sábado, 10 de maio de 2014

PETROBRAS REGISTRA LUCRO LÍQUIDO ACIMA DO PREVISTO - R$ 5,3 BILHÕES NO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2014

O BRASIL QUE VAI NO CAMINHO CERTO - 


FICOU APROXIMADAMENTE EM R$ 1 BILHÃO ACIMA DO QUE OS "MERCADOS" APRESENTARAM COMO PREVISÃO, o lucro da Petrobras no primeiro trimestre de 2014. 

O PDV - Plano de Demissão Voluntária foi o grande responsável pela queda na comparação com trimestres anteriores no lucro da empresa, mas, mesmo assim, o resultado alcançado sinaliza que, suas ações vão continuar se valorizando e que ao final de 2014 a PETROBRAS estará novamente surfando em mais produção - refino - exportação - lucro e boas notícias. Quem comprar ações da empresa, e não se deixar levar pelos especuladores, vai ganhar dinheiro.

Petrobras tem lucro líquido de R$ 5,39 bilhões no primeiro trimestre
09/05/2014 20h54 - 
Rio de Janeiro 
Vladimir Platonow – Repórter da Agência Brasil Edição: Wellton Máximo 

A Petrobras divulgou hoje (9) os resultados financeiros referentes ao primeiro trimestre deste ano. A companhia registrou lucro líquido de R$ 5,393 bilhões no período. O número foi 14% inferior ao trimestre anterior, “especialmente devido à ausência do benefício fiscal relativo ao provisionamento de juros sobre capital próprio, ocorrido no quarto trimestre de 2013”, especificou a empresa, em resumo divulgado à imprensa pela internet.

Em comparação ao primeiro trimestre de 2013, o lucro líquido caiu 30%. Segundo a estatal, a retração foi reflexo do plano de incentivo ao desligamento voluntário (PIDV), anunciado recentemente. “Na comparação com o primeiro trimestre de 2013, o lucro líquido foi 30% inferior, refletindo a redução no lucro operacional, devido ao provisionamento de R$ 2,4 bilhões com o PIDV e o menor resultado financeiro. Com a implementação do PIDV, totalizando 8.298 empregados inscritos (12,4% do efetivo total), há previsão de redução de custos de R$ 13 bilhões no horizonte 2014–2018”, explicou a empresa.

O lucro operacional somou R$ 7,6 bilhões, 8% superior ao do último trimestre de 2013, “principalmente devido aos maiores preços de derivados e da menor participação de derivados importados nas vendas”.

A produção total de petróleo e gás natural atingiu 2,531 milhões de barris por dia na média do trimestre, ficando estável em relação ao quarto trimestre de 2013. “Em março de 2014, batemos novo recorde de produção mensal no pré-sal, atingindo 395 mil barris de petróleo por dia, e em 18 de abril, registramos recorde diário de 444 mil barris por dia”, especificou a empresa.

Os dados serão detalhados na próxima segunda-feira (12) a investidores e analistas, pela presidenta da Petrobras, Maria das Graças Foster, e os diretores da companhia Almir Barbassa (Financeiro e de Relações com Investidores), José Alcides Santoro (Gás e Energia), José Carlos Cosenza (Abastecimento) e José Formigli (Exploração e Produção).

A reunião pela internet com investidores e analistas será realizada às 10h. A imprensa poderá acompanhar a transmissão da conferência, em tempo real, no auditório da sede da empresa ou pelo site da estatal. Logo depois, haverá coletiva à imprensa na sede da companhia, no centro do Rio.

Um comentário:

LRM disse...

Esse lucro é 33% menos do que no ano passado. Foi um desastre. E o senhor Bond ainda comemora.

Ai ai ai ai ai ai ai ai ai.......................

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS