terça-feira, 15 de abril de 2014

VAI TER COPA DO MUNDO NO BRASIL !

ENFRENTAR NOSSOS PROBLEMAS E DESAFIOS SIM, MAS, SEM MEDO DE SER FELIZ


O Direito de protestar é sagrado, o direito de festejar deve igualmente ser respeitado. Respeite-se os que tem essa visão distorcida de que, um país que tem problemas (qual país não tem), não pode realizar um evento como a COPA DO MUNDO ou as OLIMPÍADAS, pois, precisa investir em saúde e educação, mas, sem que ocorra qualquer imposição ou atos de força para impedir aqueles que pensam de forma contrária, querem o evento e dele vão participar.

Só com a COPA DAS CONFEDERAÇÕES os gastos com Estádios já foram cobertos. A receita de impostos e gastos dos turistas cobriu as despesas. As obras de ampliação de AEROPORTOS, ESTRADAS, MOBILIDADE URBANA e SEGURANÇA, são um LEGADO  muito importante. A visibilidade que o país terá, atraindo mais TURISTAS trará um grande volume de recursos,

Exigir investimento em EDUCAÇÃO e SAÚDE, melhoria dos transportes públicos, transparência dos gastos do governo nas três esferas, é uma obrigação do cidadão consciente, com COPA ou sem COPA.

ACHAR QUE A REALIZAÇÃO da Copa do Mundo é incompatível com a construção de um país mais justo e desenvolvido, é um EQUÍVOCO enorme.

VAI TER COPA, isso é irreversível, e vai ter uma COPA muito bela e com benefício para a população.


3 comentários:

LRM disse...

Não acredito no que leio. O Sr. Bond sabe bem como andam os hospitais. Sobra corrupção e faltam verbas.Pacientes já não são mais sequer atendidos nas pias. Elas já estão lotadas. O atendimento agora é feito no chão. Em breve vai faltar chão. Mas dinheiro para construir "Coliseus" temos de sobra. Tudo superfaturado, claro. Ah, o "lucro" da Copa das Confederações superou os investimentos? Onde, cara pálida? Entrou na contabilidade a redução do fluxo de turistas de negócios? Quantos negócios deixaram de ser feitos? E os dias parados na Copa? Sabem quanto vai significar em perdas de arrecadação? A ABEV já está prevendo prejuízo na Copa. O motivo: o fluxo de turistas para ver os jogos será menor do que os turistas de negócios.

A propósito: qual foi o legado do PAN mesmo?

Trouxa é quem acredita que a Copa da corrupção vai trazer algum benefício para o país, além dos corruptos.

VEM PRA RUA VOCÊ TAMBÉM!!!!!!!!

BONDeblog S. O. disse...

Eu sei muito bem como andam os hospitais, e sei que o problema da saúde não se resume na construção de novos hospitais. Sei também que, desde 1950 o Brasil não é sede de uma COPA e que nunca sediou uma OLIMPÍADA, e nem por isso durante todo esse período a saúde pública foi melhor e os hospitais funcionaram decentemente.

Nenhum tostão que foi para estádios iria para hospitais, a discussão deve ser honesta e não [e absolutamente correto atribuir à realização da Copa, a falta de melhores condições de saúde pública.

José Antônio disse...

Se a saúde pública, hoje, não é melhor do que a que temos é por que durante 502 anos nossas elites assim o quiseram.

O exemplo a ser seguido, no final do regime militar, era o do Chile. Lá os Chicago Boys proclamaram que deve ter saúde quem pode pagar. Quem não pode, vire-se.

Algo como os Republicanos quiseram obrigar o Obama a fazer nos EUA.

A saúde pública no Brasil não está pior por causa da Copa. Ao contrário. Com a Copa poderemos ter mais recursos, não só para a saúde pública, mas também para outras necessidades. Afinal, os efeitos da Copa não se esgotam com o jogo final. Seja este qual for.

Os efeitos da Copa se prolongam por muito mais tempo, ao fazer o Brasil ficar no radar do mundo inteiro. Após a Copa deverá aumentar significativamente o número de turistas. Mais turistas, mais recursos para o Brasil.

E ainda vêm a Olimpíada de 2016.

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS