segunda-feira, 14 de abril de 2014

DILMA, GRAÇA FOSTER E OS BRASILEIROS SAEM EM DEFESA DA VERDADE E DA PETROBRAS



Presidenta Dilma Rousseff durante cerimônia alusiva à viagem inaugural do navio Dragão do Mar e batismo do navio Henrique Dias no Estaleiro Atlântico Sul. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR


Segunda-feira, 14 de abril de 2014 


PETROBRAS 1

Dilma: Não ouvirei calada campanha negativa daqueles que por proveito político querem ferir imagem da Petrobras

A presidenta Dilma Rousseff afirmou nesta segunda-feira (14), em Ipojuca (PE), que não permitirá que se utilizem ações individuais e pontuais, mesmo que graves, para tentar destruir a imagem da Petrobras. Ao batizar o navio Henrique Dias, no Estaleiro Atlântico Sul, a presidenta disse que não ouvirá calada a campanha negativa daqueles que, por proveito político, não hesitam em ferir a imagem da empresa.

“Não podemos permitir, como brasileiros que amam e defendem esse país, que se utilizem ações individuais e pontuais, mesmo que graves, para tentar destruir a imagem de nossa maior empresa (…) A Petrobras jamais vai se confundir com qualquer malfeito, com corrupção ou qualquer ação indevida de quaisquer pessoas. Nós, com determinação, estamos aqui nos comprometendo a cada dia que passa que o que tiver de ser apurado vai ser apurado com o máximo de rigor”.


================================================================= 


PETROBRAS 2

"Nós acreditamos mil vezes na Petrobras", diz Graça Foster

Jornal do Brasil



A presidente da Petrobras, Graça Foster, participou nesta segunda-ferira (14) da cerimônia de batismo do navio Henrique Dias, no porto do Suape, em Pernambuco, e durante seu discurso enalteceu os investimentos da estatal e a dedicação de seus funcionários. 

"Sim, vocês [funcionários da estatal] são responsáveis por tudo que conseguimos até agora e nós temos certeza absoluta que vamos continuar juntos por muitos anos. Nós acreditamos na Petrobras, acreditamos na Petrobras mil vezes. E certamente amamos o nosso país", disse Graça Foster.

Graça destacou ainda que lê diariamente "muitas notícias boas" sobre a empresa, e citou texto da revista "Portos e Navios" intitulada "Enxurrada de contratos" que, segundo ela, mostra as contratações feitas por meio do Programa de Modernização e Expansão da Frota (Promef) e do Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás Natural (Prominp).

"São programas do governo federal. Eles não nasceram da vontade única da Petrobras, por exemplo, ou da Transpetro. É uma decisão do governo federal", ressaltou Graça Foster.

A presidente da Petrobras defendeu que a retomada da indústria naval no Brasil só foi possível em virtude de uma decisão de governo tomada durante os governos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e da presidente Dilma Rousseff.

"Conteúdo local sempre foi uma vontade, mas fazer para valer foi a partir de 2003. Sou engenheira e nunca tive a oportunidade de fazer um navio e a Petrobras é grata por tudo que vocês fazem", disse em discurso ao lado da presidente Dilma Rousseff e do diretor de Abastecimento da estatal José Carlos Consenza.

"Nesse momento preciso muito da energia de todos vocês", concluiu.

Graça Foster vai depor nesta terça-feira (15), no Senado, sobre denúncias envolvendo a Petrobras.
=====================================================================

PETROBRAS 3


Segunda-feira, 14 de abril de 2014 às 12:01
Dilma: Meu governo e o do Lula reergueram a Petrobras

A presidenta Dilma Rousseff afirmou, durante a cerimônia de viagem inaugural do navio Dragão do Mar, nesta segunda-feira (14), que estão erradas as avaliações de que a Petrobras está perdendo valor de mercado. Dilma lembrou que, em 2003, a empresa valia R$ 15,5 bilhões e que, hoje, mesmo com toda crise internacional, o valor de mercado chega a R$ 98 bilhões.


“Manipulam os dados, distorcem análises, desconhecem deliberadamente a realidade do mercado mundial de petróleo para transformar eventuais problemas conjunturais de mercado em irreversíveis. (…) Ao contrário do passado, a Petrobras é hoje a empresa que mais investe no Brasil. Foram US$ 306 bilhões, de 2003 a 2013. Sendo que o ano passado chegou a US$ 48 bilhões. É importante lembrar que em 2002, foram investidos apenas US$ 6,6 bilhões”, detalhou.

A ampliação dos investimentos foi multiplicada por seis. Para Dilma, com a reconstituição do programa de investimentos da empresa, foi possível a descoberta dos megacampos do pré-sal, que mudou o cenário petrolífero e vai ajudar a melhorar a qualidade da educação, com os royalties e os 50% do fundo social investidos no setor. A presidenta também lembrou que o lucro líquido da empresa também mudou de patamar, passando de R$ 8 bilhões para R$ 23,6 bilhões.

“Sabemos que o fortalecimento da Petrobrás revolucionou a indústria naval brasileira. Já dissemos o quanto os empregos aumentaram. A previsão pra 2017, é que passemos dos quase 80 mil de hoje para 100 mil empregos gerados na indústria de fornecedores. E, entre 2014 e 2015, geraremos mais 17 mil empregos. E podemos também medir a Petrobras pela sua força, tanto em terra quanto no mar. São 133 plataformas, 41 sondas de perfuração e 361 barcos de apoio. Muito mais virão”, disse.

2 comentários:

LRM disse...

A verdade que os petistas jamais vão poder esconder: A PETROBRÁS VALE HOJE MENOS DE 50% DO QUE VALIA A ALGUNS ANOS ATRÁS.

Anônimo disse...

dragao do mar. um nome bem apropriado de um navio pra DIlma E Graciosa lançarem... 2 dragoes lançando um dragao do mar.. rsrsr...
quem feriu a imagem da empresa foi o PT e a propria DIlma.. e agora quem paga aconta somos nós todos os brasileiros

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS