segunda-feira, 28 de julho de 2014

AÉCIO NEVES É ATINGIDO EM CHEIO POR OUTRO "MÍSSIL" DISPARADO PELA FOLHA DE SÃO PAULO

A PERGUNTA QUE NÃO QUER CALAR


O QUE ACONTECEU COM A FOLHA DE SÃO PAULO ?

Editorial: o pouso do tucano 


DE SÃO PAULO
27/07/2014 02h02

"O senador mineiro Aécio Neves, candidato do PSDB à Presidência da República, dedicou boa parte dos últimos dias à tentativa de justificar a construção de um aeródromo em Cláudio (MG), num terreno desapropriado pelo governo do Estado durante a gestão do tucano.

Revelado por esta Folha no último domingo, o episódio desde logo chamou a atenção. Primeiro, porque as terras pertenciam a Múcio Tolentino, tio-avô de Aécio e ex-prefeito de Cláudio. Depois, porque o uso da pista de pouso, pronta em 2010, dependia da autorização dos familiares do senador.

Com 1 km de comprimento e condições de receber aeronaves turbo-hélice de pequeno e médio porte (até 50 passageiros), o aeródromo custou R$ 13,9 milhões aos cofres públicos, sem contar a indenização pela desapropriação. O valor oferecido pelo Estado, R$ 1 milhão, é até hoje discutido na Justiça.

De acordo com a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), a pista ainda não teve sua operação liberada ao público. Mesmo assim, Fernando Tolentino, um dos filhos de Múcio, afirmou que ao menos um avião a utiliza por semana.

Entre os usuários estaria o próprio Aécio Neves. Seu refúgio favorito, a Fazenda da Mata, situa-se a 6 km dali. Nas inúmeras explicações que deu ao longo da semana, o tucano não confirma nem nega que tenha aterrissado em Cláudio. O candidato também se eximiu de dizer por que as chaves do local ficavam nas mãos de seus parentes.

Há mais, contudo. Nova reportagem desta Folha mostrou que, em 2001, o tio-avô de Aécio sofreu o bloqueio judicial da área onde está o aeródromo. O Ministério Público pede o ressarcimento dos gastos na construção de uma pista de pouso de terra em 1983, quando Tancredo Neves era o governador mineiro, e Múcio, prefeito de Cláudio.

Para quem não podia dispor de parte das terras, a desapropriação não chega a ser mau negócio. E a indenização, paga com recursos de Minas, poderá ser usada por Múcio para, caso seja condenado, quitar sua dívida com o governo mineiro.


Diante desses fatos, soam no mínimo inverossímeis as declarações de Aécio segundo as quais seus familiares não teriam se beneficiado pela obra. Também caem em descrédito as justificativas técnicas apresentadas pelo tucano.

Pela narrativa oficial, o aeródromo tem importância para as indústrias locais, e a pavimentação da pista de terra representava a opção mais econômica para o Estado.

Mais econômico, na verdade, teria sido não fazer obra nenhuma. A demanda por voos em Cláudio é pequena, e o aeroporto de Divinópolis fica a 50 km de distância.

Ainda que todo o processo tenha sido feito de maneira legal, como sustenta Aécio Neves, restará uma pista de pouso conveniente para o tucano e seus parentes, mas de questionável eficiência administrativa. Não é pouca contradição para um candidato que diz apostar na união da ética com a qualidade na gestão pública."

Folha de São Paulo
=================================
colaborou
José Antônio

Alguém poderia confirmar se é verdade que o prazo para a substituição de candidatos à Presidência, por parte dos partidos políticos, expira em setembro?

Tudo indica que Aécio está sendo minado pela elite paulista.

Serra já foi chamado do banco para o aquecimento?

=====================================================================
Nota: As fotos e comentários não fazem parte do Editorial da Folha de São Paulo

8 comentários:

José Antônio disse...


O comportamento da Folha, realmente, levanta muitas dúvidas.

O editorial de hoje parece ter sinalizado que acabou a munição, despejada durante uma semana, contra o Aécio.

Nenhuma notícia nova foi revelada.

Por outro lado, parece que amanhã a Folha deve sabatinar Dilma Rousseff, na sequência de sabatinas a que já foram submetidos, tanto Aécio quanto Eduardo Campos.

Os ataques da Folha a Aécio, durante toda esta semana, podem indicar que a Folha pode vir com uma postura bastante agressiva contra a Dilma amanhã. A Folha nesta semana teria adquirido uma espécie de atestado de "isenção", que poderá usar nesta sabatina para justificar sua agressividade contra a Dilma.

Seria ingenuidade acreditar que esta sabatina possa vir a ocorrer em clima ameno.

Os ataques desta semana, se não produzirem maiores desdobramentos, também ocorreram em uma época bastante favorável a Aécio. Dá tempo, mais do que suficiente, até outubro, para que as aeroneves sejam esquecidas.

O outro mistério que levantou a lebre de muita gente, desde a primeira reportagem no domingo passado é o fator Serra. Qual teria sido a sua contribuição?

Há muito conhece-se o espírito vingativo e desagregador de Serra, que não poupa aliados. Principalmente, Aécio, que é responsabilizado, tanto por Serra, quanto por Alckmin, de tê-los traído nas duas últimas eleições presidenciais.

Portanto, esta é mais uma alternativa para tentar interpretar o que ocorreu nesta semana.

O fato é que, no ninho tucano existem 4 cobras, ou escorpiões, que pensam individualmente na própria sobrevivência política, mais do que em uma união capaz de juntar forças em busca de um objetivo comum.

Dos 4, o único aliado de Aécio, além dele próprio, é FHC. O único que não parece manter maiores ambições, a não ser a de preservar a sua capenga biografia. Daí, talvez, a promessa de mostrá-lo durante a campanha de Aécio.

Para Serra ou Alckmin, a vitória de Aécio, agora, constitui um enorme obstáculo às suas pretensões de disputarem as presidenciais de 2018.

A vaga tucana em 2018 seria indiscutivelmente de Aécio e os demais teriam que aguardar até 2022. Para Serra, então, significaria disputar 2022 com 80 anos de idade.

Para Alckmin, não seria tanto problema aguardar mais 4 anos. Entretanto, a possibilidade de já vir a ser novamente escolhido o candidato tucano em 2018, conspira contra Aécio.

Se Aécio cai, abatido por esta e talvez outras reportagens dos jornais paulistas (O Estadão ficou mudo hoje), Serra pode ser o substituto natural, ainda em 2014. (Depende da legislação eleitoral, que pelo o que entendi, permite a substituição do titular pelo reserva até setembro. Mas não tenho certeza).

Nesta hipótese, é de se perguntar qual seria a reação do eleitorado oposicionista? Migrariam todos para Serra ou este teria aumentada a sua rejeição que já não é das menores?

E qual seria a reação do eleitorado mineiro, comandado por Aécio?

Parece uma manobra muito arriscada, mas justificável ante ao desespero que significariam 16 anos do tucanato afastado do poder.

As manobras de Alckmin em S. Paulo, com uma aliança de não agressão a Eduardo Campos, mostram a Aécio que o mar não está para peixe.

Aécio, que já mostrou-se sem fôlego para subir nas pesquisas, poderia ser fritado por Eduardo Campos?

Há ainda, para complicar, as eleições em S, Paulo que, apesar do que dizem as pesquisas, podem vir a trazer surpresas para Alckmin. Nenhum candidato do PT terá menos de 20% dos votos. De quem Padilha obterá esses votos: de Skaf ou de Alckmin?

São várias questões sobre a mesa.

Quem se atreve a dar seus palpites?

H.P. disse...

AINDA A PROPÓSITO, a ser investigada se há ligação, DO CONSÓRCIO SANTANDER-PSDB, temos a nota dos marginais:

"...O Banco Santander anunciou neste domingo (27) que vai demitir “todas as pessoas responsáveis pela elaboração e aprovação” do informe encaminhado a seus clientes “vips” na última semana. O documento, enviado para correntistas de alta renda, apontava para o risco de deterioração da economia no caso da reeleição de Dilma Rousseff....".
VOLTANDO. NÃO EXISTE ISSO DE MANDAR GENTE EMBORA PARA ENCOBRIR O CRIME COMETIDO. ELES SÃO CRIMINOSOS E TEM QUE RESPONDEREM PELO DELITO PREVISTO QUER NO CÓDIGO PENAL, QUER NO ELEITORAL, QUER NA LEI DE SEGURANÇA NACIONAL EM SEUS ARTIGOS E PENAS PREVISTAS.
Não é porque eles são BACANAS ENDINHEIRADOS E DE COLARINHO BRANCO, que os crimes cometidos não tem importância. Insistimos, para ajudar a oposição e não só, eles cometeram ESSE CRIME!
CADÊ OS PROCESSOS QUE JÁ ESTÃO A DEMORAR. Caso eles tenham feito esse PANFLETO CRIMINOSO DENTRO DE UMA DAS AGÊNCIAS OU MATRIZ DO BANCO, ELES TINHAM SEGURANÇAS ARMADOS AO LADO DELES. Ou seja, O CRIME FOI FEITO COM EMPREGO E AJUDA DE BANDO ARMADO, QUE É UMA AGRAVANTE.

José Antônio disse...

Prezado H.P.

Veja no Blog do Saraiva ou no Blog dos Amigos do Presidente Lula:

Prejuízos de clientes no Santander pipocam nas redes após banco especular politicamente. #ForaSantander.

E veja também a repercussão no jornal espanhol El Pais:

A saia justa do banco Santander

http://brasil.elpais.com/brasil/2014/07/26/economia/1406385261_598927.html

Enquanto isso, D. Lucia não vê nada demais na atitude do Banco.

Pode?

H.P. disse...

Ao Amigo Sr. José Antonio, cheguei a ver as matérias apontadas pelo amigo.
Mas, o CRIME ESTÁ AI. Uma vez mais, CADÊ O TSE E A CORREGEDORA GERAL ELEITORAL MIM. LAURITA VAZ? Cadê a POLICIA FEDERAL? Cadê o Ministério Público? Cadê o Seu Janot? Cadê toda essa gente?
Caso ESSE CRIME DE CONSPIRAÇÃO DE SABOTAGEM E TERRORISMO, tivesse sido cometido nos USA, como estaria sendo encarado, PELAS AUTORIDADES DE LÁ, agora?
E se fosse na INGLATERRA, como estariam fazendo as autoridades de lá também?
Na Rússia nem precisa falar.
Na LEI na há vingança não. E é por isso que É LEI. Vingança é perpetrada, a grosso modo, por um grupo ou equivalentes. A LEI NÃO. A LEI É DE TODOS NÓS. NUNCA UMA VINGANÇA OU, COM CERTEZA, PARA ACABAR/APLACAR COM AS VINGANÇAS E SÓ RESPONSABILIZAR(até na pena de morte) QUEM PRATICOU O DELITO.
Ao criar as leis, elas incorporam, para sí, vida própria e, como tal, devem ser aplicadas.

H.P. disse...

ENVOLVIMENTO DA HOLANDA COM OS USA, NA TENTATIVA DE ABRIR OUTRAS FRENTES DE GUERRA, FAZEM DETER, EM ARUBA, GENERAL VENEZUELANO.

CARACAS, (Notimérica/EP)

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, denunciou que a detenção na ilha caribenha de Aruba do ex-diretor de Inteligência militar Hugo Carvajal, que está sendo acusado pelos Estados Unidos de ter vínculos com grupos rebeldes e de liderar operações de narcotráfico, "viola o Direito Internacional".

"Não vamos permitir que seja maculado o país ou nenhum venezuelano. É tarefa de todos fazer respeitar a pátria ", acrescentou o presidente venezuelano em um ato no estado de Zulia. As declarações chegam depois de que o Executivo tenha qualificado esta quinta-feira a detenção de "ilegal e arbitrária", segundo informou o diário 'El Universal'.

Maduro assegurou que o general aposentado estava em uma situação de "sequestro" e insistiu que o convênio de Viena está sendo violado, pois --segundo acrescentou-- trata-se de uma pessoa com funções diplomáticas que foi "emboscada".

"Ponho a mão no fogo pelo general Carvajal Barrios", disse o presidente venezuelano, que volta a pedir a "imediata liberação" do ex-militar. Neste sentido, manifestou o seu desejo de evitar que esta ação "possa suceder na deterioração das relações diplomáticas, econômicas, energéticas e comerciais sustenidas atualmente".

ANTECEDENTES

O Departamento do Tesouro dos Estados Unidos acusou, em 2008, Carvajal e o ex-ministro de Defesa venezuelano, Henry Ragel Silva, de narcotraficantes e de ter contribuído materialmente com as atividades das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC). Ambos militares garantem sua inocência.

Carvajal foi designado em janeiro cônsul da Venezuela em Aruba, uma ilha pertencente ao território autônomo da Holanda, e ainda não havia concedido a autorização necessária para ocupar o seu cargo, segundo meios locais.

O Governo venezuelano realizou um chamada à Holanda para que "retifique este fato injusto e improcedente" e solicitou às autoridades da ilha vizinha que liberem imediatamente o diplomata...".

Anônimo disse...

BOA NOITE

Sr José e Sr. H. Pires.

Me parece que o caso do Aeroporto de Cláudio ainda terá desdobramentos.
Imagino que a ANAC esteja investigando quantos voos e que voos decolaram e aterrissaram no referido local.

Quando sair uma lista dos voos, de onde partiram, as datas, isso terá mais repercussão.

É um local "clandestino" em termos de permitir pouso de aeronaves. Um senador da República não pode fazer isso. UM homem que deseja comandar o país, não pode ser tão irresponsável ao ponto de expor toda a sua família ao risco de um acidente no local.

Outra coisa é o quanto a imprensa sabe, e nada diz, até que em certo momento ela solta a BOMBA. O que será que está por trás disso ?

Moderador

LRM disse...

O Sr. Bond já retornou de viagem ou ainda está em Paris? É tanto petista em Paris, como José de Abreu, Fernando Hadad, Vacareza, que eu penso que está havendo algum congresso internacional do partido.

Volte logo senhor Bond! Vamos debater sobre o maior fiasco da diplomacia brasileira em 100 anos. O Barão do Rio Branco anda se revirando no túmulo.

É tanta falta de estatura no Brasil que até nomearam um anão para dirigir a seleção brasileira; o Dunga.

Quá quá quá quá quá quá quá

José Antônio disse...

"É tanta falta de estatura no Brasil que até nomearam um anão para dirigir a seleção brasileira; o Dunga."

Fala do anão, Dunga e esquece da Branca... aquela das Neves...

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS