quarta-feira, 17 de setembro de 2014

ACABOU A VALENTIA DE MARINA SILVA - BRAÇOS ABERTOS PARA RECEBER O PMDB DE RENAN E SARNEY

NINGUÉM GOVERNA SEM O PMDB


Vice-candidato na chapa da presidenciável Marina Silva (PSB), o deputado Beto Albuquerque (PSB-RS) afirmou nesta quarta-feira (17) que "ninguém governa sem o PMDB"


Tanto Marina quanto o seu antecessor na disputa, Eduardo Campos, morto em acidente de avião, condenam a aliança do governo federal com peemedebistas como o presidente do Senado Renan Calheiros (AL) e o senador José Sarney (AP), mas dizem que fariam um eventual governo com "bons quadros de todos os partidos".

O PMDB participou da base dos governos do tucano Fernando Henrique Cardoso e do petista Lula e tem o segundo maior número de deputados na Câmara – perde apenas para o PT.

Um comentário:

José Antônio disse...


Marina poderia estar coberta de boas intenções ao não querer negociar com o PMDB. Para obter isso, entretanto, ela deveria ter apoio suficiente entre seus próprios correligionários e outros partidos aliados.

Não tendo este apoio, ou Marina pretendia governar autoritariamente, acima da Constituição Federal, ou, como parece que será o caso se eleita, terá que compor com parlamentares com os quais ela não comunga valores, mas que possuem a legitimidade de seus mandatos.

A falta de democracia nos anos de chumbo deixou-nos sem muita prática democrática.

Essa prática terá que ser paulatinamente integrada à nossa cultura política. Isso significa que nem tudo que queremos podemos fazer. Há que respeitar regras, gostemos delas ou não.

Marina Silva aos poucos vai deixando perceber que suas bravatas constituíam-se em um bonito cheque sem fundo.

Ela deveria saber disso.

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS