, sequer se gostaria de se empenhar tanto.

Assim, podemos intuir que Marina Silva não tem poder total sobre seu capital, o qual já não é lá muito grande.

Se Marina conseguir transferir os 8 milhões e quatrocentos mil votos para que Aécio possa conseguir ir para o segundo turno, em igualdade de condições com Dilma, o capital do Banco de Marina ficará reduzido para algo como treze milhões e oitocentos mil votos.

Agora que Aécio já conseguiu se igualar à Dilma, ambos precisam para vencer cerca de 8 milhões de votos suplementares que terão que ser retirados de algum lugar.

Aécio só pode retirá-los do banco de Marina.

Dilma pode retira um pouco mais de dois milhões de votos dos bancos de Luciana Genro e de Eduardo Jorge. Esses bancos, podem oferecer alguma resistência para repassar esse montante para Dilma, mas certamente, jamais o repassarão para Aécio.

Dos cerca de 22 milhões de votos de Marina, um pouco mais de 5 milhões se encontram depositados no Nordeste. Esse 5 milhões de votos, pela localização de seus depósitos, também oferecem grandes resistências para serem repassados para Aécio.

Assim, se dos 22 milhões de votos do banco de Marina, um pouco mais de 6 milhões, saírem de livre e espontânea vontade para Dilma, acrescidos de dois milhões dos bancos de Luciana Genro e Eduardo Jorge, Dilma consegue vencer no segundo turno.

Isso é possível?

Deixo a cada um de vocês, como exercício mental, refletir sobre qual dos dois candidatos tem mais possibilidades de conseguir o capital de votos necessários para vencer essas eleições no segundo turno: Aécio ou Dilma?

Façam suas apostas, senhores.

José Antônio disse...


Para deixar o problema acima mais próximo da realidade, sou obrigado a lembrar que Aécio pode conseguir um pouco mais de um milhão de votos dos bancos do Pastor Everaldo e de Levy Fidelix. Esse capital está praticamente disponível para Aécio. Mas para isso, Aécio terá que fornecer algumas garantias que talvez lhe façam falta de outro lado: por exemplo, um duro discurso contra a comunidade GLBT.

Lembro também, que alguns acionistas do banco de Marina são fundadores históricos do partido no qual ela se abriga momentaneamente. Esses acionistas provavelmente colocarão algumas dificuldades para o repasse do capital que Aécio necessita.

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS