sexta-feira, 11 de julho de 2014

A COPA DO APAGÃO - SÓ SE FOI DENTRO DE CAMPO - EM OFERTA DE ENERGIA O RISCO É ZERO EM 2014

"SÃO PEDRO" DERROTA OS PESSIMISTAS E TAMBÉM O CAOS ENERGÉTICO 
NÃO ACONTECEU

Os reservatórios, à exceção do Sistema Cantareira em São Paulo, estão com melhor nível de água armazenada. Tem chovido bastante para essa época do Ano e, com todas as obras que foram feitas para garantir mais segurança energética na COPA DO MUNDO, mais as obras de ampliação de geração e distribuição que estão em andamento e algumas sendo entregues, a situação é de segurança plena, com RISCO ZERO DE DESABASTECIMENTO.

Grupo que monitora setor elétrico descarta risco de déficit de energia
Sabrina Craide - Repórter da Agência Brasil - Edição: Nádia Franco

O Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico informou hoje (10) que o risco de déficit de energia é zero para as regiões Sudeste, Centro-Oeste e Nordeste. Após reunião nesta tarde, o grupo, formado por integrantes de órgãos oficiais do setor elétrico, disse que foram observadas chuvas acima da média em junho nas principais bacias de rios do Sudeste, e houve melhoria nas condições de suprimento de energia do Sistema Elétrico Nacional. 

Em nota divulgada no mês passado, o comitê informou que havia risco de déficit de energia em torno de 2,5% para as regiões Sudeste e Centro-Oeste. 

Segundo o comitê, a capacidade de geração e transmissão de energia continua sendo ampliada este ano com a entrada em operação de usinas, linhas e subestações em fase de conclusão. “Embora as principais bacias hidrográficas onde se situam os reservatórios das regiões Sudeste e Centro-Oeste e Nordeste tenham enfrentado situação climática desfavorável no período úmido deste ano, o Sistema Interligado Nacional dispõe das condições para o abastecimento do país”, diz a nota.

O comunicado acrescenta que o aumento de temperatura do Oceano Pacífico e os ventos observados nesse período indicam o estabelecimento do fenômeno El Niño, de intensidade moderada, o que implica continuidade das chuvas da Região Sul com valores normais ou superiores à média histórica.

As análises de desempenho feitas pelo comitê também apontaram para o risco de 4% de déficit de energia no ano que vem nas regiões Sudeste/Centro-Oeste e de 0,4% na Região Nordeste. Os números estão dentro dos índices previstos no setor, que considera déficit de até 5%.

Um comentário:

José Antônio disse...


Por outro lado, o paulista anda tomando água barrenta daquilo que ainda consegue ser extraído da Cantareira.

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS