quinta-feira, 24 de abril de 2014

MÁRCIA MILHOMENS X DILMA ROUSSEFF - PROMOTORA ACOLHE DENÚNCIA INFORMAL E INSISTE EM QUEBRAR SIGILO TELEFÔNICO DO PALÁCIO DO PLANALTO

TE CUIDA PRESIDENTE DILMA ! ONDE É QUE NÓS ESTAMOS ?

NO MINISTÉRIO PÚBLICO OU EM ALGUM SALÃO DE CABELEIROS ONDE QUALQUER FOFOCA VIRA VERDADE ?

Alguma coisa de muito estranha está acontecendo nessa questão do pedido de quebra de sigilo telefônico, inclusive na área de alcance do Palácio do Planalto, por parte do MPFDF - através da Promotora Márcia Milhomens. Então não é estranho que o MP aceite uma "DENÚNCIA INFORMAL" de pessoas que se NEGARAM PEREMPTORIAMENTE a prestar depoimento formal e até se identificar, e com base nisso, que é, ABSOLUTAMENTE NADA para se abri uma investigação, sustentar descabido e afrontoso pedido de quebra de sigilo telefônico ?

Então alguém, que não se sabe quem, bate na porta do Ministério Público do Distrito Federal, pede para falar com a "DOTORA" Milhomens, diz que tem um preso na PAPUDA telefonando de celular, ela convida o cidadão para entrar e prestar depoimento, o sujeito diz que "DE JEITO NENHUM" ele se identifica e sustenta no papel o que denuncia de boca, dá as costas vai embora, enquanto a promotora corre para redigir um pedido de quebra de sigilo telefônico para apurar a tal denúncia anônima ? Isso é querer transformar o MPDF de uma Instituição séria em alguma coisa parecida com SALÃO DE CABELEIRO, onde se dá ouvidos a todo tipo de fofocas e futricas.

A insistência infundada da promotora Márcia Milhomens, visto que sem provas, sem nenhuma base crível, beira o absurdo e abre escancarada brecha no sentido de que se especule sobre uma ação de perseguição ao Governo e ao condenado ex-Ministro José Dirceu.

Abre o olho presidente Dilma Rousseff, enquanto é tempo.

Redação BONDeblog
====================================================================
Fonte

Denúncia ‘informal’ motivou pedido de promotora

Em nova petição para quebrar sigilo telefônico do Planalto, ela afirma que Dirceu pode ter falado com integrantes do governo
Brasília - A promotora Márcia Milhomens, do Ministério Público do Distrito Federal, reafirmou nesta quarta-feira, 23, a necessidade de obter dados sobre ligações de telefone celular destinadas à região do Palácio do Planalto. A base do pedido, disse em petição, é uma denúncia "informal" de que o ex-ministro José Dirceu, condenado por corrupção no mensalão, infringiu o regulamento do Complexo Penitenciário da Papuda em supostos telefonemas para integrantes do governo.

NOTÍCIAS RELACIONADAS





Márcia insistiu em querer das operadoras de telefonia informações sobre "eventual existência de chamada oriunda do Centro de Internamento e Reeducação (CIR) e direcionada à área objeto das coordenadas mencionadas (Palácio do Planalto)".

Em petição encaminhada nesta quarta à Vara de Execuções Penais do Distrito Federal e repassada ao Supremo Tribunal Federal, a promotora afirmou que baseia o pedido em denúncias levadas ao Ministério Público "em caráter informal". "Ressalte-se que os detentores das informações recusaram-se, peremptoriamente, a prestar depoimento formal e a divulgar sua identificação", afirmou Márcia. "Por tal razão, entende o Ministério Público haver necessidade da adoção das medidas requeridas para averiguar a veracidade dos fatos que chegaram ao conhecimento do órgão."

Além dessas supostas ligações, o MP investiga se Dirceu teria conversado em janeiro, também por telefone, com o secretário da Indústria, Comércio e Mineração da Bahia, James Correia. A defesa do ex-ministro nega que isso tenha ocorrido. Na petição, a promotora reforça o pedido às operadoras para que repassem dados referentes "às chamadas recebidas/efetivadas na região do CIR relacionadas aos prefixos (DDD) do Estado da Bahia".

Márcia afirma que seu pedido não configuraria quebra de sigilo. "Busca-se apenas a informação sobre os dados telefônicos, a fim de esclarecer se o sentenciado efetivamente violou dispositivo disciplinar (...). Trata-se de medida menos gravosa e indispensável à apuração à apuração das denúncias trazidas ao Ministério Pública", argumentou.

Coordenadas. No documento, a promotora não cita expressamente o Palácio do Planalto, mas informa as coordenadas geográficas do prédio. Os dados pedidos se referem a ligações feitas entre 1.º e 16 de janeiro. Na primeira petição, Márcia indicava latitude e longitude do Planalto, mas não citou a possibilidade de ligações entre Dirceu e interlocutores no Palácio.

Por causa desse pedido, feito em fevereiro, a Advocacia-Geral da União (AGU) pediu que o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) abrisse uma investigação sobre a conduta da promotora. O CNMP abriu um procedimento administrativo.

4 comentários:

H.P. disse...

MINISTRA MARCIA MILHOMENS, PARABÉNS!
Será a próxima Ministra do STF, terá apoio FUNDAMENTAL DA GLOBO e já conta com APOIO, não tão fundamental, das seguintes pessoas:

1 - O ex-marido da presidente, Carlos Araújo, conhece Rosa Weber e manifestou apoio à indicação para Dilma. A próxima a apoiar é Márcia MIL HOMENS;
2 - A filha de Dilma, Paula Rousseff Araújo, é procuradora do Trabalho, atua na mesma área da ministra do TST e também elogiou-a para Dilma. Agora está elogiando muito mesmo a DRA. MARCIA MIL HOMENS;
3 - O governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro, também apoiou a indicação da ministra de seu Estado. Agora apoia ardentemente DRA. MIL HOMENS;
4 - Carlos Alberto Libânio Christo, o Frei Betto, um frade, indicou Joaquim Barbosa ao Supremo Tribunal Federal (STF). Agora também apoia tresloucadamente a indicação de DRA. MARCIA MIL HOMENS para o STF.
5 - MARTHA SUPLICY E VANESSA GRAZZIOTTIN, sairam, tal qual no caso de Rosa Weber, em defesa de DRA. MARCIA MIL HOMENS e a indicam para Ministra do STF;
6 - Rui Falcão não sabe do que e de quem se trata, ele chegou agora, estava no Canadá, MAIS APOIA DRA. MARCIA MIL HOMENS para Minstra e disse: "Sei lá sabe. Mas tá bom. Se a Globo quer é bom..".;
7 - Senador Eduardo Suplicy disse: "Quem? Só um pouco. Vou consultar a Yoany Sanches. Ela vai aceitar a DRA. MIL HOMENS pode ter certeza;
8 - Senadores DELCIDIO AMORAL, ANA RITA, ANGELA PORTELA, PAULO PAIM e seu amigo escoteiro, não foram encontrados ainda. Estavam, em viagem, no VOÔ FANTASMA MH 370 lá da MALAGIAM;
9 - Prefeito Fernando Haddad não pode se pronunciar. Faz dois anos que perdeu a voz por rouquidão. Não consegue falar nada, mas apoia MIL HOMENS;
10 - Presidente Dilma pergunta: "MIL HOMENS JÁ FOI FRITAR OVO COM ANA MARIA BRAGA? SE FOI EU APOIO".

BONDeblog S. O. disse...

H. PIRES

Essa foi ótima.

Mas, se a Dilma não abrir o olho com os inimigos e os "amigos', ela ainda acaba na Papuda, presa em regime fechado, mesmo sem ter cometido crime algum e, portanto, sem condenação.

Geraldo Souza disse...

É inacreditável a omissão do Procurador Geral e do CNPP! Quando é para fustigar qualquer pessoa ligado ao PT, "pau em chico", mas para apurar todos os abusos do Ministério Público.... a Deus se dará lida! Nenhum comentário, nenhuma indignação pública, nenhuma crítica! E ainda a Dilma se posa de "republicana". Prá quem? Nem as verbas dos piores inimigos da mídia cortou! Ela ama ser vítima e trucidada. Faz por merecer. E o PT, onde ele está? Inerte, morto, calado, submisso...

José Antônio disse...


Se isso não é uma declaração de guerra unilateral, não sei o que é:

NYT:Informante do FBI armou ataques contra sites do governo brasileiro

"SÃO PAULO - O jornal “The New York Times” publicou reportagem hoje em que afirma que um informante do FBI coordenou ataques contra sites do governo brasileiro e de vários outros países. As informações do jornal são baseadas em documentos obtidos na Justiça dos Estados Unidos e em entrevistas com pessoas envolvidas nos ataques.

“Explorando uma vulnerabilidade em um popular software de web hosting [programa para armazenar e administrar um site], o informante ordenou a pelo menos um hacker para extrair vastas quantidades de informações — de registros bancários a dados de login [senhas e usuários, por exemplo] — de servidores governamentais de uma série de países e copiá-los para um servidor monitorado pelo FBI, de acordo com documentos da Justiça”, afirma a reportagem.

Segundo o jornal, a campanha de ciberataques aconteceu em 2012 e entre os países atingidos também estão Irã, Síria, Nigéria, Turquia, Polônia e Paquistão. Os documentos obtidos junto a um tribunal federal de Nova York não permitem a conclusão de que o FBI ordenou diretamente os ataques, mas “sugerem que o governo pode ter usado hackers para obter inteligência no exterior ao mesmo tempo em que investigadores estavam tentando desmantelar grupos de hackers como o Anonymous e mandar ativistas de informática para cumprir longos períodos de prisão”.

Os documentos da Justiça obtidos pelo jornal também mencionam que o informante “deu alvos a um hacker brasileiro. O hacker, que usa o pseudônimo Havittaja, colocou online alguns de seus chats com o sr. Monsegur [o informante do FBI], nos quais recebeu o pedido para atacar sites do governo brasileiro”.

A reportagem não informa quais sites do governo brasileiro foram alvos de ataques.

(Valor)
"

http://www.valor.com.br/internacional/3526118/nytinformante-do-fbi-armou-ataques-contra-sites-do-governo-brasileiro#


EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS