quinta-feira, 1 de maio de 2014

A MORTE DO TORTURADOR MALHÃES - MUITO ALÉM DE UM LATROCÍNIO

LADRÕES COMUNS NÃO ROUBAM DISCO RÍGIDO


Se ainda havia alguma dúvida de que a invasão do Sítio onde residia o Coronel da Reserva Paulo Malhães, que culminou com a sua morte, foi muito mais do que um "simples assalto' seguido de morte, tipificado como LATROCÍNIO, essas dúvidas se esvaíram com a descoberta de que os "ladrões" reviraram tudo na casa, levaram documentos e o disco rígido de um dos computadores do Coronel, um dos mais cruéis e frios TORTURADORES do triste período da DITADURA MILITAR no Brasil.

É provável mesmo que a parte do serviço sujo tenha sido feita pelo caseiro e seus irmãos, é preciso ver em que condições essa confissão foi obtida, mas, por certo, o elemento que entrou ENCAPUZADO, é alguém diferenciado na história. QUEM ROUBOU parece que a Polícia já identificou, agora resta saber o principal, para quem eles "roubaram".

É bom garantir a vida do caseiro na cela onde ele se encontra, evitando que se perca o que ele ainda tem para dizer. É bom e necessário prender logo os outros dois acusados. 

Estamos diante de um caso com fortes indícios de gente especializada em QUEIMA DE ARQUIVO, o caseiro e seu irmão serão as próximas vítimas se não forem protegidos e acabarem mortos, impedindo para sempre, ou dificultando muito a descoberta de quem os contratou para MATAR o coronel Malhães e ROUBAR um disco rígido de COMPUTADOR.

LINK SELECIONADO

4 comentários:

José Antônio disse...


Bond,

Logo que a notícia da morte do coronel torturador saiu, foi publicado que dois computadores haviam sido roubados.

Depois não se falou mais nisso.

Agora vem a notícia de que um disco rígido foi roubado.

Há muito mais mistérios nesta história e que necessitam ser investigados a fundo.

Curiosa, foi a manifestação de RA se jactando de, desde o início, ter concluído (segundo ele, pela lógica) que a morte do torturador foi "apenas uma coincidência".

BONDeblog S. O. disse...

José

Nós temos trocado comentários aqui sobre esse caso. Não precisa ser 'investigador de polícia' para concluir que existe algo além de um "simples latrocínio". O RA além de não entender de política, ser um colunista raivoso e pouco democrático, não entende nada de assuntos policiais.

LRM disse...

Eu não acredito que os militares da ditadura (boa parte parte já no além, ou com mais de 80/90 anos) tenha praticado isso.

Se não foi crime comum, então foi coisa de ex-terrorista ou ex-preso político. A linha de investigação deve ir por aí.

José Antônio disse...

"Eu não acredito que os militares da ditadura (boa parte parte já no além, ou com mais de 80/90 anos) tenha praticado isso."

Eu também não.

Mas não duvidaria que eles estivessem implicados, contratando o caseiro como executor daquilo que eles, dada a idade avançada, não mais conseguiriam executar.

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS