domingo, 17 de agosto de 2014

MARINA SILVA "A TUTELADA" ! PSB DE SÃO PAULO REJEITA E ENQUADRA EX-VICE DE EDUARDO CAMPOS.

E AGORA MARINA SILVA ?

VICE NA CHAPA DE GERALDO ALCKMIN DIZ QUE É MARINA QUEM PRECISA DO PSB

"ELA NÃO PARTICIPA DE NADA NEM SABE O PREÇO DO ALUGUEL DE UM COMITÊ ELEITORAL" - Márcio França / PSB-SP

O PSB de São Paulo não parece muito interessado na questão nacional do Partido, que tem de substituir Eduardo Campos, falecido em trágico acidente de avião ocorrido na última Quarta-Feira. Marina Silva, ao que tudo indica, será a nova cabeça de chapa do partido socialista, mas, as resistências ao seu nome, e principalmente as condições que já estão sendo colocadas na mesa de negociação para  que ela assuma a candidatura, estão crescendo na medida em que o tempo passa, e os interesses eleitorais se sobrepõe ao impacto do acidente e perplexidade perante a perda do ex-governador e até então candidato à presidência, Eduardo Campos.

Coube ao membro do PSB de São Paulo, que é o candidato a vice na chapa de Geraldo Alckmin (PSDB), colocar de forma bastante DURA e até agressiva, como Marina Silva DEVE se COMPORTAR de agora em diante.

Segundo matéria de O Globo, Márcio França, que é o TESOUREIRO da Campanha presidencial do PSB, disse o seguinte:


‘Marina faz política de um jeito que não é o nosso’,



'Agora é o PSB que terá crédito por aceitá-la como candidata'


'É o mundo real que tem de ser colocado para que ela faça sua escolha. Seria injusto colocá-la como candidata sem que saiba. Marina não era responsável por nada na campanha. Ela não sabe nem quanto custa o aluguel do comitê' 

'Ela tem de nos acolher e temos de acolhê-la. Antes ela criou crédito, pois era a mais famosa. Neste instante, criou o débito. Nós é que iremos acolhê-la para ser candidata a presidente. Agora ela se torna nossa candidata para dirigir o país'

'Todos concordam que ela tem de ser a pessoa, em função da expressão de votos e do gesto generoso dela, que aceitou sair como vice. Mas para ser a candidata da coligação ela tem de ter o discurso da coligação, não da Rede. Como candidata, Marina fazia o que bem entendia'.

ENTÃO...

As diferenças entre MARINA SILVA/REDE e o PSB, que eram contornadas e minimizadas por Eduardo Campos, interessado nos possíveis votos que a ex-senadora e uma das lideranças no campo do Meio-Ambiente, poderia lhe transferir, ficam agora mais expostas. Com pouca ou nenhuma sutileza, os líderes do PSB estão dizendo para Marina que, a eles, não interessa ganhar a eleição e não assumir de fato o poder.

O FUTURO de Marina Silva eleita, estaria assim selado. Ela será taxada de "traidora dos compromissos assumidos", ou então será rotulada como "TUTELADA".

A POLÍTICA continua desafiando a capacidade dos homens preverem o futuro.

5 comentários:

José Antônio disse...


Caro Bond,

Essas dificuldades para Marina sair como cabeça de chapa pelo PSB já eram esperadas.

E não apenas em SP.

O jogo de poder é muito rude e implacável com quem tem menos força política ou com quem tem mais a perder.

Vamos ver como Marina irá reagir e se terá jogo de cintura para desatar os múltiplos nós que lhe foram colocados no colo após a morte do noivo, ainda no altar, embora antes de consumado o casamento.

José Antônio disse...


Em O Globo:

http://oglobo.globo.com/brasil/marina-tenho-compromisso-com-que-perda-de-eduardo-nos-impoe-13629339

"— Penso que existe uma providência divina em relação a mim, ao Miguel, a Renata e ao Molina — disse ela, segurando forte na mão da repórter, sinalizando que não pretendia mais falar sobre o assunto."

Acho que a coisa poderá não acabar muito bem.

Afinal, se Deus está com Marina quem poderá estar contra ela?

Por outro lado, Maurício Rands também anuncia um "clamor" no Brasil para que o lugar de vice na chapa seja ocupado pela viúva de Eduardo Campos.

O potencial explosivo de todas essas coisas é muito elevado.

José Antônio disse...


Rands vê clamor por Renata Campos na vice de Marina

http://www1.folha.uol.com.br/poder/2014/08/1501766-rands-ve-clamor-por-renata-campos-na-vice-de-marina.shtml

H.P. disse...

FILME QUE ABORDA A VIDA DE MARINA SILVA: "SETEMBRO NEGRO"

"...Tem como pano de fundo fatos históricos, particularmente o Massacre da Montanha Meadows em Utah, ocorrido em 11 de setembro de 1857, com o diretor (e a roteirista Carole Whang Schutter) gerando controvérsias ao assumirem a versão da responsabilidade direta da Igreja Mórmon e do líder Brigham Young no uso da milícia do território e dos índios paiutes para atacarem um acampamento de viajantes (que na base da "lábia" e em nome de deus eles os desarmaram - nosso) que se dirigiam para a Califórnia. Também foi usada a data do massacre, 11 de setembro, como paralelo para algumas teses dos roteiristas sobre o terrorismo e a natureza dos terroristas...".

José Antônio disse...


Aos poucos Marina vai deixando escapar suas afinidades com Diego Maradona:

Marina não compartilhou o voo fatal, que vitimou Eduardo Campos, pelo mesmo motivo que Maradona fez o gol da vitória contra a Inglaterra: "La mano de Diós".

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS