sábado, 2 de agosto de 2014

ISRAEL AVISA AOS PALESTINOS QUE ELES PODEM COMEÇAR A VOLTAR PARA CASA




A MATÉRIA (E NÃO É PIADA) É DO ESTADÃO



4 comentários:

José Antônio disse...


É Bond,

Realmente não é piada.

Quando uma tragédia pode parecer que se trata de uma piada é por que, na realidade, estamos diante do mais deslavado cinismo.

Aos poucos só sobraram para defender o indefensável o tiozinho, aquele com um rei na barriga, o Demétrio Magnoli, o Olavo Carvalho e D. Lucia.

Nem mais O Globo se aventurou a fazer uma defesa incondicional do indefensável.

Insistir nesta defesa significa adotar a atitude do avestruz que já não, apenas, cava um buraco para esconder a cabeça, mas que cava um buraco, muito maior, para conter o próprio túmulo.


LRM disse...

O senhor está redondamente enganado, Sr. José Antônio.

Todos os países Árabes, com exceção da Siria e do Irã (este nem árabe é), numa situação inédita, estáo sim APOIANDO ISRAEL CONTRA O HAMAS. A primavera árabe ensinou muita coisa a esses países, uma delas é a de não confiar em grupos terroristas jihadistas.

Já O Globo nunca foi favorável a Israel, embora os senhores sempre achem que quem é contra o PT tem que se alinhar obrigatoriamente com EUA e Israel.

Sobre o post cheio de ironia, isso me lembra a farsa de Jenin. O Sr. Bond nem se lembra porque nunca ouviu falar em "Pallywood", que há 13 anos atrás houve uma feroz batalha entre as IDF e o Fatah na cidade de Jenin. Os Goebbels palestinos e da imprensa esquerdopata disseram que havia sido a maior carnificina da história mundial (vejam que pretensão), onde Israel teria cometido um "massacre sem precedentes e destruído a cidade inteira". "Não havia restado nenhum tijolo em pé" e outras mentiras. Durante semanas Israel foi condenado pela imprensa mundial, pela ONU e pelas potências assassinas de então como Iraque, Irã, Líbia e por aí vai. Prometia-se um novo Tribunal de Nuremberg e as demais baboseiras de praxe.
3 meses depois veio o relatório final da ONU: Nao houve massacre, mas uma batalha feroz onde se fez vítimas de ambos os lados. A área destruída de Jenin era do tamanho de uma campo de futebol.

Ah, a imprensa noticiou isso, num rodapé.

Sobre a foto ai em cima, sugiro pedir ao HAMAS que reconstrua as casas destruídas. Afinal eles são os culpados desta guerra (muitos de seus Mísseis caíram dentro de próprio território, (por ineficiência ou proposital, vai saber...) e detém uma boa tecnologia de engenharia civil, pelo menos sabem construir túneis com tamanha eficiência que eu sugeriria contratá-los para construir os metrôs que a Dilma prometeu em todas as capitais brasileiras e, pra variar, não cumpriu.

José Antônio disse...

"A primavera árabe ensinou muita coisa a esses países, uma delas é a de não confiar em grupos terroristas jihadistas."

Já não era sem tempo para os EUA e Israel também aprenderem e deixarem de amamentar grupos que acabam se virando contra os feiticeiros; extremamente mais violentos e irracionais do que queles que se pretendia inicialmente combater.

BONDeblog S. O. disse...

Sra. Lucia

Lhe respondi, em post anterior, pela última vez um comentário, e este foi seu último comentário, recebido nesse blog, até que a senhora retire os termos de que perdeu o respeito por mim.

Se não o fizer, não perca mais seu tempo comentando, pois tudo o que escrever será deletado, sem resposta.

Lamento, mas, a senhora já escreveu nesse espaço coisas muito mais infames, do que o título da referida matéria publicada pelo moderador, sem que eu tivesse adotado posição ofensiva em relação a senhora.

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS