sábado, 22 de março de 2014

O CARTEL NÃO PAROU - EM SÃO PAULO DUROU ATÉ A ATUAL ADMINISTRAÇÃO DE GERALDO ALCKMIN

REVELAÇÃO BOMBÁSTICA DE ISTO É


IstoÉ: documentos indicam que cartel dos trens atuou em SP até 2013
Jornal do Brasil

Reportagem da revista IstoÉ desta semana revela que o cartel dos trens atuou em São Paulo até 2013, e não apenas entre 1998 e 2008, como se supunha inicialmente. De acordo com a publicação, ao analisarem documentos apreendidos pela Polícia Federal na sede de 13 companhias acusadas de montar um cartel durante governos tucanos, técnicos do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) concluíram que o cartel bilionário se perpetuou “até, pelo menos, o momento da realização das operações de busca e apreensão, em julho de 2013”. Isso quer dizer que as empresas continuaram a agir na atual gestão do governador Geraldo Alckmin (PSDB). 

As provas apresentadas, além de depoimentos feitos ao Ministério Público, revelam que todas as cinco linhas do Metrô de São Paulo teriam sido alvo de alguma fraude, e a maior parte dos contratos firmados pelas empresas investigadas com a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) apresenta sobrepreço.

Segundo a IstoÉ, documentos em poder do Cade mostram também que mais companhias e executivos estão envolvidos com o cartel. Ao todo, 18 empresas e 109 funcionários são acusados de participar do esquema criminoso, que, além de São Paulo e do Distrito Federal, superfaturou contratos com metrôs de outros três Estados. 

No Rio de Janeiro, há indícios de conluio entre as empresas na licitação para fornecimento de 240 carros – realizada pela secretaria estadual de transportes em 2012. Já em Minas Gerais e no Rio Grande do Sul, as fraudes lesaram as estatais federais Trensurb e Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU).

2 comentários:

José Antônio disse...

Bond,

Um balanço das manifestações de ontem, 22 de março:

36.000 (trinta e seis mil) pessoas participaram das manifestações de ontem, protestando contra a existência de quase seis milhões de desempregados, dezenas de milhares de pessoas despejadas e bilhões em cortes de gastos sociais.

Houve 234 detidos, três deles menores, 88 feridos, entre os quais 55 policiais. Ao todo 15 pessoas foram levadas aos hospitais, segundo o serviço de emergências.

A indignação entre os manifestantes foi e é muito grande.

Os protestos refletem o grande mal-estar que assola a Espanha nos últimos anos.

http://brasil.elpais.com/brasil/2014/03/22/internacional/1395521928_044887.html

José Antônio disse...


Bond,

O Brasil está em vias de exportar para o mundo o seu modelo de redução de pobreza.

"Como parte dessa filosofia, o gigante sul-americano criou o primeiro centro mundial de redução da pobreza, chamado Mundo Sem Pobreza, que será efetivamente um mercado de ideias e experiências na aplicação de programas a favor dos que menos têm.

O ponto de partida e inspiração é o programa brasileiro mais bem-sucedido de todos os tempos: o Bolsa Família, que em uma década de operação conseguiu reduzir pela metade a pobreza extrema no Brasil (de 9,7% para 4,3% da população), graças a seu vasto alcance e cobertura – 50 milhões de brasileiros de baixa renda, ou uma quarta parte da população.
"

http://brasil.elpais.com/brasil/2014/03/22/politica/1395520957_222994.html

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS