quarta-feira, 6 de agosto de 2014

CARDEAL DO RIO DE JANEIRO ESCREVE SOBRE A VERDADE - SERÁ UM RECADO PARA JORNALISTAS MENTIROSOS ?


Recentemente o jornalista MERVAL PEREIRA publicou um texto em sua coluna, em que afirmou que o governo federal havia pressionado e ameaçado a Cúria Metropolitana do Rio de Janeiro, na figura de DOM ORANI TEMPESTA, de retirar o monumento do Cristo Redentor do controle da Igreja católica. 

Merval publicou o texto, segundo ele, com base em duas fontes de Brasília, e atacou a ministra da Cultura, Marta Suplicy, a quem atribuiu um telefonema ameaçador, caso a censura a uma cena de filme, não fosse retirada pelos católicos. 

Merval chegou ao ponto de afirmar que o "DECRETO" já estava até pronto, e que o nível de intervencionismo do governo era algo "IMPRESSIONANTE".

Desmentido de imediato pela Ministra e pelo Cardeal, Merval classificou o fato de "equivoco", e que, como MENTIR É PECADO, tudo não passou e foi colocado na conta de uma "confusão" feita durante reunião para tratar da suspensão da censura ao filme.

Coincidentemente, o Cardeal do Rio de Janeiro escreve texto, na data de hoje publicado no Jornal do Brasil, em que aborda o tema VERDADE e HONESTIDADE.

Vem bem a calhar, visto que, temos assistido a imprensa, E EM ESPECIAL ALGUNS JORNALISTAS E COLUNISTAS, se pautar por uma conduta bastante distante desses valores, no que se relaciona com a informação que passam para a opinião pública.

Parece que os "imortais" não temem a morte, mas, na dúvida, vale refletir, MENTIR É PECADO, e o INFERNO pode ser logo ali.
========================================================================

Honestidade e Verdade
Cardeal Orani Tempesta

Dentre as virtudes, creio que seria muito bom refletirmos sobre duas virtudes humanas que são fundamentais para a vivência dos valores do Evangelho: a honestidade e a verdade. Para tratar desse tema da honestidade e da verdade, iniciamos com um direcionamento: “Eu sou o caminho a verdade e a vida. Ninguém vai ao Pai senão por mim”. (Jo 14, 6)

Para vivermos uma vida autenticamente humana, temos de amar a verdade, que é, de certo modo, um valor sagrado e requer, portanto, que seja tratada com respeito e amor. A verdade fica às vezes tão obscurecida pelo pecado, pelas paixões desordenadas e pelo materialismo reinante que se não a amássemos não nos seria possível reconhecê-la. É tão fácil aceitar a mentira quando vem em ajuda da preguiça, da vaidade, da sensualidade, do falso prestígio.

LEIA A ÍNTEGRA DO TEXTO CLICANDO AQUI

Um comentário:

José Antônio disse...


Está na hora do Merval se auto-penitenciar.

Afinal, nas palavras dele mesmo, mentir é pecado.

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS