quarta-feira, 2 de abril de 2014

ARMÍNIO FRAGA SERÁ O MINISTRO "45" - COM AÉCIO NEVES PRESIDENTE TEREMOS ARROCHO E DESEMPREGO

ELITE SE ENCONTRA EM SÃO PAULO PARA SONHANDO EM REEDITAR A ERA FHC, VOLTAR AO PODER E PROMOVER ARROCHO SALARIAL - FOME - DESEMPREGO - DESNACIONALIZAÇÃO E PRIVATARIA


VOTA NELES, VOTA ! ??

Foto/Montagem - G+ /Euclides Cunha

Armínio Fraga (DE BARBA) foi apresentado "oficialmente" como o Ministro da Fazenda de um suposto governo de Aécio Neves. 

ARMÍNIO é o perfeito Ministro Número 45, esse o calibre que usou para a SELIC no tempo do governo FHC, promovendo a maior TAXA DE JUROS do Brasil, onde o desemprego campeou e o salário e aposentadorias foram ARROCHADOS até sangrar os trabalhadores e os "velhos" do Brasil, enquanto os AGIOTAS DO MERCADO E DA BANCA ficaram mais ricos. É esse homem que AÉCIO apresenta agora, de forma ARROGANTE e DEBOCHADA como seu futuro ministro

O pensamento NEOLIBERAL e CAPITALISTA SELVAGEM dos TUCANOS já é amplamente conhecido dos brasileiros. Só votarão neles, os que tem muito a ganhar, e esses já estão bem, cheios da grana, ou os muito desinformados e desmemoriados.

AÉCIO NEVES presidente é certeza de que em QUATRO ANOS (ele quer mudar a regra do jogo e passar o seu possível mandato para CINCO ANOS sem reeleição), a Petrobrás, Eletrobrás, Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal serão privatizados. 

É certeza de que a GASOLINA vai disparar de preço, e todos os mecanismos que hoje controlam os preços que mais afetam o grosso do povo brasileiro, como REMÉDIOS, PLANOS DE SAÚDE, ENERGIA, PEDÁGIOS, será tudo liberado. Os programas sociais serão de início congelados e investimentos como o MINHA CASA MINHA VIDA e BOLSA FAMÍLIA sofrerão drásticos cortes. PROUNI - FIES - ENEM - SISTEMA DE COTAS e Política de CONTEÚDO NACIONAL serão desmantelados ou encerrados.

Felizmente, a eleição de Aécio Neves Presidente é uma possibilidade REMOTA. Mas, convém ficar atento. Eles já fizeram muito mal ao povo brasileiro, querem voltar para completar o serviço.

007BONDeblog
=================================================================

O jantar de 150 talheres para Aécio

Aécio Neves defende fim da reeleição: "Pedi autorização para Fernando Henrique: defendo cinco anos de mandato e paz para governar", diz o pré-candidato do PSDB à Presidência em jantar para empresários na casa de João Doria Jr. em São Paulo


O primeiro grande jantar em São Paulo em torno do presidenciável Aécio Neves aconteceu ontem na casa do empresário João Doria Jr., no Jardim Europa. Era a noite do dia 31 de março, data dos 50 anos do Golpe Militar. Um time A de 150 empresários foi prestigiá-lo.

****
Parte deles já havia estado horas antes no Hotel Grand Hyatt, onde Aécio abriu o primeiro almoço do Lide (Grupo de Líderes Empresariais) com presidenciáveis. Lá, 518 convidados, entre empresários e CEOs, ouviram Aécio defender, caso seja eleito, um ministério com a metade das pastas atuais, um plano de redução de carga tributária em seis meses de governo e a flexibilização na maioridade penal.

****
No encontro à noite, empresários e banqueiros como Jorge Gerdau Johannpeter, Luis Carlos Trabucco, Horácio Lafer Piva, Flavio Rocha, Maria Luiza Trajano e André Esteves se destacavam num cenário de 9 mesas dispostas em duas grandes salas. Aécio dividiu com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso a cabeceira da mesa principal de 18 lugares. O governador Geraldo Alckmin, que esteve também no almoço, saudou Aécio como “o mais paulista dos mineiros”. O governador mineiro Antonio Anastasia, que cuidará do plano de governo na campanha de Aécio, e o senador Cassio Cunha Lima (PSDB-PB) completavam o grupo de tucanos na noite.

Armínio Fraga, ex-presidente do Banco Central no governo FHC, foi chamado carinhosamente pelo pré-candidato, para falar como se seu ministro da Fazenda já o fosse. Após responder à pergunta do banqueiro André Esteves, do BTG Pactual, Aécio pediu um complemento ao seu ‘ministro’. “Fala Armínio, para já ir se acostumando”, sorriu Aécio.

****
O cardápio do jantar da chef Morena Leite era bem brasileiro, servido com vinhos francês e italianos. A entrada de blinis de tapioca com surubim defumado e o ravioli de abóbora recheado com queijo da Serra da Canastra servido com molho de salvia casaram com o Sancerre Comte Lafond Blanc 2010 (Baron de Ladoucette & Comte Lafond/France). O mignon de cordeiro com escamas de shitake mais rosti de aipim foi servido com Brunello di Montalcino 2006 (Villa Poggio Salvi/Itália). Por fim, Muscat de Riveslates 2008 (Sarda Malet/França) para a sobremesa.

****
Os empresários saíram bem impressionados do jantar.


Para ler a íntegra da matéria clique no link
Gisele Vitória - Gisele Vitória é jornalista, diretora de núcleo das revistas ISTOÉ Gente, ISTOÉ Platinum e Menu e colunista de ISTOÉ

2 comentários:

LRM disse...

(...)ouviram Aécio defender, caso seja eleito, um ministério com a metade das pastas atuais, um plano de redução de carga tributária em seis meses de governo e a flexibilização na maioridade penal (...)
**********************
O que tem de ruim aí Sr. Bond? Agora Aécio é meu candidato!

BONDeblog S. O. disse...

Senhora Lucia

O ruim aí é a mentira.

Primeiro que a redução da maioridade penal não depende do presidente. Nesse tópico ainda é preciso dizer que essa medida não resolverá em absolutamente nada o problema da violência e da criminalidade.

Depois, por ser uma "conversa fiada" esse papo de redução de ministério. Quando governou em Minas, o atual governo de Minas, e aquele narigudo que aparece na foto, o homem que deixou o SISTEMA CANTAREIRA esvaziar para SÓ AÍ SE MEXER, todos, tem governos INCHADOS, cheios de SECRETARIAS/AUTARQUIAS, abrigando a companheirada TUCANA. é O GOVERNO DE SP QUEM MAIS TEM comissionados.

E essa de reduzir a CARGA TRIBUTÁRIA pela METADE em SEIS MESES, me fez lembrar do MOREIRA FRANCO que prometeu acabar com a criminalidade em seis meses. Isso simplesmente não é possível, exceto se Aécio quiser quebrar o país.

QUEM AUMENTOU A CARGA TRIBUTÁRIA FOI FHC, o presidente que mais aumentou e criou impostos. O PSDB esfola a população com impostos, vide os PEDÁGIOS, e onde é governo - SP - MG - PR as administrações são um fracasso.

Esse programa do AÉCIO NEVES não está cheirando bem !

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS