terça-feira, 28 de outubro de 2014

AVISEM A OPOSIÇÃO E AOS COXINHAS - QUEM GANHOU A ELEIÇÃO FOI DILMA ROUSSEFF - E GANHOU MUITO BEM !

MATÉRIA DO ESTADÃO DESMONTA UMA SÉRIE DE ARGUMENTOS FALSOS E TENDENCIOSOS QUE BUSCAM TIRAR A GRANDEZA DA VITÓRIA DE DILMA ROUSSEFF.


Acrescentando ao que a excelente matéria traz, cujo LINK reproduzimos, vale dizer que DILMA venceu em 6 dos 10 maiores COLÉGIOS ELEITORAIS DO BRASIL. No Sudeste, venceu em DOIS dos QUATRO ESTADOS da Região, sendo que Minas é o 2o. maior colégio eleitoral do Brasil, e Rio de Janeiro o 3o. maior, E FOI JUSTO AÍ QUE ELA VENCEU.

Na verdade, a eleição só foi DESEQUILIBRADA no NORDESTE, onde DILMA GANHOU de Goleada. No restante do país, houve equilíbrio.

Outra BALELA é que a ABSTENÇÃO foi mais alta que em eleições anteriores.

No mais, o ESTADÃO deixou de registrar que, somente LULA transfere VOTOS aqui no Brasil. 

OS MITOS SEGUNDO O ESTADÃO

Mito 1

Foi o Nordeste que elegeu Dilma


Petista não teve menos de 40% dos votos em nenhuma das 5 regiões do Brasil

É claro que o desempenho de Dilma Rousseff (PT) no Nordeste foi crucial para sua vitória: a petista teve 20 milhões de votos no 2.º turno, equivalente a 72% do total de votos válidos na região. Mas a presidente reeleita obteve um apoio razoável em todas as cinco regiões. O menor porcentual de votos válidos foi no Sul: o apoio de 41% dos eleitores que escolheram um candidato.

A impressão de que o Nordeste sozinho é o grande responsável pela reeleição de Dilma é fortalecida quando se vê o mapa eleitoral dos Estados pintados com a cor de quem teve o maior porcentual de votos ali. Nesse mapa, metade do Brasil aparece pintado de azul, como se esse território tivesse ido em direção totalmente oposta à outra metade, vermelha.

O deputado estadual eleito Coronel Telhada (PSDB-SP) chegou a defender a independência do Sul e do Sudeste por causa disso. Mas, na verdade, dos dez Estados em que Dilma obteve menor votação, apenas três estão nessas regiões: Santa Catarina, São Paulo e Paraná. Todos os outros estão no Norte ou no Centro-Oeste. Visualmente, é possível ver como o apoio a Dilma se espalha pelo Brasil pelo gráfico de relevo ao lado – nenhuma das duas maiores “montanhas” que representam o número absoluto de votos está no Nordeste.

******************************************************************************
Mito 5
Família Campos transfere votos

Pernambuco vota em Dilma, mesmo após apoio do grupo do ex-governador a Aécio


O tucano Aécio Neves lançou sua campanha no 2.º turno em Pernambuco, onde recebeu o apoio da viúva e dos filhos de Eduardo Campos, candidato a presidente pelo PSB até agosto, quando morreu em um acidente aéreo. Os líderes do PSDB esperavam que a família Campos e a máquina local do PSB proporcionassem uma vitória para o tucano em um Estado nordestino, assim como havia ocorrido com Marina Silva, primeira colocada no 1.º turno.

A estratégia não deu resultados. Aécio teve entre os pernambucanos 29,8% dos votos válidos, resultado próximo da média que obteve em todo o Nordeste: 28,3%. O tucano ganhou em apenas uma cidade pernambucana: a pequena Taquaritinga do Norte, onde obteve 7.340 votos, 432 a mais do que a petista Dilma Rousseff. Na capital, Recife, onde Marina havia obtido 63% dos votos no 1.º turno, Dilma venceu na 2.ª rodada da disputa por 60% a 40%.

O CHORO DE PERDEDOR É COMPREENSÍVEL, MAS GOLPE NÃO PASSARÁ


Nenhum comentário:

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS