segunda-feira, 3 de março de 2014

NEW YORK TIMES AFIRMA QUE EDUARDO PAES E O RIO DE JANEIRO ESTÃO SEM CONTROLE

17 comentários:

José Antônio disse...

Bond,

A direita não ganha eleições. O desespero tomou conta deles. Os ataques estão vindo de todas as partes para melar as eleições.

Inclusive do exterior.

Se não houver uma forte reação, em outubro não haverá eleições.

Estamos assistindo, em várias partes do mundo, a febril aplicação de uma "receita" para fraudar a vontade do povo.

Acho que, hoje, deveríamos tentar fazer um pacto, entre todas as correntes políticas, inclusive com pessoas da direita não golpista (existem sim), contra o golpe que se prepara à vista de todos.

Perderam totalmente os escrúpulos.

Míriam Leitão, por exemplo, que se opõe ao golpe militar, ontem fez uma espécie de "editorial", flertando desavergonhadamente com o golpe.

Se não for parado a tempo, muita gente, supostamente contra, terá sua cabeça cortada pelos golpistas logo nos primeiros minutos.

Não custa lembrar que a Marcha da Família de 1964 foi organizada pela mulher do Governador de S. Paulo, Adhemar de Barros.

Como se sabe, Adhemar foi uma das primeiras vítimas a cair com o golpe. Outro, que também apoiou o golpe, e foi por ele defenestrado em seguida, foi Carlos Lacerda.

Essas pessoas sempre acreditam que estarão a salvo se e quando um maluco assumir ditatorialmente o poder.

BONDeblog S. O. disse...

JOSÉ

No que está dentro do meu possível de fazer, estou aí para enfrentar os golpistas.

Mas, fique certo, eles não passarão.

H.P. disse...

QUALQUER REAÇÃO CONTRA AÇÃO DESSES NAZISTAS MENTECAPTOS-ASSASSINOS QUE ACHAM TEREM TOMADO O PODER NA UCRÂNIA, POR PARTE DO PRESIDENTE VLADIMIR PUTIN, DA GLORIOSA RUSSIA, SERÁ SÓ EM DEFESA DA VIDA E DA ORDEM DEMOCRÁTICA.

Lá no Viomundo:

"Aqui está um trecho de uma declaração de Natalia Vitrenko, do Partido Socialista Progressista da Ucrânia que sugere que a situação é muito pior do que a que está sendo relatada na mídia:

“Por todo o país, pessoas estão sendo espancadas e apedrejadas, enquanto os membros “indesejáveis” do Parlamento da Ucrânia estão sofrendo intimidação em massa. As autoridades locais vêem suas famílias e crianças sendo alvo de ameaças de morte caso não apoiem a instalação deste novo poder político. As novas autoridades ucranianas estão maciçamente queimando os escritórios de partidos políticos adversários, e anunciaram publicamente a ameaça de processo criminal e proibição de partidos políticos e organizações públicas que não compartilham a ideologia e os objetivos do novo regime.” (“EUA e UE estão erguendo um regime nazista em território ucraniano” , Natalia Vitrenko )

José Antônio disse...


John McCain urge a Obama, a ocupar militarmente Venezuela.

Alguns militares brasileiros, traidores da pátria e a serviço de forças armadas estrangeiras, não só apoiam como sugerem que a ocupação prossiga pela América do Sul, inclusive Brasil adentro:

ISTO É A FROTA DO TIO SAM - ELA VAI RECOLHER O MADURO, ANTES QUE ELE FIQUE PODRE... DEPOIS A DILMA, A CRISTINA, O EVO ...

http://www.militar.com.br/modules.php?name=Blog&op=fetch_blog&blog_id=27936#.UxTA8IWGh0o

"O senador republicano do Arizona, John McCain, declarou que os EUA deve enviar tropas imediatamente para Venezuela e mobilizar uma frota de navios para a região, e não acredita que tem de convencer um grupo de países aliados na América Latina , como a Colômbia , Peru e Chile para se preparar uma força militar para evitar que operacionalmente Maduro destrua os direitos e interesses em jogo na região hemisférica dos EUA. Em sua opinião, é hora de acabar com essa pedra chata num sapato e outra na América Latina, e não tolerar este tipo de regimes populistas.

Estar preparado com uma força militar para entrar e conceder a paz na Venezuela e especialmente para garantir e proteger o fluxo de petróleo para os EUA, assistindo esses recursos estratégicos, é garantir os nossos interesses globais. Foi o que disse McCain em uma entrevista à NBC. Também acrescentou que uma vez que a intervenção militar não são totalmente qualificados e aprovados os EUA estão dispostos a assumir o comando lá, e de pronto passá-lo aos líderes democratas da liberdade.

“Secretário de Estado John Kerry disse que os Estados Unidos estão profundamente preocupados" com as "tensões crescentes na Venezuela, e declarou que estava particularmente alarmado com relatos de que o governo prendeu diversos manifestantes oposicionistas rebeldes. Ele também disse que o seu país estava ligando à ONU, a OEA e a União Européia para condenar o governo de Maduro por prejudicar os interesses dos EUA.

Por sua parte, o governo acusa os rebeldes da oposição por recorrer a estratégias de terrorismo contra o Estado e grupos terroristas sendo financiados pela CIA e refere-se ao ataque e queima do metrô de Caracas neste 17 de fevereiro de 2014 , para desativar todo o serviço de metrô na capital, além de ônibus queimando pelos rebeldes.
"


Quanto servilismo aos interesses, explícitos e já não mais inconfessados, norte-americanos?

Quando os interesses do Brasil prevalecerão?

José Antônio disse...


Violar a Constituição para salvar a Nação!

Que tal se a frase acima fosse dita por Lula, Dilma, Zé Dirceu ou qualquer petista?

Qual seria a reação?

No entanto, essa frase saiu do site abaixo:

http://www.militar.com.br/blog12309-Violar-a-Constitui%C3%A7%C3%A3o-para-salvar-a-Na%C3%A7%C3%A3o#.UxS-MYWGh0o

Não é muito diferente dos propósitos demonstrados diariamente, aqui, por uma dupla de comentaristas golpistas que se acham com o direito de violar nossa Constituição.

H.P. disse...

A COMANDANTE EM CHEFE DAS FORÇAS ARMADAS ,
PRESIDENTA DILMA ROUSSEFF
NÃO PODERÁ JAMAIS ADMITIR INSUBORDINAÇÃO, OU QUEBRA/CONTESTAÇÃO DA CADEIA DE COMANDO.
ISSO É INADMISSÍVEL EM QUALQUER DAS FORÇAS.
SE QUEREM CONTESTAR, SEJA QUEM FOR, FORMEM UM PARTIDO POLÍTICO, SEM AS FARDAS, A CONSTITUIÇÃO GARANTE!

TÂNIA MONTEIRO - Agência Estado
A decisão da presidente Dilma Rousseff de punir militares da reserva que criticaram ministras do governo por serem favoráveis à revogação da Lei da Anistia piorou o clima na caserna e aumentou o número de adesões ao manifesto Alerta à Nação - eles que venham, por aqui não passarão. Dilma tomou a decisão de puni-los depois que os militares a criticaram publicamente por não censurar as ministras Maria do Rosário (Direitos Humanos) e Eleonora Menicucci (Secretaria de Políticas para as Mulheres).

A presidente já havia se irritado com o manifesto dos Clubes Militares, lançado às vésperas do carnaval, e depois retirado do site, e ficou mais irritada ainda com esse novo documento, no qual eles reiteram as críticas e ainda dizem não reconhecer a autoridade do ministro da Defesa, Celso Amorim, de intervir no Clube Militar.

O Ministério da Defesa e os comandos militares ainda estão discutindo com que base legal os militares podem ser punidos. Várias reuniões foram convocadas nos últimos dias para discutir o assunto. Mas há divergências de como aplicar as punições.

A Defesa entende que houve "ofensa à autoridade da cadeia de comando", incluindo aí a presidente Dilma e o ministro. Para Amorim, os militares não estão emitindo opiniões na nota, mas sim atacando e criticando seus superiores hierárquicos, em um claro desrespeito ao Estatuto do Militar.

De acordo com militares, poderá levar os comandantes a serem processados por danos morais e abuso de autoridade, quando aplicarem a punição de repreensão, determinada por Dilma...".

LRM disse...

"Como se sabe, Adhemar foi uma das primeiras vítimas a cair com o golpe."
*******************
E como se sabe também, foi uma das vítimas assaltadas pelo grupo terrorista VAR-PALMARES, onde militava uma tal "Estela", depois "Vanda" e agora "Dilma".

Não vai haver golpe algum, os mensaleiros estão na cadeia e o único militar em condições de assumir o cargo de Presidente é o General Heleno, tudo através do voto (possivelmente o meu também). Pro PT, a democracia só é boa quando está a seu favor.

BONDeblog S. O. disse...

José

Essa turma de pijama do Clube Militar sempre pensou assim, eles por natureza se acham honestos enquanto os outros são corruptos. A verdade é que, existem inúmeros MILICOS metidos em roubalheira, sendo processados por desvios.

Outra coisa, eles tiveram VINTE E UM ANOS para colocar o Brasil em ordem. Só fizeram M.

Essa TURMA DE REACIONÁRIOS SAUDOSISTAS DA DITADURA , está assanhada com a proximidade dos 50 anos do GOLPE DE 64.

Anônimo disse...

Os militares do regime de 64 realmente não foram honestos. Fizeram muitas besteiras sim, mas também coisas boas. E das coisas boas cito a época em que o país mais cresceu. Criaram-se grandes Universidades, grandes empresas, muita infra-estrutura. Claro que o país pagou um preço alto em inflação, só debelada 30 anos depois pelo Plano Real, plano este que teve contra si Brizola e o PT. Tudo motivado por oportunismo político. O controle da inflação brecava as ambições presidenciais do caudilho gaúcho e de Lula. É bom que se diga que o PT jamais pautou sua existência para servir ao país, mas dele se servir. Por causa do PT e de Brizola quase que o país não emergiu da hiperinflação. Seríamos hoje um Congo. Devemos essa nova fase a Itamar Franco e FHC (gostem dele ou não).
Agora, impedir os militares de quererem se eleger democraticamente é golpe também, e espero que o blogueiro, o cavalheiro José Antônio e os demais militantes petistas fujam da tentação de impedi-los, como fazem sistematicamente com Joaquim Barbosa. Os militares são treinados para enfrentar isso de forma mais obtusa e podem lançar um contra-ataque do qual todos irão se arrepender.

Depois não adianta por a culpa na direita, como fizeram Brizola, Jango e outros....

José Antônio disse...

"Agora, impedir os militares de quererem se eleger democraticamente é golpe também, e espero que o blogueiro, o cavalheiro José Antônio e os demais militantes petistas fujam da tentação de impedi-los, como fazem sistematicamente com Joaquim Barbosa. Os militares são treinados para enfrentar isso de forma mais obtusa e podem lançar um contra-ataque do qual todos irão se arrepender."

Desafio o pseudo professor de história acima a citar qualquer parágrafo, escrito por mim em que tentei impedir (ora essa, não sabia que era tão forte assim) qualquer pessoa de tentar se eleger democraticamente, através das urnas.

Venho repetindo aqui, várias vezes, que está em andamento um golpe, sim. E este golpe tem aqui dois grandes defensores que, já declararam por diversas vezes, não hesitariam em jogar bombas para atingir seus objetivos, caso considerarem necessário.

Comigo, não, violão! Não distorça minhas palavras. Seja honesto, ao menos uma vez em sua vida.




José Antônio disse...


Um professor de história não pode ser mentiroso.

E não adianta por a culpa no "mundo acadêmico ocupado pelos marxistas", o que nem de longe é verdade.

De ver ter sido pelas costumeiras mentiras que foi afastado.

José Antônio disse...


Anônimo, Professor Altair,

Se você quiser levado a sério aqui, não faça a desonestidade de me atribuir coisas que eu não disse para usá-las para me criticar.

Respondo apenas pelo que eu escrevo.

Você, se fosse honesto e não mentiroso, deveria também responder pelas coisas que você escreve.

Quer me criticar, é para isso que escrevo aqui. Mas não me critique por aquilo que não escrevi.

Vocês parecem ser desonestos em tudo o que escrevem

Distorcem, mentem inventam, apresentam fatos tirados da caixola como se fossem verdades incontestáveis, apresentam teorias jamais comprovadas, falsificam dados, brigam com a lógica, enfim... tudo aquilo que impede um debate honesto.

Aliás, honestidade passa longe de vocês. Muito loooonge, mesmo.

E quer ser professor? Conte outra.


Anônimo disse...

Cavalheiro José Antônio,
há milhares de professores de história mentindo nesse momento, assim como milhares que já mentiram no passado e eu não estou entre eles. Nos anos 70, auge da guerra fria, um sem-vergonha ensinava os alunos que, durante a 2a guerra, os navios brasileiros abatidos na costa o foram pelos americanos. Todos sabiam que foram os submarinos nazistas, mas interessava aos "engajados" na luta de classes ensinar ERRADO que a culpa era dos americanos. A desonestidade intelectual dessa gente ligada às esquerdas é de derramar lágrimas. Fizeram lavagem cerebral em milhões de estudantes brasileiros que cresceram com ódio aos americanos e amor pelo Tche Guevara, um porco assassino que gostava mais de matar do que de tomar banho. Os americanos podem ter seus defeitos, mas impediram a comunização do nosso continente, ainda que de maneira torta com seus Pinochets e juntas militares na Argentina e Brasil. Mas foi um mal necessário, e o número de mortos certamente foi menor do que seria se a outra opção vingasse. Essa é a verdade que pouquíssimos conseguem admitir.

José Antônio disse...

O professor acima justifica as suas mentiras por que ouviu dizer que outro professor também mentia aos seus alunos.

Para com essa conversa fiada, seja honesto e não desconverse. Estou me referindo a você e não a um outro suposto professor de história que sequer conheço.

Típica tática de quem quer fugir ao debate.

E o debate que está em questão aqui e agora é a sua honestidade.

Não é se o submarino é alemão ou norte americano, nem se o picolé é de chocolate ou de limão.

Como é, vai aceitar o meu desafio e provar que eu escrevi aquele monte de besteiras que você me acusou acima?

Se não provar, está comprovado que você é um grande mentiroso. Ainda que existam outros mentirosos por aí.

LRM disse...

Ora, vejam só:

O Sr. José Antônio quer que provem que ele não disse coisas. Quando me acusou de ser racista também não conseguiu trazer uma prova sequer, e foi desafiado por diversas vezes para tal.

Sr. anônimo, vc é um fofo, não entre no jogo dele, a tática é antiga. Ele quer lhe arrastar para o lodaçal dele, terreno onde ele age com vantagem.

Sr. José Antônio, renovo o meu desafio. Prove que eu disse coisas racistas!

José Antônio disse...


D. Lucia, a senhora se comporta e já se comportou como racista por diversas vezes.

Em uma, não faz muito tempo, a senhora se referiu jocosamente ao Ministro Lewandowski, por causa da origem de seu sobrenome. Está lembrada?

Se não se lembra eu a ajudo a lembrar. Eu cheguei a comentar que a senhora desqualificava o Ministro por ter sobrenome de origem judaica. Ao que a senhora me corrigiu: "judaica, não, polonesa".

Parece claro que se a senhora estivesse desqualificando o Ministro Lewandowski por ter sobrenome judeu seria racismo da sua parte. E se era por que o sobrenome era de origem polonesa, também. Desqualificar alguém por causa da origem de seu sobrenome, seja judeu, polonês, tailandês, ou árabe é uma entre as múltiplas formas de racismo.

Eu sei que a senhora não gosta dele, por que ele não pensa como a senhora. Mas usar a origem de seu sobrenome para desqualificá-lo? O que é isso?

A senhora já declarou que "bandido pode e deve levar tapa na cara após ser preso". Mas, se o preso for um banqueiro ou empresário, igualmente bandido, ele deve apenas receber "voz de prisão". Por que esta diferença?

O que faz a senhora distinguir um do outro? A roupa? A cor da pele? O local de moradia? Ser ou não ser petista?

Um talvez se assemelhe a senhora. O outro é "o diferente".

Para a senhora, Zé Dirceu, José Genoíno e Delúbio Soares devem ter suas direitos diminuídos por que... são petistas. As leis que lhes dão direitos são as mesmas para todos. Por que então uns merecem ter seus direitos respeitados e outros não?

A senhora, por exemplo, já se referiu com desprezo aos dependentes de crack como "crackudos". Termo que até tê-lo visto escrito pela senhora, eu desconhecia. Uma pessoa dependente de alguma droga é uma pessoa doente que necessita de auxílio/tratamento e não ser discriminada.

A senhora, mais de uma vez já se referiu com desrespeito aos moradores de favelas. Diz que são privilegiados por que fazem "gatos". Ignora que "gatos" são feitos, igualmente, por moradores de favelas e por moradores de bairros "chiques", D. Lucia. Estes, são piores que os primeiros, pois possuem os recursos para pagar pelos serviços roubados. Mas, os "favelados", para a senhora, são os únicos que são delinquentes.

O desrespeito "ao diferente" e o uso de um peso e duas medidas, para se referir a duas pessoas de cor de pele, nacionalidades, religiões, origem social, origem geográfica, local de moradia, partidos políticos, gênero, orientação sexual, etc, diferentes, constitui prática de discriminação e... de racismo.

E racismo no Brasil é crime.

LRM disse...

Meu Deus,
Dai-me forças para responder ao José Antônio. ....

Ai, ai, que preguiça! Mas vamos lá. Sobre o Ministro "Lewandoviski", ou "Levandowisky", expressãp dita por um deputado no programa CQC em cadeia nacional, nada tem de racista. É apenas um trocadilho com o nome do ministro, uma brincadeira, apenas. O racismo pressupõe a superioridade de uma raça sobre outra. Onde isso está explícito?

O resto é uma baboseira que nem tenho ânimo para comentar. O senhor José Antônio está muito confuso nesta reta final do Carnaval. Deve ter bebido todas.

EM DESTAQUE - LEIA AGORA

JOÃO DORIA E ACMN LEVAM UMA MERECIDA CHUVA DE OVOS EM SALVADOR - EM VÍDEO

OS OVOS CHOCARAM E APODRECERAM ASSIM QUE TIVERAM CONTATO COM A CABEÇA DOS DOIS PREFEITOS LEIA A MATÉRIA AQUI

AS DEZ MAIS LIDAS NO MÊS