segunda-feira, 28 de julho de 2014

PRESIDENTE DILMA É SABATINADA PELA FOLHA E SE MOSTRA PRONTA PARA O DEBATE ELEITORAL

DILMA MOSTROU DOMÍNIO DO DEBATE, DOS FATOS, NÚMEROS, E MELHOROU MUITO SUA CAPACIDADE DE SE COMUNICAR.


A sabatina foi realizada no Palácio da Alvorada, residência oficial da presidente, em Brasília. A iniciativa da entrevista é uma parceria entre a Folha, o portal UOL, o SBT e a rádio Jovem Pan. Aécio Neves e Eduardo Campos já haviam participado.

A Folha apresentou Dilma assim:

Dilma Vana Rousseff nasceu no dia 14 de dezembro de 1947 em Belo Horizonte (MG). Filha do imigrante búlgaro Pedro Rousseff e da dona de casa Dilma Jane, cresceu em uma típica família mineira de classe média alta.

Após o Golpe Militar de 1964, iniciou na militância de esquerda e integrou organizações que defendiam a luta armada contra o regime militar, como o Comando de Libertação Nacional (COLINA) e a Vanguarda Armada Revolucionária Palmares (VAR-Palmares).

Dilma quase três anos presa e foi torturada entre 1970 e 1972 pela ditadura. Em 1972, deixou a prisão e se mudou para Porto Alegre (RS) com seu companheiro Carlos Araújo. Quatro anos depois, nasceu sua única filha, Paula Rousseff Araújo. 

Formou-se em economia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul em 1977, depois ingressou na Unicamp, em SP, para fazer mestrado em estudos econômicos, onde não chegou a concluir o curso.

No Rio Grande do Sul ajudou na fundação do Partido Democrático Trabalhista (PDT). Foi secretária municipal da Fazenda de Porto Alegre de 1985 a 1988, no governo Alceu Collares. Presidiu a Fundação de Economia e Estatística de 1991 a 1993 e, em 1999, foi secretária estadual de Minas e Energia até 2002.

Em 2001, Dilma se filiou ao Partido dos Trabalhadores (PT) e, no ano seguinte, participou da equipe que formulou o plano de governo de Lula para a área energética. No mesmo ano, foi escolhida para ocupar o Ministério de Minas e Energia.

Em 2005, Rousseff foi nomeada ministra-chefe da Casa Civil, em substituição a José Dirceu, envolvido no escândalo do mensalão. Em 2010, foi escolhida pelo PT para se candidatar à Presidência da República.

Dilma se tornou a primeira mulher a ser eleita para o posto de chefe de Estado e de governo em toda a história do Brasil. De acordo com última pesquisa Datafolha, Dilma mantém a liderança da disputa pelo Palácio do Planalto com 36% das intenções de voto. O tucano Aécio Neves aparece na segunda colocação com 20%, seguido pelo ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos com 8%.

Em postagens que vamos publicar, estamos destacando alguns pontos da sabatina.

Nenhum comentário:

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS