sábado, 5 de julho de 2014

ZÚÑIGA QUEBRA NEYMAR E AFIRMA QUE FOI "SEM QUERER"...QUERENDO ??!!


O jogador colombiano ZÚÑIGA, pode dizer em sua defesa, visando amenizar o estrago de sua entrada desleal, pelas costas e violentíssima em NEYMAR, que não tinha a intenção de provocar uma fratura no jogador brasileiro.

Isso é o máximo que pode ser aceito como DESCULPA.

No mais, ele assumiu sim o risco, de com sua entrada, projetando o joelho nas costas de Neymar, de causar uma contusão no atacante brasileiro.


Zúñiga não entrou para tirar o NEYMAR da COPA do MUNDO, queria "apenas" tirá-lo da partida de ontem. Exagerou na violência e covardia. Deu no que deu.

Agora, a FIFA diz que estuda punir o colombiano. Deveria também punir o juiz da partida. Um péssimo árbitro, que deixou de punir vários jogadores com cartão amarelo, inclusive da seleção brasileira, mas, no lance em que aparentemente Thiago Silva não teve a intenção de obstruir a jogada, o árbitro espanhol aplicou o cartão.

Nessa hora, eu gostaria muito de ver a cara de ... do jornalista JORGE CAJURU, com sua teoria LUNÁTICA de que os árbitros estão comprados para favorecer o Brasil na Copa do Mundo.

4 comentários:

José Antônio disse...


Bond,

O Professor Hariovaldo já nos revelou que essa onda de ações, prejudiciais ao time do Brasil, foi provocada pelo atraso dos pagamentos prometidos pela Dilma para que a FIFA garantisse a nossa vitória na Copa petralha.

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
José Antônio disse...


Nelson Motta, quando não escreve sobre política, é um poeta. E dos bons.

BONDeblog S. O. disse...

Sr. anônimo

Quando tiver outro festival internacional da canção, ou, quando o Nelson Motta crescer, e não me refiro a estatura física, o que ele escrever vai ser publicado aqui.

Por enquanto, não havendo reciprocidade, não !

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS