segunda-feira, 29 de setembro de 2014

A VERDADE SOBRE CAMPANHA DE ATAQUES - PRESIDENTE DILMA FOI A QUE USOU MENOS TEMPO ATACANDO ADVERSÁRIOS


O PIG tenta passar a mensagem / desinformação, de que o PT / DILMA, fazem uma campanha agressiva e cheia de ataques tentando desconstruir principalmente Marina Silva. Uma pesquisa feita pelo 
Laboratório de Pesquisa em Eleições, Comunicação Política e Opinião Pública da Universidade do Rio de Janeiro (UFRJ) a pedido do Estadão, mostra que isso não é verdade.


Aécio Neves foi o que dedicou mais tempo de seu programa eleitoral para atacar as adversárias. Ele bateu em Marina, mas, bateu ainda mais em Dilma. Em segundo lugar aparece MARINA SILVA, que gosta de posar de vítima, mas usou o segundo maior tempo para ataques, preferencialmente feitos à Dilma Rousseff.

Dilma foi a que menor tempo dedicou a esse expediente de atacar os adversários. Usou apenas 10% do seu programa eleitoral para ataques à Marina e Aécio.

Cai por terra mais um factóide da Mídia golpista que tenta colar em Dilma uma campanha agressiva, quando na verdade são os seus adversários que começaram batendo.

Queriam o quê ? Não receber resposta que mostre sua hipocrisia e falta de consistência ?


Um de cada seis minutos é usado para ataque no horário eleitoral na TV
PEDRO VENCESLAU E LILIAN VENTURINI - O ESTADO DE S. PAULO

27 Setembro 2014 
Aécio é candidato que gasta mais tempo com críticas diretas e indiretas aos adversários, segundo levantamento de universidade

Um de cada seis minutos do horário eleitoral de TV dedicado às candidaturas presidenciais foram utilizados pelos candidatos até agora para atacar adversários. Quarenta e um dias após o início da exibição dos programas - os presidenciais vão ao ar terças, quintas e sábados -, Aécio Neves é quem mais dedicou espaço às críticas.

Entre o primeiro programa no dia 19 de agosto e o que foi exibido na quinta-feira, dia 25, o tucano, que conta com 4min35s em cada bloco de 20 minutos, investiu 32% do seu tempo, ou 24min56s, com o que os especialistas chamam de “campanha negativa”. Com 2min03s em cada bloco, a candidata do PSB, Marina Silva, utilizou 18% do seu tempo, ou 6 min16s, para criticar os adversários. Já Dilma Rousseff, que disputa a reeleição e conta com 11min24s diários em cada bloco, usou 10% do seu tempo, ou 19min23s, para atacar os adversários.

O levantamento, que foi feito pelo Laboratório de Pesquisa em Eleições, Comunicação Política e Opinião Pública da Universidade do Rio de Janeiro (UFRJ) a pedido do Estado, mostra que o tucano dividiu seus ataques entre Dilma e Marina, mas a petista foi seu foco principal. Já Dilma e a candidata do PSB trocaram críticas e deixaram o presidenciável do PSDB em segundo plano.

A campanha negativa detectada no levantamento leva em conta apenas os programas com blocos de 20 minutos - dois blocos por dia. Não inclui as inserções, por meio das quais boa parte dos ataques é feita.

Um comentário:

José Antônio disse...


Aécio Neves deve estar "magoado" com seu entusiasmado ex-apoiador, Merval Pereira.

Faltando uma semana para o primeiro turno, com alguns jornalistas ainda convencidos de que Aécio pode, quem sabe, superar Marina, Merval Pereira já jogou a toalha.

Aconselha publicamente ao candidato tucano para que se contente com um projeto, supostamente mais importante que a sua candidatura individual, em prol da saída do PT do governo.

E nesse projeto, Merval já declarou que as chances de Aécio são nulas.

Merval, hoje é um cabo eleitoral entusiasmado de Marina Silva.

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS